PROPAGANDA

[AMADOR PG] Embates de ida das quartas de final colocam favoritismos em jogo

Foto: Allyson Santos / Agência DRAP


A Liga de Futebol Amador de Ponta Grossa retorna neste próximo domingo (9), após uma pausa para as festividades de fim de ano. Com os jogos de ida das quartas de final, a sequência do certame promete ser eletrizante. Dono da melhor campanha até aqui, o Frísia/Carambeí terá de desbancar o entrosado escrete da W3. O Audax/CECSAPO recebe a Prefeitura de Ipiranga e o Ajax enfrenta o Ypiranga, que fechou a 1ª fase como líder do grupo B. Por fim, Palmeiras e Ebenézer medem forças no período da tarde.


#AMADORPG

Por Allyson Santos


A fase de grupos da Liga de Ponta Grossa chegou ao fim no dia 5 de dezembro. Após 81 partidas disputadas, oito escretes se classificaram para o mata-mata, que neste ano foi batizado como ‘Chave Ouro’. Entre eles estão: Frísia/Carambeí; Prefeitura de Ipiranga; Palmeiras; Ajax Ponta-grossense; Ypiranga; Ebenézer; Audax/CECSAPO; e W3. 


Estes times se cruzam, a partir do próximo domingo (5), em uma mata-mata com sistema de ida e volta, sem critério de gol fora de casa. A equipe de melhor campanha faz o 2º jogo em casa. Um empate na soma dos placares leva a disputa para os pênaltis. As outras 11 equipes que foram eliminadas deverão disputar um quadrangular com jogos únicos na ‘Chave Prata’, que terá a tabela divulgada pela Liga nos próximos dias.



Soberania e equilíbrio - Nesta temporada, Carambeí, Prefeitura de Ipiranga, Palmeiras e Ajax Ponta-grossense não encontraram dificuldades para marcar presença na fase seguinte. Os três primeiros times mencionados acima possuem as melhores campanhas do campeonato e a distância do Ajax para o 5º colocado (DER/Impacto) foi de seis pontos. O Carambeí, por exemplo, anotou 41 gols dentro do Grupo A e sofreu apenas 12. A última rodada ficou marcada pelo duelo entre a Laranja Mecânica e o Palmeiras. O encontro entre o melhor ataque e a melhor defesa terminou empatado em 2 a 2.


Na outra chave, o fim da 1ª fase ficou marcada pelo equilíbrio. Até a 8ª rodada, sete times tinham chances de classificação. A força do grupo ficou ainda mais clara com a eliminação de América, o maior campeão da história da Liga, e Pinheiral, equipe tradicional do cenário amador paranaense. Na última rodada, o Ypiranga goleou o vermelhinho da Nova Rússia para manter a melhor campanha da chave. O Ebenézer carimbou a 2ª colocação ao vencer a W3 por 3 a 2. Já o Audax eliminou o Pinheiral com uma vitória por 2 a 1.


Expectativa - O mata-mata será aberto neste domingo (5), às 9h45, com duas partidas. A W3 terá a missão de segurar a embalada equipe do Frísia/Carambeí no Estádio Dr. Nilton Salles Rosa, em Uvaranas. A W3 vem de uma campanha sólida, que garantiu a classificação com uma rodada de antecedência. A equipe treinada por Diego Polese venceu quatro partidas, empatou outras quatro e perdeu apenas uma. Foram 19 gols marcados e 12 sofridos. A equipe conta com o entrosamento e a experiência do elenco para derrubar o favoritismo do Carambeí, que está 100% no certame. 


No mesmo horário, Audax/CECSAPO e Prefeitura de Ipiranga duelam no Estádio Miró de Freitas. O time de Castro derrubou equipes grandes como América, Pinheiral, Tibagi e Vila Velha na fase inicial e se classificou em 3º lugar no grupo B com a 2ª melhor defesa entre os classificados, sofrendo apenas sete gols. A equipe de Ipiranga deu uma série de demonstrações de força ao longo do campeonato. Foram duas goleadas por 7 a 0 sobre Galdinos e Santa Paula, além da emblemática vitória sobre o Palmeiras por 1 a 0. O time tem a 2ª melhor campanha e o 2º melhor ataque da Liga, ficando atrás apenas do Carambeí em ambos os critérios.


Às 10h15, o Ajax Ponta-grossense recebe o Ypiranga no Estádio Leocádio Fagundes. O time do Jardim Maracanã foi o 4º colocado do grupo A, somando cinco vitórias e três derrotas. A campanha até aqui foi marcada por algumas goleadas contra DER/Impacto, Galdinos e Milan Santa/Mônica. No entanto, a equipe não conseguiu somar pontos contra os outros três adversários do G4. O time terá de se provar contra o Ypiranga, que foi campeão em 2019 e manteve uma campanha sólida ao longo da competição e vem de quatro vitórias em sequência. O desempenho carimbou o 1º lugar dos alvirrubros.


Durante a tarde, às 15h30, Palmeiras e Ebenézer se enfrentam em um dos jogos que prometem maior equilíbrio dentro do chaveamento atual. O Palmeiras somou 19 pontos e se classificou 3º lugar no grupo A. O alviverde é dono da melhor defesa até aqui, com apenas cinco tentos sofridos. Em busca do octacampeonato, a equipe treinada pelo técnico Kastilho conta com nomes consagrados no cenário regional para recuperar os anos de glória. O caso do Ebnézer não é diferente. Com 27 gols marcados na temporada, o técnico Geomar Oliveira deve apostar na qualidade do setor ofensivo para trazer a taça que não veio em 2021, quando a equipe foi derrotada pelo Carambeí na final. O duelo marca o encontro de duas equipes que podem ser consideradas favoritas diretas ao título.


No comments

Powered by Blogger.