PROPAGANDA

[AMADOR PG] Palmeiras goleia Santa Paula e mantém o 100% de aproveitamento no certame


Na manhã deste domingo (17), o alviverde de Ponta Grossa não passou sustos diante o Santa Paula e venceu pelo placar de 4 a 0, no Estádio João Leocádio Fagundes, válido pela terceira rodada do grupo A do Amador PG 2021. Com o triunfo do Palmeiras, o alviverde assume a liderança do certame, já que o Frísia Carambeí folgou na rodada.

#AMADOR PG

Por @rafaelbuiar 

PRÉ-JOGO: O escrete do Palmeiras chegou para o confronto com dois triunfos em duas rodadas, ou seja, com 100% de aproveitamento, sendo que a última vitória foi diante o Ajax, pelo placar de 2 a 0. Já o time do Santa Paula está em situação oposta e foi uma das oito equipes que ainda não tinha vencido no certame. Na rodada anterior, o escrete aurinegro perdeu para o Galdinos no placar de 2 a 1. 

O EMBATE: A tábua de classificação refletiu dentro de campo já nos primeiros minutos do confronto, pois o time do Palmeiras já iniciou com as ações ofensivas à meta do arqueiro do Santa Paula. Aos poucos o embate foi mudando, e com 5' de jogo, quando time do Santa Paula teve a bola no pé, conseguiu infiltrar em bola longa, do sistema defensivo ao ofensivo, mas sem muito perigo ao gol de Molina. 

Mas não durou por muito tempo essas jogadas de ligação direta, pois o Palmeira foi ganhando corpo e passou a dominar o meio de campo com Alcimar e Nilvano. Aos 24' o camisa 10 do Palmeiras, Alcimar, acertou a trave após arrematar na frontal do arqueiro adversário. Nilvano utilizou da mesma estratégia e quase surpreendeu o goleiro também. Com moral, o time do Palmeiras conseguiu chegar mais próximo da área e o gol era questão de tempo. Não deu outra, por meio de uma falta frontal, Nilvado ajeitou arrematou firme e a bola, antes de entrar no gol, bateu no morrinho artilheiro e encobriu o arqueiro do Santa Paula. 

Após o gol de abertura do placar, o embate mudou de temperatura, pois o clima de ambos os times aumentou. Diante disso, o árbitro Wesley Raphael passou apitar mais firme e também tirar o cartão do bolso. Mesmo assim, que conseguiu marcar foi o time do Palmeiras, duas vezes, mas por impedimentos em ambos, foram anulados. O primeiro foi anotado por Edimar e o segundo pelo zagueiro Natan. Por isso, o placar da etapa inicial ficou em apenas 1 a 0 para o alviverde dos campos gerais. 

No retorno à etapa complementar, ambas as equipes realizaram alterações. Os dois treinadores prezaram pelos cartões amarelos. Mesmo assim, com o troca-troca foi o Palmeiras que continuou com mais mobilidade no meio de campo e, consequentemente, no ataque. Aos 11', Nilvano, em jogada individual no campo de ataque, quase ampliou com arremate rasteiro e firme. 

Essa mobilidade no time do Palmeiras dificultou a chegada na meta do goleiro Molina, que pouco trabalhou e, principalmente, a criação do Santa Paula. Enquanto que do outro lado, o time do Palmeiras foi chegando. Aos 19', em jogada de escanteio, Rafão subiu mais que o sistema defensivo do Santa Paula, e marcou. O segundo gol deu um banho de água fria no time do Santa Paula, pois na sequência, dois minutos, levou o terceiro com erro na saída de bola. Josué aproveitou a oportunidade e de fora da área arrematou firme e rasteiro, sem chance para o camisa 12 do Santa Paula, que viu o terceiro tento entrar no fundo do gol. 

Nos minutos, com os ânimos acalmados, o jogo ficou tranquilo para o escrete do Palmeiras administrar. Período do duelo em que ambos os treinadores aproveitaram para realizar mais alterações, com destaques para a entrada dos jovens David e Wesley, que tentaram aproximar mais a bola na meta do goleiro Molina. Porém, o sistema defensivo, postado com Dudu e Natan e Douglas na retaguarda, conseguiram segurar. No apagar das luzes, o goleiro Felipe do Santa Paula, último homem, pegou a bola com a mão fora da área. Sendo assim, o árbitro da partida tirou o cartão vermelho do bolso. No seu lugar, Leandro assumiu a meta nos minutos finais, e levou o gol aos 44' da etapa complementar, com Jaburu fechando a conta no confronto. 

PRÓXIMA RODADA: A equipe do Santa Paula irá desafiar o Milan Santa Mônica, no Estádio Centenário. O último confronto do Milan Santa Monica foi diante o DER/Impacto, na Arena DER. O Palmeiras irá folgar no próximo final de semana e no dia 31 de outubro, desafia o DER/Impacto no Estádio Senador Flávio Carvalho Guimarães. 

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX 

SANTA PAULA: 12 Felipe; 14 Leandro, 3 Jemps (16 Diego Bochecha), 4 Rafão e 2 Thiago (6 Cesar); 5 Maurício, 77 Everton (8 Kelvin/ (17 Renato), 10 Frango (13 Wesley) e 20 Gregory; 15 William (18 Jean) e 11 Sombra (7 David). Tec. Juliano 

Palmeiras: 1 Molina; 2 PH, 3 Dudu, 4 Natan e 6 Josué; 5 Douglas (15 Alex), 8 Nilvano e 10 Alcimar (16 Jaburu); 7 Farinha (13  Rafael), 19 Gabriel (14 Claudinei) e 11 Edimar (18 Clóvis). Tec. Kastilho 

FICHA TÉCNICA - SANTA PAULA 0 X 4 PALMEIRAS 

GOLS: Nilvano aos 31' 1º tempo, Natan aos 19' do 2º tempo, Josué aos 21' do 2º tempo e Jaburu aos 44' do 2ºtempo (Palmeiras).

CARTÕES AMARELO: Farinha e Alex (Palmeiras) e 77 Everton, 11 Sombra, 4 Rafão (Santa Paula).

CARTÕES VERMELHO: Felipe (Santa Paula)

ÁRBITRO: Wesley Raphael;

ASSISTENTES: André Felipe Oliveira e Anilton Dadona. 

ENTREVISTAS DRAP XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX


No comments

Powered by Blogger.