PROPAGANDA

UUUUUFAAAA! 2020 passou, mas deixou rastros

O ano de 2020 está no apagar das luzes e certamente não foi como planejamos, pelo menos para o portal DRAP, que pela primeira vez, em oito anos, não realizou a cobertura do principal certame de futebol amador de Curitiba - Suburbana. Mas conseguimos nos reinventar em algumas esferas e manter, dentro da nossa proposta, a informação referente aos pilares do futebol sem divisão – Amador, Categoria de Base e Feminino. 

#DRAP2020

Por @doricoaopobre 

A bola rolou, mas não como deveria. Se é que deveria ter rolado. Foram poucos certames em que a camisa laranja marcou presença nesta temporada ao comparar em anos anteriores. Estivemos presentes em todos os campeonatos da categoria de base de âmbito nacional - Brasileiros sub-17 e sub-20; Copa do Brasil sub-17 e sub-20; e Aspirantes (sub-23); o Brasileiro Feminino-A2 e também dois certames da esfera do amador - a Taça Kaiser em Belo Horizonte e o Amador PG 2020. Ou seja, estivemos presentes nos pilares que estão nos segurando ou, que nos seguraram até esse momento. 

Neste ano tivemos algumas iniciativas novas, com acertos e outras que serviram como piloto para, quem sabe, utilizarmos nas próximas temporadas, como o Giro DRAP - programa referente ao amador PG; o retorno do Papo DRAP, com entrevistas especiais de personagens do futebol amador de Curitiba e Ponta Grossa; o podcast do Futebol Sem Divisão, com o selo da Pacundê; e as histórias contadas por meio de entrevistas especiais em todas as esferas que o DRAP trabalha. Além de deixar o registro na nuvem (internet - Tá registrado e com o selo DRAP!), por meio de pesquisa dos integrantes do portal. Mesmo assim, o ano de 2020 foi tempo de respirar e de reflexão. Por isso, talvez, o momento seja esse, para quem sabe, o portal tenha um retorno firme em 2021. 

Lamentamos pelas perdas das pessoas que estiveram presente ou envolvidas de forma direta/indiretamente neste cenário. Não foram poucas as pessoas que não conseguiram ultrapassar a fronteira de 2020 para 2021. Por outro lado, agradecemos que conseguiu e quem nos acompanhou e fortaleceu o corre da equipe DRAP. Não posso deixar de falar também de quem fez a roda girar neste ano – os integrantes da equipe DRAP. Muito obrigado e que o próximo ano seja da forma que você deseja, pois a liberdade de escolha é um direito seu.

PS. inclua a vacina, por favor.

APOIE O PROJETO DRAP - Queremos dar voz para o futebol marginalizado e mostrar a transformação que este esporte é capaz, em diversas atmosferas – amador, base e feminino. Conheça a nossa campanha de apoio colaborativo na @catarse; - http://catarse.me/drap


No comments

Powered by Blogger.