PROPAGANDA

[ENTREVISTA] Mário é o mais votado e é o Craque da Galera do Amador PG 2020

Mario Koller, jogador do Nutrivaz, foi o escolhido como o Craque da Galera do Amador PG 2020. Além de ser o primeiro craque da galera, promovido pelo portal DRAP, o camisa sete do Nutrivaz marcou nove gols no certame, sendo o artilheiro até a lesão sofrida nesta temporada. Mário teve mais de 23% dos votos, em um total de 2921. Mesmo após decepções no futebol, Mário exalta seu prêmio e já projeta a temporada seguinte.

 

#ENTREVISTA

Por Germano Busato 

A trajetória de Mário no futebol se iniciou no Palmeiras e no América, com treinos realizados nessas equipes. Mas foi aos 17 anos que o craque teve sua primeira oportunidade no futebol de base. “A minha primeira oportunidade foi quando eu treinei com 17 e 18 anos em no time de base do Prudentópolis. Fiquei uns três anos por lá”, relembra o atacante. Mário também conta que foi na frustração de não conseguir uma oportunidade em um clube profissional que apareceu a oportunidade no futebol amador.  “Depois das tentativas no profissional, eu comecei a jogar o amador da cidade.  Gosto muito de jogador futebol de campo mesmo. Foi então que conheci o pessoal do Nutrivaz, em um amistoso para começar o amador, desde então fazem três temporadas que estou com eles”, relata Mário. 

Nesta temporada, Mário ainda passou por um momento muito conturbado, além da frustração no futebol profissional, o atleta do Nutrivaz passou por uma fratura na Tíbia na fase de grupos e atualmente se encontra em fase de recuperação, que irá durar alguns meses. Mas o atacante tem se motivado para seguir adiante com o futebol. “Continuar meu tratamento, fazer tudo que o médico pedir para poder recuperar bem. Sei que vai ser difícil, pelo tempo que vou ficar parado e ainda preciso de fisioterapia. [...] Mesmo assim estou muito animado e focado para voltar a jogar bem, e poder continuar se destacando no amador”, aponta Mário.

Em relação ao certame deste ano do Nutrivaz, que acabou não se classificando para a fase de mata a mata e terminou em quinto na tábua de classificação com 13 pontos. Um ponto atrás do último classificado, do Santa Paula/Unibox, que terminou como vice-campeão do certame. “A verdade mesmo é que quem fechou com o pessoal do Nutrivaz estava focado em chegar longe nesse amador, pois sempre procuramos dar o máximo dentro de campo nos jogos”, afirma o atleta. “O que tirou de nós mesmo da segunda fase foi os dois primeiros jogos, principalmente o primeiro, que acabamos perdendo”, lamenta Mário. 

O atacante Mário também comenta sobre a parada do futebol amador, ocorrida entre os meses de Março e Setembro deste ano, que foi positiva na sua análise. “Sempre fiz meu melhor procurei ajudar meus companheiros e no coletivo acho que foi melhor, porque tivemos uma reação muito boa. Estávamos entre os últimos e chegamos na última rodada da primeira fase brigando por vaga nos mata a mata”, aponta o jogador. 

Ao final da entrevista, o craque da galera deu sua palavra sobre a competição deste ano do certame de Ponta Grossa. “Esse amador foi bem diferente dos outros, porque podemos ver vários times com elenco bom que poderiam ter brigado até o fim do campeonato. Vários jogos bons e com um nível alto. Por isso, eu acredito que o Carambeí soube aproveitar as oportunidades para ter conquistado o título, pois aproveitou melhor as cobranças de pênalti”. O Atleta ainda completa com um panorama das equipes que participaram do certame de 2020. “Mas como disse, outros times tinham qualidade para chegar até a final, mas o Carambeí aproveitou melhor as oportunidades que tiveram nos jogos”, finaliza. 

Por fim, Mário agradece a todos que o apontaram como melhor jogador do torneio. “Agradeço pela oportunidade de ter concorrido a craque da galera, e agradecer a todas as pessoas que se envolveram e ajudaram votando”. Mesmo em recuperação da lesão, Mário já projeta a temporada do ano que vem. “Estou muito animado e focado para voltar a jogar bem, e poder continuar se destacando no amador” aponta Mário. 

APOIE O PROJETO DRAP - Queremos dar voz para o futebol marginalizado e mostrar a transformação que este esporte é capaz, em diversas atmosferas – amador, base e feminino. Conheça a nossa campanha de apoio colaborativo na @catarse; - http://catarse.me/drap


No comments

Powered by Blogger.