PROPAGANDA

[AMADOR PG] Marcelinho, o destaque da partida entre Olinda e Santa Paula/Unibox


O escrete do Olinda venceu a equipe do Santa Paula/Unibox na tarde do último domingo (06), no estádio André Mulaski. O alviverde ganhou pelo placar de 4 a 2, mas acabou sendo eliminado da competição por conta da derrota por 4 gols de diferença no jogo de ida. Apesar da eliminação, o atacante Marcelinho foi eleito o melhor da partida por ter ajudado a sua equipe a ficar muito próxima de reverter um placar extremamente adverso. Confira a 19ª figurinha do álbum DRAP de 2020 e do Amador PG 2020.

#FIGURINHA DA PARTIDA

Por Antonio Neto

A partida começou com uma pressão do Olinda que precisava fazer 4 gols, com menos de 5 minutos de jogo o escrete alviverde acertou a trave e obrigou o goleiro adversário a fazer ótima defesa. Apesar do ímpeto inicial do Olinda, foi o Santa Paula que abriu o placar, mas os mandantes reagiram e em menos de 10 minutos, Marcelinho empatou de pênalti. O gol do camisa 9 não evitou que o Olinda fosse para o intervalo perdendo, pois pouco tempo depois o Santinha fez o 2x1 e foi com vantagem para a segunda etapa.

Com o resultado adverso do primeiro tempo, o escrete alviverde precisava de 5 gols para levar a decisão para os pênaltis. Foi aí que apareceu a estrela de Marcelinho que logo aos 10’ fez boa jogada individual e bateu no canto do goleiro para empatar o jogo. Aos 20’ o camisa 9 do Olinda enfiou excelente bola para Luis que saiu na cara do goleiro e bateu, mas Rafael defendeu e no rebote Dorival virou a partida. O jogo ficou tenso e pouco tempo depois os mandantes tiveram seu lateral Maykon expulso.

Mesmo com um a menos o Olinda foi pra cima e conseguiu o quarto gol com Valdecir também de pênalti. O escrete alviverde precisava de dois gols em pouco tempo e na tentativa de recuperar a bola com rapidez, Greggio deu entrada forte e foi expulso, aí a comissão técnica do Olinda reclamou com a arbitragem e uma confusão se instaurou no André Mulaski que culminou do término abrupto da partida.

Enquanto a bola rolou, Marcelinho foi dominantes tanto no ataque, como na recomposição da equipe. O camisa 9 foi fundamental para o Olinda se manter vivo durante o confronto, além de se opor e criticar a confusão, dizendo que queria jogar e não brigar. Pela grande partida com dois gols, várias roubadas de bola e diversas jogadas criadas, mas também pela excelente postura durante a confusão, Marcelinho foi eleito o figurinha da partida.

APOIE O PROJETO DRAP - Queremos dar voz para o futebol marginalizado e mostrar a transformação que este esporte é capaz, em diversas atmosferas – amador, base e feminino. Conheça a nossa campanha de apoio colaborativo na @catarse; - http://catarse.me/drap

No comments

Powered by Blogger.