PROPAGANDA

[FEMININO] Fernanda, atacante do Imperial, falece na noite desta segunda-feira


Direcionamos nossos mais profundos e sinceros sentimentos à Fernanda. Uma das principais atletas da equipe do Imperial, que faleceu na noite da última segunda-feira (16). Além de seus gols com a camisa do Tricolor do Mossunguê, Fernanda deixou a sua marca fora das quatro linhas, com a troca de experiência de vida para as demais atletas/companheiras mais jovens de equipe.

#ESPECIAL

Por @rafaelbuiar 

Dessa vez não falo sobre os gols e, sim, das lembranças que a camisa 9 do Imperial nos apresentou/trouxe com o seu futebol. A alegria que a camisa nove do tricolor do Mossunguê proporcionou para todos nós sempre esteve presente nas partidas, por mais tímida que ela fosse. Dentre as partidas, a participação efetiva/direta na primeira vitória da históriado Imperial no Campeonato Paranaense, que foi diante o Londrina, no Estádio Octávio Silvio Nicco. 

Sem contar a experiência e o seu jeito de brigar pela posse da bola dentro das quatro linhas, sempre dentro do permitido. Além disso, uma pessoa que trouxe a maturidade/experiência da vida para dentro das quatro linhas, o que fez movimentar os sonhos das mais jovens na equipe, o que é essencial dentro do que o futebol feminino passa/vive com suas barreiras. 

Um dos treinadores e diretores do Imperial, Diego Borges, lamenta o fato e que fará muita falta não só no futebol de campo e fut7. "A Fernanda participou de todas as edições do Campeonato Paranaense com a camisa do Imperial. Por isso, acredito que ela deve ser a artilharia da equipe em todos esses anos. Era uma líder, uma referência em campo... Sempre chamando a responsabilidade. Assim como foi no Fut7, sempre foi artilharia por onde passou e por tudo isso conquistou sua vaga na seleção brasileira de Fut7. Lamentamos muito! O futebol e o fut7 hoje estão de LUTO por tudo que ela se dedicou pela modalidade", completa Diego Borges.

No Campeonato Paranaense de 2019, a atacante do Imperial marcou três vezes, o que colocou como a artilheira da equipe na competição. Um dos gols foi diante a equipe do Foz Cataratas, em Foz do Iguaçu. Além disso, em 2019 foi o ano que eu (Rafael Buiar) tive a oportunidade de ficar mais próximo dela, viajando com a equipe do Imperial para Foz do Iguaçu e Londrina, e conversando com ela em alguns momentos de descontração foi o suficiente para deixar a sua marca, com a mensagem de que não pode desistir das coisas com facilidade. Descanse em paz, Fernanda. 

Fernanda foi assassinada em frente a sua esposa após discussão com homem desconhecido, na noite da última segunda-feira (16), na Vila Verde, Cidade Industrial de Curitiba.

APOIE O PROJETO DRAP - Queremos dar voz para o futebol marginalizado e mostrar a transformação que este esporte é capaz, em diversas atmosferas – amador, base e feminino. Conheça a nossa campanha de apoio colaborativo na @catarse; - http://catarse.me/drap


No comments

Powered by Blogger.