PROPAGANDA

[FEMININO-A2] Athletico perde para o Bahia no primeiro duelo das oitavas


O Athletico foi derrotado pelo Bahia por 3 a 1 na tarde deste sábado (21), em partida válida pelas oitavas de final do Brasileirão Feminino A2. A equipe rubro-negra terá de reverter o resultado fora de casa. Os gols do tricolor no CAT do Caju foram marcados por Vi, Ellen e Gadú. Dai Moretti descontou para o Furacão. O jogo de volta ocorrerá em Salvador, no próximo sábado (28).


#FEMININOA2

Por Allyson Santos

 

PRÉ-JOGO - As meninas do Furacão terminaram a primeira fase com uma sequência invicta de jogos e nítida evolução no plano de jogo. Para o mata-mata, a esperança da técnica Vandressa Ferreira é na jovem atacante Milena Monteiro. A camisa 9 marcou quatro gols na primeira fase e vive um bom momento no campeonato, após marcar duas vezes contra a Chapecoense. Pelo lado do Bahia, a situação não poderia ser melhor. Com 100% de aproveitamento na fase de grupos, a equipe fez 23 gols e sofreu apenas um. Outro dado relevante para a partida é que a as meninas do Tricolor de Aço contam com a artilheira da competição até aqui. Evelyn Gadú já balançou as redes 10 vezes. 

 

O EMBATE - Mesmo longe de seus domínios, a equipe do Bahia soube controlar o jogo nos primeiros minutos. As meninas do tricolor exerceram uma marcação alta, dificultando a saída de bola athleticana. O furacão encontrava dificuldades para fugir da pressão e encaixar o contra-ataque. Aos 5’ jogados, o escrete visitante quase abriu o placar após um chute de muito longe, que exigiu grande defesa da goleira Renata. Após a cobrança de escanteio, Vi subiu livre na grande área rubro-negra e testou firme no canto esquerdo para colocar o Bahia na frente.


Nos minutos seguintes, a equipe tricolor continuou a blitz no campo de ataque explorando as laterais do gramado com Ellen e Dan. Em uma das principais chances criadas, Eddie quase marcou um gol olímpico após cobrança fechada de escanteio. A partir dos 20’ decorridos, o Bahia reduziu a intensidade e o Athletico começou a povoar o campo ofensivo. As meninas do Furacão encontravam as melhores oportunidades pelo lado direito de ataque com Bruna e Milena, mas não conseguia acertar o último passe.



Já na reta final da 1ª etapa, o Bahia voltou a levar perigo e conseguiu ampliar após falha na saída de bola Athleticana, com um passe errado da goleira Renata. A bola foi recuperada e caiu nos pés de Ellen. A camisa onze cortou pro meio e bateu no ângulo esquerdo, sem chances de defesa. A bola ainda tocou na trave antes de entrar. O terceiro gol da equipe baiana quase veio aos 44’ jogados, quando Gadu finalizou livre na pequena área depois de uma cobrança de escanteio. A zagueira Nayara salvou em cima da linha.

O Athletico voltou melhor para a 2ª etapa. Logo nos primeiros 10’ minutos de jogo, o Furacão criou pelo menos três chances claras de gol. A primeira veio nos pés de Bruna, que arriscou chute longe e mandou para fora. Logo na sequência, Milena recebeu pela esquerda, invadiu a área e bateu cruzado para boa defesa de Nágila. Aos 7’, a pressão rubro-negra quase resultou em gol após boa cobrança de falta com Karen. A bola quicou no gramado e por pouco não morreu no fundo da rede tricolor. 


Em uma boa jogada de contra-ataque, o Bahia conseguiu fugir da marcação alta do Furacão e marcou o terceiro com Gadú. A camisa nove recebeu belo passe em profundidade, driblou Renata e tocou para o gol vazio. O Athletico voltou a pressionar no decorrer do último tempo, mas teve dificuldade para furar o sistema defensivo tricolor. O gol só veio aos 27’, quando Dai Moretti recebeu belo passe de Tainá, girou sobre a marcação na entrada da área e estufou a meta adversária. 



Com duas jogadoras a mais após a expulsão de Vi e a lesão de Gadú, o Athletico partiu para cima, mas parava nas boas defesas da goleira Nágila. No último lance do jogo, Thais Prado ainda desperdiçou um pênalti, que explodiu no poste esquerdo do Bahia.


PRÓXIMA PARTIDA - Athletico e Bahia voltam a se enfrentar no próximo sábado (28), às 15h, no Estádio Pituaçu. Para se classificar, o Furacão precisa vencer por três gols de diferença. Em caso de vitória por dois tentos, o duelo será decidido em cobranças de pênalti.

 

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX


Athletico: 1-Renata; 17-Thalita (19-Thainá), 3-Paloma 4-Nayara e 6-Thais Prado; 5-Jaqueline, 8-Lelê, 2-Bruna (14-Letícia), 20-Karen (10-Thaís Andrade); 7-Momesso (11-Moretti) e 9-Milena (13-Rafaela). Tec. Vantressa Ferreira

 

Bahia: 1-Nágila; 2-Nine, 3-Aila, 4-Anny e 6-Luana; 5-Vi, 8-Eddie (16-Esquerdinha) e 10-Giovania (15-Brenda); 11-Ellen; 7-Dan (14-Nainara) e 9-Gadu. Tec. Igor Morena


FICHA TÉCNICA – Athletico 1 X 3 Bahia XXXXXXXXXXXXXXXXX

 

GOLS:Vi aos 6’ e Ellen aos 33’ do 1ºT; Gadu aos 9’ do 2ºT (Bahia); Dai Moretti aos 27’ do 2ºT (Athletico)

CV: Vi (Bahia).

ÁRBITRO: Leonardo Ferreira Lima.

ASSISTENTES: Luiz Henrique Souza Santos Renesto e Jeferson Cleiton Piva da Silva.

LOCAL: CAT do Caju.

APOIE O PROJETO DRAP - Queremos dar voz para o futebol marginalizado e mostrar a transformação que este esporte é capaz, em diversas atmosferas – amador, base e feminino. Conheça a nossa campanha de apoio colaborativo na @catarse; - http://catarse.me/drap

No comments

Powered by Blogger.