PROPAGANDA

[ASPIRANTES] Na despedida do Couto em 2020, Coritiba e Fortaleza ficam no empate

Na tarde desta quinta-feira (12), o Coritiba recebeu o Fortaleza no Couto  Pereira pela sétima rodada do Brasileirão de Aspirantes de 2020. Mesmo eliminado da competição, a equipe alviverde abriu o placar no primeiro tempo com Pablo Thomaz, mas levou o empate logo no começo da segunda etapa com gol de João  Paulo. Além disso, o embate diante o Fortaleza marcou como a despedida do Coritiba, na categoria, em 2020.


#CATEGORIA DE BASE

Por Eduardo Werner

PRÉ-JOGO: Ambas as equipes vêm de derrota na última rodada. O Coxa,  após vencer o Paratiba, foi derrotado pelo CRB em Maceió e agora não  tem mais chances de classificação, ocupando a lanterna do Grupo A. Já o  Tricolor cearense, que teve um bom começo de campeonato, não vence  há três rodadas e agora vê a sua classificação para a próxima fase  ameaçada.  

O EMBATE: Precisando de um bom resultado no Couto Pereira, quem partiu para cima foi a equipe do Fortaleza, que conseguiu uma grande oportunidade de gol logo no segundo minuto de jogo. Santos acionou Matheus Lira na ponta direita, que invadiu a grande área e tocou para William que apareceu livre na frente do goleiro, mas finalizou na rede pelo lado de fora. O Coritiba respondeu logo em seguida, quando Cristiano  recebeu na ponta direita e finalizou cruzado, rente à trave do Fortaleza. A equipe mandante voltou a finalizar aos 12’ do 1° tempo, quando Luizinho cobrou falta e Pablo Thomaz cabeceou com perigo perto da trave.  

Luizinho voltou a participar com perigo no ataque aos 24’ da primeira etapa, quando finalizou da entrada da área e obrigou o goleiro Kennedy  do Fortaleza a fazer uma bela defesa. Cinco minutos depois o Coritiba teve a oportunidade de abrir o placar, novamente com Luizinho, que recebeu de Cristiano na marca do pênalti e finalizou por cima do travessão. O gol do Coxa, porém, não demorou para sair. Aos 33’ do 1° tempo, o Coritiba pressionou o Fortaleza no campo de ataque e roubou a bola, avançou com Cristiano que bateu prensado e a bola acabou sobrando para Pablo  Thomaz, que tocou para o fundo da rede, abrindo o placar no Couto  Pereira. Os minutos restantes da etapa inicial foram de pouca intensidade e quase nenhuma chance de gol. 

Logo no começo da etapa complementar, aos 5’, o Fortaleza teve um  pênalti marcado a seu favor quando Bernardo colocou a mão na bola após  cobrança de lateral na grande área. O zagueiro e capitão João Paulo bateu no canto esquerdo e o goleiro Arthur defendeu, porém o próprio João  Paulo estufou a rede no rebote, empatando a partida. O confronto ficou morno depois do empate, e a próxima chance de gol veio aos 17’ do  segundo tempo, quando Raul tocou para Miguel, que entrou na grande área e bateu no canto para a defesa do goleiro do Coritiba. No escanteio  seguinte a bola acabou sobrando livre para Santos, que bateu por cima do  travessão desperdiçando a chance da virada do Fortaleza. 

O Fortaleza teve mais um pedido de pênalti nos minutos seguintes, mas a  próxima chance de gol foi do Coritiba, quando Pablo Thomaz cobrou falta  com perigo aos 27’ do segundo tempo. A equipe visitante voltou a  dominar a partida e pressionar no campo de ataque, porém a falta de  pontaria nas finalizações custou a virada para o Tricolor cearense. Fim de  jogo no Couto Pereira, empate entre as duas equipes por 1 a 1. 

DESTAQUES: No lado do Coritiba, Luizinho foi a peça mais acionada  durante os ataques no primeiro tempo, porém pecou na hora de concluir  para o fundo da rede. Pelo Fortaleza, o zagueiro e capitão João Paulo  mostrou bastante segurança na defesa e, apesar de ter o seu pênalti  defendido, marcou com o gol de empate com calma no rebote. 

CORITIBA: Mesmo apenas cumprindo tabela, foi o Coritiba que dominou  as ações ofensivas na primeira etapa, muitas vezes cadenciando a partida  e não tendo pressa nos contra ataques. Após sofrer o empate a equipe  Alviverde ficou acuada e pouco criou o ataque até o fim do jogo. 

FORTALEZA: Após a grande chance criada logo no começo do primeiro  tempo, a equipe visitante teve dificuldades em criar oportunidades de gol  e de manter a posse de bola durante a primeira etapa. Na volta do  intervalo o Fortaleza conseguiu empatar após um lance de pênalti, o que  deu mais confiança para a equipe sair em busca da vitória. As oportunidades apareceram, porém a falta de pontaria foi demasiada. 

PRÓXIMA PARTIDA: Já sem chances de se classificar, o Coritiba visita o  Juventude no Rio Grande do Sul na última rodada da primeira fase,  enquanto que o Fortaleza busca a classificação contra o invicto Avaí em  casa. 

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX 

CORITIBA: 1. Arthur; 2. Diogo, 3. Breno (13. Thiago Dombroski), 4. João  Fonseca e 6. Vinícius Araújo; 5. Bernardo (14. Geovane Meurer), 8.  Marcos Ulisses e 10. Luizinho; 7. Robinho, 9. Pablo Thomaz e 11. Cristiano (16. Kazu). Tec. Reginaldo Nascimento. 

FORTALEZA: 1. Kennedy; 2. Matheus Lira, 3. Betim, 4. João Paulo e 6.  Miguel; 5. Lucas Alisson, 8. Geilson (15. Pablo) e 10. Raphael Sard (14.  Sammuel); 7. Santos (16. Marquinhos), 9. Willian e 11. Sabará (17.  Raul). Tec. Carlos Larroca. 

FICHA TÉCNICA – CORITIBA 1X1 FORTALEZA XXXXXXXXXXX 

GOLS: Pablo Thomaz (33’ do 1° tempo) (Coritiba) | João Paulo (5’ do 2° tempo) (Fortaleza)

CA: Arthur. (Coritiba) | Raphael Sard, Betim, Sammuel e Matheus Lira. (Fortaleza)

ÁRBITRO: Gustavo Nogas.

ASSISTENTES: Heitor Alex Eurich (1) e Leandro Polli Glugoski (2). 

LOCAL: Couto Pereira, em Curitiba. 

APOIE O PROJETO DRAP - Queremos dar voz para o futebol marginalizado e mostrar a transformação que este esporte é capaz, em diversas atmosferas – amador, base e feminino. Conheça a nossa campanha de apoio colaborativo na @catarse; - http://catarse.me/drap


No comments

Powered by Blogger.