PROPAGANDA

[AMADOR PG] Olinda e Vila Velha empatam no jogo de ida das quartas


Olinda e Vila Velha empataram em 1 a 1 na manhã deste domingo (25). A partida realizada no Estádio André Mulaski foi válida pelo jogo de ida das quartas de final da Liga de Futebol Amador de Ponta Grossa de 2020. O periquito de Olarias saiu na frente, mas cedeu o empate no segundo tempo. O embate foi recheado de polêmicas e teve três expulsões, sendo duas para o escrete do Vila. O resultado deixa a luta pela classificação em aberto para o próximo domingo.

#AMADORPG

Por Allyson Santos 

PRÉ-JOGO - O embate alviverde entrou com a perspectiva de ser um dos mais equilibrados do mata-mata. O escrete do Olinda se classificou em segundo lugar no grupo A e apostou na solidez adquirida ao longo da primeira fase. Com um meio campo mais jovem e um ataque mais veloz em relação aos últimos anos, o periquito de Olarias precisaria furar o forte sistema defensivo do Vila Velha para se classificar. O Vila foi o terceiro colocado do grupo B e conviveu com certa irregularidade no período pós-pandemia. O escrete entrosado e experiente são as apostas alviverde da Vila Jamil para o mata-mata. 

O EMBATE - O Olinda foi quem tomou as rédeas da partida logo nos primeiros minutos. Com uma movimentação intensa e uma marcação alta, o periquito de Olarias sufocou um Vila Velha que fechou muito bem os espaços e marcou forte. A primeira chance clara aconteceu aos 5’ jogados, com Marcelinho. O atacante do Olinda subiu mais alto que a marcação e testou firme após cruzamento pela esquerda. A zaga do Vila tirou em cima da linha e afastou o perigo. Mesmo com pouca criatividade no início da primeira etapa. O Vila respondeu em cobrança de falta com Jean Lucas. A bola levantada na área passou rente aos pés de urso, que chegou atrasado para completar para o gol. Aos 15’ jogados foi a vez do Olinda levar perigo à meta adversária. Junior Taques driblou o zagueiro, fez linda jogada pela esquerda e bateu por cima, sem ângulo. 

Aos 20’, o jogo esfriou. O Vila Velha encaixou a marcação e seguiu apostando nos contra-ataques, mas não conseguiu entrar na área do Olinda. Aos 30’ Eduardo arriscou de longe e mandou nas mãos do goleiro Leandro. Cinco minutos depois, Robertinho abriu o placar para o escrete de Olarias, após ganhar da marcação e tocar no canto direito, deslocando Pepe. A reta final da primeira etapa foi marcada por uma confusão envolvendo o volante Greggio, do Olinda e o meia Eduardo, do Vila Velha. Após o desentendimento, a arbitragem expulsou os dois atletas e mudou o cenário da partida para o segundo tempo.

Com um a menos para cada lado, a partida perdeu intensidade na etapa final. O Vila se aproveitou dos espaços no meio-campo para tentar o empate. Aos 7’ jogados, Jean Lucas arriscou de longe e mandou por cima da meta do Olinda, que perdeu a criatividade e sentiu a falta de um dos principais articuladores da equipe. 

Aos 18’, veio o gol de empate. Erick bateu rasteiro, de chapa, após receber bola na entrada da área e colocou a bola no canto direito de Leandro. Dois minutos depois, o Vila ficou em desvantagem novamente após uma nova expulsão por entrada dura. Com dois a menos, o escrete da Vila Jamil voltou a se retrair no campo de defesa. O Olinda controlou as ações na reta final de jogo, mas não conseguiu transformar a posse de bola em chances claras.

PRÓXIMA PARTIDA - Olinda e Vila Velha voltam a se enfrentar no próximo domingo (8), no Estádio André Mulaski. O horário do duelo ainda será confirmado pela Liga. O gol fora de casa não vale como critério de desempate. 

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX 

Vila Velha: 1-Pepe; 6-Urso, 3-Lambido 4-Diego e 5-Bruno Henrique; 21-Ramadinha, 8-Eduardo e 10-Sassaki; 25-Jean Lucas, 26-Nando e 11-Erick. Tec. Junior Portela 

Olinda: 12-Leandro; 2-Michel, 4-Carlos Alberto, 20-Soares e 6-Robson; 5-Lelão, 24-Greggio, 10-Valten e 17-Robertinho; 15-Junior Taques e 9-Marcelinho. Tec. Ricardo Guandeline 

FICHA TÉCNICA – VILHA VELHA 1 X 1 OLINDA XXXXXXXXXX 

GOLS: Robertinho aos 35’ do 1ºT (Olinda) e Erick aos 18’ do 2ºT (Vila Velha).

ÁRBITRO: Sindeval Pinheiro

ASSISTENTES: Sebastião Kingeski de Oliveira e Weslley Raphael Malinoscki

LOCAL: Estádio André Mulaski, em Ponta Grossa 

ENTREVISTAS DRAP XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

APOIE O PROJETO DRAP - Com o seu apoio, a equipe DRAP terá chancela de produzir conteúdo extra e de exclusividade, além de ajudar nos custos os integrantes da equipe, com transporte e entre outros. Conheça a nossa campanha de apoio colaborativo na @catarse - http://catarse.me/drap

No comments

Powered by Blogger.