PROPAGANDA

[BR SUB-20] Athletico vence Goiás de goleada e pela primeira vez na história emplaca três vitórias seguidas


Na tarde desta quarta-feira (14), a equipe do Athletico venceu a equipe do Goiás pelo placar de 5 a 0, no CAT do Caju, em confronto válido pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro Sub-20 de 2020. Com o triunfo diante a equipe alviverde, o Athletico subiu para segundo lugar na tábua de classificação. e pela primeira vez na história, desde a criação da competição, conseguiu emplacar três vitórias seguidas.

 

#CATEGORIA DE BASE

Por @rafaelbuiar

PRÉ-JOGO: Depois de dois duelos fora de Curitiba, a equipe do Athletico retornou para o CAT do Caju para desafiar o Goiás e buscar a terceira vitória seguida na competição e aproximar dos líderes na tábua de classificação. O rubro-negro entrou novamente com Jajá e Khellven, os destaques da equipe no certame. Enquanto que o Goiás, pela primeira vez desafiando o Athletico na competição, é a décima na tábua de classificação, com oito pontos, mas a quatro rodadas não sabe o que é perder no certame. A única derrota do Goiás aconteceu na primeira rodada e diante o Palmeiras. 

O JOGO - A equipe do Athletico iniciou o embate com um volume de jogo maior na posse de bola, pressionando já nos primeiros minutos. A pressão deu resultado, pois antes mesmo dos 5' a bola parada foi o diferencial e fez com que o time rubro-negro marcasse presença no campo de ataque, principalmente com os escanteios. Mas o sistema defensivo do Goiás conseguiu suportar e segurar o placar. Passados dos 10', a equipe do Goiás até conseguiu avançar um pouco a equipe, mas sem assustar o arqueiro rubro-negro. 

Não deu outra, o time do Athletico continuou com a intensidade e logo abriu o placar no CAT do Caju. Depois de roubar a bola no campo de defesa, o meia Julimar aproveitou o início da jogada e entregou para Rômulo Cardoso, que viu Jajá com espaço livre e na sequência, Julimar arrematou à meta do goleiro Márcio Vitor abrir o placar. O gol deu ânimo para o time rubro-negro, que dois minutos do primeiro tento, ampliou com Iago, que inspirado após uma jogada individual pelo meio de campo, arrematou ao chegar próximo da entrada da área, sem chance para o goleiro do Goiás, que ainda encostou na bola antes da bola entrar na meta. 

Depois de marcar o segundo gol, a equipe paranaense tirou o pé do acelerador e consequentemente diminuiu a intensidade. Mesmo assim, o volume da partida ainda foi maior, ficando com o controle da partida com 30’ de jogo.  Por isso, o treinador do Goiás realizou alteração na equipe, após a parada para hidratação. Entraram Marinho e Lucas, no lugar de Nathan e Jaime. O troca-troca deu resultado, pois a equipe do Goiás mudou de esquema e, com isso, o alviverde passou a ficar no campo de ataque. Já nos minutos finais, com a mudança de postura do alviverde, Lucas Lima conseguiu arrematar de fora da área e acabou acertando a trave, após roubada de bola do meia Jajá no meio de campo. Mas a primeira etapa ficou com o placar parcial de 2 a 0 a favor do rubro-negro. 

No retorno à etapa complementar, o duelo ficou mais movimentado, pois ambas as equipes já foram em busca do gol. Em menos de 5’, as duas equipes conseguiram arrematar com perigo nos dois goleiros. Mas o goleiro rubro-negro foi quem trabalhou mais. Aos 4’ em cruzamento à área de Lucas Lima, Índio testou firme e Léo Link executou uma defesa no contrapé e evitou o tento do Goiás. Minutos depois, com a marcação em alta, o Goiás conseguiu assustar mais uma vez. Mas aos 12’, o rubro-negro, aproveitou o espaço entre os zagueiros com Jajá e partiu em velocidade no mano a mano com o zagueiro alviverde. Na primeira tentativa o goleiro Márcio fez a defesa, mas na segunda sem chance de evitar o terceiro gol do Athletico. Na sequência, quase que o camisa 10 do Athletico ampliou o placar com ligação direta e arremate firme, mas Márcio fez defesa e evitou o quarto. 

Próximo da metade do segundo tempo, o treinador Rafael Guanaes mudou a equipe do Athletico ao sacar Rômulo Cardoso e Jajá, para a entrada de John Mercado e João Medro, colocando mais gás no setor de meio de campo e ataque. Quem sofreu com o troca-troca foi a equipe do Goiás, que ainda ficou sem a posse de bola e viu o Athletico marcar o quarto com John Mercado, após jogada de João Pedro e passe de William Jesus, aos 27’. Minutos depois, em cobrança de falta, o goleiro Márcio Vitor defendeu o arremate da bola parada de João Pedro e no rebote, John Mercado concluiu e empurrou a bola para o fundo do gol. 

Nos minutos finais, a equipe do Goiás até conseguiu se aproximar mais à meta do goleiro Léo Link, mas o camisa 1, inspirado, conseguiu evitar todos os arremates. No apagar das luzes, o lateral Khellven perdeu a oportunidade de ampliar o placar para 6 a 0 ao perder uma penalidade. Na sequência foi decretado o fim do duelo, que culminou com o triunfo de 5 a 0 para o rubro-negro. 

DESTAQUES: No lado rubro-negro, o meio Jajá foi quem ditou o jogo nos primeiros minutos. Além de dar mobilidade na meia cancha, deu assistência para o primeiro gol e anotou o terceiro do rubro-negro. Já no time do Goiás, o lateral Lucas Lima foi quem conseguiu ajudar a equipe visitante a ficar mais próximo da meta do goleiro rival, com cruzamento para área e arremates dos atacantes esmeraldinos. 

ATHETICO – A equipe do Athletico conseguiu preencher bem os espaços dentro das quatro linhas, que, com isso, resultou em uma intensidade alta no início das duas etapas. Não deu outra, aproveitando os espaços e a velocidade, os gols saíram naturalmente. Mesmo com as alterações na segunda etapa, o time ficou encaixado e manteve o controle da partida, marcando mais três gols na etapa complementar. 

GOIÁS – Nos primeiros minutos da partida, o time do Goiás conseguiu ter um volume de jogo, mas pouco efetivo. A partir disso, a equipe da casa cresceu e desajustou e não conseguiu se encontrar mais na partida. Período em que o Athletico conseguiu marcar dois gols em menos de 15’. Com dois tentos sofridos, o alviverde teve que se abrir para buscar alternativas de diminuir o placar, mas o efeito que aconteceu foi o contrário e levou mais três jogos. 

PRÓXIMA PARTIDA: A equipe do Athletico irá desafiar o Atlético-MG no CAT do Caju, às 15h. Enquanto que o Goiás jogar no Estádio Hailé Pinheiro, em Goiana, contra o Flamengo. 

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX 

ATHLETICO: 1-Léo Link; 2-Khellven, 3-João Vialle, 4-Edu (14-Fornari) e 6-Raimar (16-William Jesus); 5-Luan Patrick, 8-Ramon (18-Dudu) e 10-Jajá (20-João Pedro); 11-Iago, 7-Julimar (23-Bonetti) e 9-Rômulo Cardoso (19-John Mercado). Treinador: Rafael Guanaes 

GOIÁS: 1-Marcio; 2-Lucas Lima (13-Fernando), 4-Da Silva, 3-Taylon e 6-Gustavinho; 5-Henrique, 8-Índio (14-Linconl), 7-Fernando Paz e 10-Felipe; 9-João Marcos (17-David) e 11-Alyson (15-Felipinho). Treinador: Augusto 

FICHA TÉCNICA - ATHLETICO 5 X 0 GOIÁS XXXXXXXXXXXXXXX 

GOLS: Julimar aos 12’ do 1º tempo, Iago aos 13’ do 1º tempo, Jajá aos 13’ do 2º tempo, John Mercado aos 27’ e 35’ do 2º tempo (Athletico)

CA: Iago, Bonetti (Athletico)

CV: Iago (Athletico)

ÁRBITRO: Robson Babinski

ASSISTENTES: Weber Felipe Silva (1) e Luciano Roggenbaum (2) 

LOCAL: CAT do Caju, em Curitiba. 

APOIE O PROJETO DRAP - Com o seu apoio, a equipe DRAP terá chancela de produzir conteúdo extra e de exclusividade, além de ajudar nos custos os integrantes da equipe, com transporte e entre outros. Conheça a nossa campanha de apoio colaborativo na @catarse - http://catarse.me/drap



No comments

Powered by Blogger.