PROPAGANDA

[ASPIRANTES] Coritiba é derrotado pelo Red Bull Bragantino e segue sem vencer


Na tarde desta segunda-feira (26), o Coritiba recebeu o Red Bull Bragantino no Couto Pereira pela terceira rodada do Brasileirão de Aspirantes de 2020 e saiu derrotada pelo placar de 4 a 1. Com este resultado, o time do Coritiba segue sem vencer na competição e amarga na lanterna da competição. O gol coxa na partida foi marcado pelo atacante Wellissol. 
 
#ASPIRANTES 
Por @Eduardo_hWerner 
 
PRÉ-JOGO: Tanto o Coritiba como o Red Bull Bragantino ainda não haviam vencido na competição, estando o Alviverde na lanterna do Grupo A e a equipe paulista na penúltima colocação do Grupo B. Enquanto que o Coritiba vinha de um empate fora de casa contra o Fluminense, seu primeiro ponto conquistado até aqui, o Red Bull Bragantino vinha de uma derrota fora de casa contra o Ceará. 
 
O EMBATE: Com ambas as equipes necessitando da vitória, a partida começou bastante truncada, com muitas faltas e com quatro cartões amarelos distribuídos logo nos primeiros minutos. Os adversários buscaram criar chances desde o começo, porém, com pouco perigo. A primeira jogada realmente perigosa resultou no gol do Red Bull Bragantino, aos 8’ da etapa inicial. Bruno recebeu na intermediária e enfiou para Chrigor, que bateu forte na saída do goleiro para estufar as redes.  
 
O gol da equipe paulista pareceu ter acordado o ataque alviverde, que criou grandes chances nos minutos seguintes. Primeiro, Cristian avançou pela ponta direita e cruzou na cabeça de Guilherme Biro, que finalizou para grande defesa de Victor. Depois, novamente após jogada de Cristiano, a bola acabou ficando com Thomaz que apareceu como elemento surpresa dentro da grande área, finalizando rente à trave direita do Red Bull Bragantino. Pouco tempo depois o Coritiba também teve um gol anulado, quando Ângelo cruzou para o cabeceio de Guilherme Biro, que estava impedido. 
 
Toda essa insistência do Coritiba deu resultado aos 29’ do primeiro tempo. Após bobeada do zagueiro visitante, Wellissol roubou a bola e ficou cara a cara com o goleiro, batendo colocado no cantinho para empatar a partida. Com o placar igualado as chances acabaram por diminuir tanto em quantidade como em qualidade. A partida voltou a ter emoção novamente após 42’ da etapa inicial, quando Brown, que havia saído do banco de reservas ainda no primeiro tempo, colocou o Red Bull Bragantino novamente na frente do placar com um belo chute colocado de fora da área. Na sequência, o Coritiba teve mais um gol anulado por impedimento, e o primeiro tempo se encerrou com os visitantes vencendo por 2 a 1. 
 
O Coritiba fez três substituições no intervalo buscando dar um novo gás para a equipe, porém foram os visitantes que tiveram a primeira grande chance da segunda etapa. Aos 8’, Chrigor recebeu em profundidade pela ponta esquerda, avançou com a bola e chutou forte para uma linda defesa do goleiro Alvi-verde. O Red Bull Bragantino seguiu pressionando e, aos 24’ da etapa complementar, teve um pênalti marcado a seu favor depois de Cris ser derrubado pelo goleiro Arthur na grande área. O próprio Cris bateu e deslocou o arqueiro do Coxa, aumentando a vantagem dos paulistas no placar.  
 
O terceiro gol foi um balde de água fria para o Coritiba, que não conseguiu mais criar chances até o fim do jogo. O Bragantino ainda teve grandes oportunidades de aumentar a vantagem no placar aos 33’ e 40’, porém o quarto gol dos visitantes acabou saindo aos 43’ da etapa final. Moreira recebeu em profundidade na ponta esquerda e rolou para Chrigor, que só teve o trabalho de empurrar a bola para o fundo da rede. Números finais no Couto Pereira, vitória do Red Bull Bragantino sobre o Coritiba por 4 a 1. 

DESTAQUES: No Coritiba, apesar dos gols sofridos e do pênalti cometido, o goleiro do alviverde mostrou qualidade em várias defesas difíceis executadas ao longo da primeira e da segunda etapa. Já do lado alvinegro, Chrigor, autor do dois dos quatro gols do Red Bull Bragantino na partida, mostrou muita qualidade tanto no posicionamento como em sua capacidade de finalização. 

 
CORITIBA: A equipe curitibana, pressionada para conseguir o resultado dentro de casa, não levou o baque do primeiro gol adversário logo no início e criou grandes chances durante a primeira etapa. Porém, o desempenho não se repetiu durante o resto do jogo, o que custou o resultado e a pontuação na partida. 
 
RED BULL BRAGANTINO: O Red Bull Bragantino se mostrou uma equipe bastante aguerrida, não tendo medo de entrar forte nas divididas tanto no ataque como na defesa. Além disso, mostrou bastante qualidade individual com certos jogadores e uma ótima transição rápida entre a defesa e o ataque. Uma surpresa visto os resultados anteriores da equipe no campeonato, que realmente mereceu a vitória no Couto Pereira. 
 
PRÓXIMA PARTIDA: Na próxima rodada do Campeonato Brasileiro de Aspirantes o Coritiba visita o Santa Cruz em Pernambuco, enquanto que o Red Bull Bragantino recebe o Vila Nova-GO. 
 
OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

CORITIBA: 1. Arthur; 2. Diogo Batista (15. Pablo Mendes), 3. João Victor, 4. Márcio Gleyson e 6. Angelo Chaves; 5. Thomaz Costa (13. Bernardo), 8. Vinícius Araújo e 10. Luiz Gabriel (14. Kazu); 7. Cristiano (16. Marcos), 9. Wellissol e 11. Guilherme Biro. Tec. Ricardo Quandt. 
 
RED BULL BRAGANTINO: 1. Victor; 2. Emanuel (13. Juliano), 3. Kauan, 4. Christian (14. Moreira) e 6. Guilherme; 5. Venício (15. Marcos), 8. Eliton (17. Leonardo) e 10. Wagner (18. Brown); 7. Cris, 9. Chrigor e 11. Bruno. Tec. Vinicius Munhoz. 
 
FICHA TÉCNICA – CORITIBA 1X4 RED BULL BRAGANTINO XXXXXX
 
GOLS: Wellissol (26’ do 1° tempo) (Coritiba) | Chrigor (7’ do 1° tempo e 43’ do 2° tempo), Brown (42’ do 1° tempo) e Cris (24’ do 2° tempo) (Red Bull Bragantino) 
CA: João Victor, Luiz Gabriel. (Coritiba) | Emanuel, Wagner, Chrigor. 
(Red Bull Bragantino) 
ÁRBITRO: Murilo Ugolini Klein. 
ASSISTENTES: Weber Felipe Silva (1) e Zacarias Chumlhak (2). 
LOCAL: Couto Pereira, em Curitiba. 

APOIE O PROJETO DRAP - Queremos dar voz para o futebol marginalizado e mostrar a transformação que este esporte é capaz, em diversas atmosferas – amador, base e feminino. Conheça a nossa campanha de apoio colaborativo na @catarse; - http://catarse.me/drap



No comments

Powered by Blogger.