PROPAGANDA

[AMADOR PG] Mesmo com rodada adiada neste domingo, ainda restam poucas vagas à fase seguinte do certame


O certame da Liga de Futebol Amador de Ponta Grossa terá uma pausa de uma semana. As equipes decidiram, em comum acordo, pelo o adiamento dos jogos. Com duas rodadas para o término da primeira fase no grupo A e uma no grupo B, a disputa pelas poucas vagas que restam à fase seguinte apimentam o clima do certame. Enquanto que alguns escretes conseguiram a recuperação e subiram na tábua de classificação após a paralisação, outros foram pelo caminho contrário e podem terminar a primeira fase fora da zona de classificação. Por isso, o Do Rico ao Pobre fez um levantamento dos números/desempenho das equipes em relação ao antes e depois da paralisação.

 

#AMADOR PG

Por João Paulo Pacheco

De acordo com o presidente da Liga, Carlos Roberto Pitela, as equipes votaram para o adiamento da rodada devido ao feriado nacional na próxima segunda-feira (12), em comemoração ao dia de Nossa Senhora Aparecida. “Muitas equipes estarão desfalcadas devido ao feriado, devido a viagens para festejo’’, comenta o presidente, Pitela. A única equipe contra ao posicionamento foi o Unidev. Neste cenário, sem rodada, a equipe DRAP preparou um comparativo no certame, no antes e depois da parada, devido a pandemia do COVID-19. 

GRUPO A - Antes da parada, no dia 15 de março, algumas equipes, mostravam-se em melhores momentos em relações as outras, com goleadas marcantes nesse início de campeonato. No entanto, nenhum empate havia acontecido nas quatro primeiras rodadas do grupo. Agora, após o empate entre Santa Paula – Unibox e Olinda, na última rodada, este dado foi derrubado. 

Outro fato interessante foi em relação aos gols. Em março, as equipes marcaram, em quatro rodadas, 68 gols. Agora, em 19 partidas que movimentaram o grupo, desde a volta das realizações de jogos, as equipes já fizeram 54 gols, chegando na marca de 122 tentos anotados pelos clubes deste grupo.  Dentro da tábua de classificação, algumas alterações também rolaram no decorrer das rodadas. Na parte de cima, Ypiranga e Carambeí seguem em primeiro e segundo lugar, respectivamente. 

As duas outras vagas para próxima fase ainda estão abertas, com a disputa entre Olinda, Nutrivaz, Santa Paula – Unibox e Ajax. No início da competição, a equipe alviverde configurava-se na quinta colocação, com apenas duas vitórias. Após a retomada, mudou o esquema de jogo e ocupa, atualmente, o terceiro lugar. Tendo uma reação nos três jogos realizados pela equipe. 

Na parte de baixo da tábua, as posições não foram alteradas. Audax, Galdinos e SPD Juniors amargam as últimas três classificações. Ponto negativo para o SPD é que a equipe, após a volta, já sofreu mais de 15 gols, em apenas três jogos. Outra equipe que também não voltou em grande forma foi o Audax. Antes da parada, a equipe havia sofrido apenas cinco gols. Agora, os adversários já balançaram as redes 20 vezes desde a volta da competição.

Grupo B - Com maior equilíbrio, este grupo caracteriza-se por uma distinção dentro da tábua de classificação. Quatro equipes estavam invictas, enquanto outras quatro não conseguiam vencer. W3, Vila Velha, União PG e América, eram as únicas com resultados positivos, até então.  Após a bola voltar a rolar, a evolução de algumas equipes foi notável e o baixo rendimento de outras preocupa para a disputa pela vaga na próxima fase. Exemplo disso é o D.E.R/Impacto, que antes da parada estava na sexta colocação, sem vencer nenhum dos jogos em que havia disputado. No entanto, quando o futebol retomou as atividades no cenário amador de PG, a equipe alvinegra demonstrou novas ações no plano de jogo. De apenas um ponto, chegou em oito, somando duas vitórias, dois empates e duas derrotas. Chegando na zona de classificação, em quarto colocado. 

Por outro lado, a jovem equipe do União PG era a sensação do certame. Configurava-se em terceiro colocado, com sete pontos e duas vitórias. Mas, a parada não parece ter feito bem ao time. Desde a volta do futebol, foram três derrotas consecutivas e a equipe caiu para sexta colocação, sofrendo duas goleadas, somando 14 gols levados em apenas três jogos. Outro destaque desta retomada, é o atual vice-campeão, América. A equipe alvirubra retomou o bom futebol com duas vitórias e um empate, chegando ao segundo lugar, com 14 tentos. O ponto a ser destacado é a defesa, pois a equipe que menos sofreu gols desde a volta, com apenas dois tentos reversos em três partidas. 

O W3 estava fazendo uma campanha impecável, disputando com o Ypiranga os números de melhor equipe da competição. Mas acabou perdendo a primeira partida nesta volta. No duelo diante o América, que venceu por 1 a 0 a equipe do Cará-Cará e derrubou a invencibilidade. Mas, mesmo com o revés, os comandados de Diego Polese mantêm a boa fase, com 15 pontos conquistados. Os últimos dois colocados, Grêmio Esportivo e Unidev, não apresentaram melhoras nas rodadas que já se passaram. As duas equipes somam 45 gols sofridos e os piores ataques da competição. O sinal de reação, por parte do Grêmio Esportivo foi quando venceu por 3 a 0, a própria equipe do Unidev, afundando ainda mais o time azul e preto na lanterna do grupo.

Este tema será pauta do Giro Drap PG, programa semanal que irá ao ar na próxima quarta-feira (14). Os debates acontecem com o desenrola dos jogos durante a rodada, devido ao adiamento, a próxima programa será especial, com um debate mais afundo do rendimento das equipes no certame. 

APOIE O PROJETO DRAP - Queremos dar voz para o futebol marginalizado e mostrar a transformação que este esporte é capaz, em diversas atmosferas – amador, base e feminino. Conheça a nossa campanha de apoio colaborativo na @catarse; - http://catarse.me/drap


No comments

Powered by Blogger.