PROPAGANDA

[AMADOR CWB] Clubes amadores vão além do futebol e executam projetos sociais às comunidades


A temporada de 2020 não teve o seu começo ainda e dificilmente terá. Mas, mesmo assim, alguns clubes traçaram caminhos não muito comum ao comparar com o atual momento e desenvolveram projetos sociais para atender, principalmente, as comunidades próximas. Nas últimas semanas, Vila Fanny e Vila Sandra foram alguns dos clubes que realizaram e irão seguir com este tipo de trabalho, servindo as respectivas comunidades.

 

#FUTEBOL AMADOR

Por @rafaelbuiar

Em meio às adversidades que a pandemia do COVID-19 proporcionou aos clubes amadores, em que grande parte está com dificuldades financeiras, Vila Sandra e Vila Fanny planejaram, separadamente, com ações e projetos sociais, com o intuito de amenizar as dificuldades e também dar a oportunidade de enfrentar este período da pandemia. A equipe do Vila Fanny teve a iniciativa no mês de agosto e promoveu o "Fanny solidário", com o intuito de arrecadar alimentos e produtos de higiene para famílias em vulnerabilidade. Ao todo, foi arrecadada 1,5 tonelada de produtos não perecíveis e 200 kits de higiene. Mais de 70 famílias e instituições de caridade do bairro receberem as doações neste período. 

O vice-presidente do Vila Fanny, Adilson Salvador, destacou que esse tipo de ação no clube não será a única. "É a reinserção do Vila Fanny dentro dos trabalhos sociais dentro da comunidade. E esse não será o único trabalho a ser desenvolvido dentro das nossas dependências. Vamos procurar um trabalho mais aproximado com a regional do Pinheirinho, junto com a Prefeitura de Curitiba para que possamos desenvolver outros trabalhos sociais dentro da nossa sede", finalizou Salvador.

O outro clube que também teve a iniciativa voltada para o social nas últimas semanas foi o Vila Sandra. O projeto será "Muay Thai no Vila Sandra", que irá atender crianças entre 8 a 15 anos e será totalmente gratuito, com a previsão de início no mês de outubro - seguindo todos os protocolos de precaução da disseminação do COVID-19. Além disso, o projeto visa atender crianças de baixa renda, que estão estudando e que dispõem de horários no contra turno da escola. Em um primeiro momento, o projeto "Muay Thai no Vila Sandra" terá os horários na parte da manhã, a partir das 9h; e tarde, partir das 15h. O projeto recebeu doações de materiais do deputado estadual Alexandre Amaro. 

O presidente do Vila Sandra, Vilmar Suzin, destaca a oportunidade de iniciar projetos voltados à comunidade e também uma maneira de aproximar. "Trazer a comunidade do Vila Sandra para dentro do clube, que além do Muay Thai, também teremos a escolinha de futebol, com o professor Chico. Esses projetos serão totalmente gratuitos para as crianças. Além disso, a oportunidade das pessoas aqui do Vila Sandra conhecerem o nosso clube. Acredite, pois ainda tem pessoas que não conhece a nossa sede. Por isso, eu acho justo transformar esse espaço em uma praça para a comunidade", acrescenta Vilmar Suzin, presidente do Vila Sandra.

A instrutora Jéssica Santana, que faz parte da equipe World Thai e que será responsável pelo projeto no Vila Sandra, valoriza este tipo de atividade com crianças e o proposito que ela pode dar na sequência. "A filosofia proposta pelas artes marciais vai fazer com que a criança seja encorajada a desenvolver melhor as suas relações sociais e aumentar suas habilidades de comunicação, deixando de lado as fugas sociais e os vícios em tecnologia. Por conta do Muay Thai ser uma prática coletiva, a criança percebe a necessidade de adequar certos comportamentos e leva essa melhora para os momentos da vida na escola, na família, no bairro e outros locais", comenta Jéssica Santana. 

No mês de julho, as equipes de Urano, Palmeirinha, Santa Quitéria e Operário Pilarzinho também promoveram projetos sociais às comunidades. 

APOIE O PROJETO DRAP - Queremos dar voz para o futebol marginalizado e mostrar a transformação que este esporte é capaz, em diversas atmosferas – amador, base e feminino. Conheça a nossa campanha de apoio colaborativo na @catarse; - http://catarse.me/drap


No comments

Powered by Blogger.