PROPAGANDA

[AMADOR CWB] Combate Barreirinha, o aniversariante do mês de Maio


Em 8 de maio, um dia após o fim da Segunda Guerra Mundial em solo europeu, surgia na região norte de Curitiba o Combate Barreirinha, em homenagem aos combatentes brasileiros que lutaram na Europa há 75 anos. O clube, que se tornou um dos mais tradicionais do amador da cidade, acumula 6 troféus da elite amadora de Curitiba e 6 títulos da Taça Paraná.

#ESPECIAL
Por Eduardo Werner

"O combate acabou na Europa, agora ele começa aqui!", frase dita por um barbeiro do bairro da Barreirinha em 8 de maio de 1945 marcou, 75 anos atrás, a fundação do Combate Barreirinha. Sua casa é o Recanto Tricolor, campo de futebol localizado no município de Almirante Tamandaré e que foi inaugurado no ano de 1989 em um amistoso contra o Coritiba.

A equipe viveu seus maiores anos de glória na virada do século, quando conquistou 6 títulos da Suburbana e 6 da Taça Paraná. O rebaixamento para a Divisão de Acesso da Suburbana veio em 2014, seguido pelo título da segunda divisão no ano seguinte. O clube esteve licenciado de competições da Federação Paranaense de Futebol entre 2016 e 2018, voltando à Série B na temporada seguinte.

Além dos 12 títulos do primeiro escalão do cenário do amador – Série A da Suburbana e Taça Paraná; o tricolor do recanto tem três conquistas da Série B da Suburbana, façanhas que aconteceram em 1986, 1989 e 2015. O tricampeonato do Combate foi o último caneco levantado, já que em 2016 decretou o seu licenciamento. Naquela ocasião, o time que entrou em campo foi André; Sebá, Everton, Franco e Dionata; Igor, Ricardo, Muelle (Maicon) e Alex Pinhais (Fábio); Mika (Wesley) e Lincon. Na prancheta foi Marquinhos Passaúna, hoje no Operário Pilarzinho.

O título foi conquistado em casa, com um empate em 3 a 3 com o Uberlândia. O primeiro duelo terminou em 4 a 0 para o Combate Barreirinha, no Estádio Manoel Gustavo Schier. A campanha do tricolor foi de 12 vitórias, quatro empates e três derrotas em 19 jogos disputados. A equipe marcou 63 gols e sofreu 25, ficando com um saldo positivo de 38 gols.

Foto: Federação Paranaense de Futebol
Em 2020, no ano de seu 75° aniversário, o Combate Barreirinha buscará voltar à elite do futebol amador de Curitiba, isso se os campeonatos realmente forem disputados, em virtude da pandemia e quarentena por causa do coronavirus. Cesinha, presidente do clube, informou que não haverá nenhuma cerimônia pública em comemoração do aniversário, sendo realizadas apenas postagens nas redes sociais.

APOIE O PROJETO DRAP - Queremos dar vozes para o futebol marginalizado e mostrar a transformação que este esporte é capaz, em diversas atmosferas – amador, base e feminino. Conheça a nossa campanha de apoio colaborativo na @catarse: http://catarse.me/drap;

No comments

Powered by Blogger.