PROPAGANDA

[AMADOR CWB] Operário Pilarzinho quebra tabu de 8 anos e entra no hall dos clubes campeões da Série A da Suburbana


Desde 2011 a Série A da Suburbana não tinha um novo campeão, pois o time do Bairro Alto tinha sido a última equipe a levantar o caneco pela primeira vez. Em 79 edições, a Liga de Futebol Amador de Curitiba teve 24 times que levantaram a taça, sendo que 13 escretes venceram mais de uma vez e 11 tiveram apenas uma conquista. Mas dos times campeões, somente seis equipes podem repetir a dose de ser campeã da elite do futebol amador de Curitiba em 2020. Confira a galeria dos campeões da Série A da Suburbana.

#ESPECIAL
Por @rafaelbuiar

INÍCIO
O futebol amador de Curitiba teve o pontapé na década de 1940, com a criação da Liga Suburbana de Curitiba (LSC). Desde então, sem interrupção, passando até pelo período da segunda guerra mundial, o certame segue até hoje. O primeiro campeão da Suburbana foi a equipe do bairro da vila Guaíra, o Clube Esportivo Belmonte. Porém, os embates com o mando do alviverde foram realizados no estádio do Britânia, no bairro do Juvevê. Além do Belmonte, que está extinto, outras nove equipes que foram campeã da Série A da Suburbana já não existem mais ou estão licenciados - Palmeira (1), Rio Branco (1), 5 de Maio (2), Morgenau (4), Operário Ahú (6), Botafogo (1), Poty (1), Primavera (1) e Real (1). Das equipes extintas e que levantaram o caneco, o Real foi a última campeã, em 1963. Confira a galeria completa dos campeões da elite do futebol amador de Curitiba:


HALL DE VENCEDORES
A equipe do Trieste é a que mais vezes foi campeã da elite do futebol amador de Curitiba. Ao todo foram 13 conquistas do Tricolor da Colônia, sendo que a época de ouro foi na década de 1960, com quatro conquistas - 1964, 1965, 1968 e 1969. Dentre essas conquistas, duas foram em cima do rival Iguaçu; - 1964 e 1969. O Trieste só não foi campeão da Série A em duas décadas, na de 1950 e 1990. Na sequência, o alvinegro de Santa Felicidade vem com 10 títulos. Número que poderia ter igualado com o rival na última década, pois, mesmo com três conquistas, a equipe do Iguaçu foi três vezes vice - 2015, 2018 e 2019. Por outro lado, o Galo alvinegro de Santa Felicidade conseguiu a metade de seus títulos em cima do rival Trieste - 1959, 1962, 1966, 1977 e 2017.

Depois da dupla de Santa Felicidade, quatro equipes estão empatadas com seis conquistas. Todas não estão na Série A em 2020, pois Ypiranga, Vila Fanny e Combate Barreirinha estão na Série B nesta temporada. Já o Operário Ahú está licenciado desde 1970. Já a equipe auriverde do bairro do Santa Quitéira vem na sequência com cinco conquistas, sendo que a última foi em 2015 sobre o Iguaçu, em pleno Estádio Egydio Ricardo Pietrobelli. Morgenau também marcou história no futebol amador de Curitiba, hoje extinto e com quatro conquistas, a última em 1950. Com três conquistas, Capão Raso e Urano. Ambos escretes tiveram a última conquista na década de 2000. Confiram as equipes que mais venceram a Série A da Suburbana.


PARTICIPAÇÕES
Das 31 equipes filiadas na Federação Paranaense de Futebol (FPF), apenas seis equipes nunca disputaram a Série A - São Braz, Sergipe, Grêmio Ipiranga, Shabureya, Desportivo Paranaense e Vila Torres. Diferente do Trieste e Iguaçu, que foram as equipes que mais vezes participaram na competição. O Tricolor da Colônia esteve 60 vezes, sendo que a última vez que esteve em outra divisão foi em 1955. Já o alvinegro de Santa Felicidade esteve na Série A 56 vezes, com a última participação na Série B em 2004.  Dos clubes que marcaram história na Série A em anos ou décadas anteriores, destaque para Ypiranga, que participou 52 vezes e Vasco da Gama, com 51 participações na elite do amador. A última vez que as equipes estiveram presentes na Série A foram em 2004 e 2008, respectivamente. Confira, dos clubes que disputarão a Série A em 2020, quem mais vezes participou no certame.


APOIE O PROJETO DRAP - Queremos dar vozes para o futebol marginalizado e mostrar a transformação que este esporte é capaz, em diversas atmosferas – amador, base e feminino. Conheça a nossa campanha de apoio colaborativo na @catarse: http://catarse.me/drap;

No comments

Powered by Blogger.