PROPAGANDA

[SUB-20] Coritiba e Londrina representam o estado na Copa do Brasil


Competição nacional que reúne 32 equipes de todos os estados começa no próximo dia 18 de março. Londrina e Coritiba serão os escretes paranaenses que marcam presença no certame. Ambos os clubes ganharam a vaga via campeonato estadual Sub-19 de 2019. Confira um breve histórico dos paranaenses e a expectativa dos representantes na oitava edição da competição.

#SUB-20
Por @JoaoEduardoP_
                        
No próximo dia 18 (quarta-feira) começa a 8ª edição da Copa do Brasil Sub–20. A competição para atletas nascidos até o ano 2000 reúne 32 duas equipes de todos os estados do país. Londrina e Coritiba são as duas equipes do estado do Paraná na competição. Londrina e Coritiba ganharam a vaga no torneio após a companha no último estadual Sub–19, realizado em 2019. Os dois clubes fizeram a final e o Tubarão levou a taça com uma vitória de 3 a 1 no agregado, batendo por 2 a 0 o Coxa no Couto Pereira, em Curitiba, e empatando em 1 a 1 no Estádio do Café, em LondrinaEnquanto o Tubarão joga em casa diante do São Raimundo (Roraima), o time do Coxa enfrentará fora de casa o Palmas (Tocantins). As duas partidas estão marcadas para o dia 18, que tem como jogo único a primeira fase.


Em anos anteriores, apenas o campeão tinha a vaga garantida na competição, mas neste ano a Federação Paranaense de Futebol (FPF) subiu uma posição no Ranking Nacional das Federações (RNF) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Devido a isso, o Paraná ganhou o direito de duas vagas na competição, diferente do ano passado, quando o Coritiba foi o único representante do estado. Seguindo o mesmo critério, as vagas à competição são oriundas dos certames estaduais. Neste caso, todos os campeões estaduais do país, mais um representante do Distrito Federal (DF) – totalizando 27 equipes –, além dos vice-campeões dos estaduais das cinco primeiras federações do ranking, assim fechando 32 equipes no torneio.

Os paranaenses nunca levaram a taça da competição, a melhor campanha de uma equipe do estado foi em 2015, quando o Athletico ficou com o vice-campeonato. Um dos recordistas de participações na competição é o Coritiba, o alviverde é o único paranaense a disputar todas as edições do torneio. Já o Londrina participará pela terceira vez a competição, o Tubarão disputou em 2017 e 2018.

Ambas equipes ainda não tiveram grandes participações no torneio, o Coritiba em sete oportunidades chegou três vezes na segunda fase (oitavas de finais) e quatro vezes foi eliminado na primeira fase. Em 2012 e 2015 o alviverde começou bem a competição, eliminando o Corinthians nas duas edições, mas não conseguiu avançar da segunda fase, sendo eliminado por Fluminense e Joinville respectivamente. No último ano o Coxa foi eliminado pelo Palmeiras na segunda fase, após eliminar o 7 de Setembro do Estado do Mato Grosso do Sul na fase inicial. O Londrina nunca avançou da primeira fase, nas duas edições anteriores o tubarão foi eliminado pelo Fluminense em 2017 e pela Chapecoense em 2018, este segundo de formar dramática, nos pênaltis após dois empates.

VAGAS CONQUISTADAS EM 2019
O Londrina ficou com a taça do Paranaense Sub–19, com a campanha que teve 21 vitórias em 26 jogos, além de três empates e duas derrotas. Foram 81 gols marcados e apenas 13 sofridos, números que deram o destaque de melhor ataque e melhor defesa da competição. O artilheiro da competição foi o atacante da equipe Juan Matos com 21 gols, outros nomes importantes foram Pedro e Danilo que terminaram a competição com 10 e nove gols respectivamente. O Londrina ainda não definiu a comissão técnica para a competição que se inicia no próximo dia 18, a equipe teve a saída do comandante Sílvio Canuto, que assumiu o Araucária para a disputa da Divisão de Acesso do Campeonato Paranaense 2020.


O Coritiba terminou a competição com 16 vitórias em 24 oportunidades, além de cinco empates e três derrotas, marcando 69 gols e sofrendo 21. Um dos responsáveis pela boa campanha foi o artilheiro a equipe Pablo Thomaz, que terminou a competição com 11 gols marcados. A equipe comandada por Ricardo Quandt tem uma importante expectativa para a competição, pois está é a única das cincos competições do calendário da CBF que o alviverde tem vaga garantida. O Coritiba caiu para 24º colocado no ranking da CBF, assim não tendo direito a vaga no Brasileiro Sub-17, Sub-20 e Brasileirão de Aspirante (vagas destinadas aos 20 melhores colocados). Entretanto, o Coritiba ainda pode receber convite para as competições em caso de desistências das equipes com direito a vaga.


APOIE O PROJETO DRAP - Com o seu apoio, a equipe DRAP terá chancela de produzir conteúdos extras e de exclusividade, além de ajudar nos custos os integrantes da equipe, com transporte e entre outros. Conheça a nossa campanha de apoio colaborativo na @catarse - http://catarse.me/drap

Nenhum comentário

Obrigado por assinar a nossa newsletter.
Em breve chegará o nosso conteúdo na sua caixa de entrada.

att.
Do Rico ao Pobre, o futebol sem divisão!

Tecnologia do Blogger.