PROPAGANDA

[SUB-17] Athletico goleia Ceará na estreia do Campeonato Brasileiro da categoria


Na tarde desta quarta-feira (11), o Athletico recebeu o Ceará na Arena da Baixada pela primeira rodada do Brasileirão Sub-17 de 2020. A estreia rubro-negra não poderia ter sido melhor, já que a equipe dominou durante os 90 minutos e saiu vitoriosa pelo placar de 4-1 com gols de David Kochem, Robinho, Emersonn e Lucca Prior. David descontou para o Ceará de pênalti no fim.


#SUB-17

PRÉ-JOGO: O Athletico, única equipe paranaense que irá disputar essa edição do Brasileirão Sub-17, foi eliminado ano passado para o eventual campeão Flamengo nas quartas de final. Já o Ceará disputa pela primeira vez o campeonato brasileiro da categoria. Quem comanda o Furacão nessa competição é Fernando Seabra, que recentemente trabalhou nas categorias de base do Corinthians.

O EMBATE: Jogando em seus domínios, o Athletico buscou de impor desde os primeiros instantes da partida. Logo no primeiro minuto de jogo, Jader recebeu em profundidade e bateu forte por cima do travessão. Cinco minutos depois, Vinícius Kauê cruzou para o cabeceio de Jader, mas a zaga do Ceará tirou em cima da linha. Aos 16’ quem recebeu em profundidade foi Emersonn, que driblou o goleiro do Ceará fora da área e acabou finalizando para fora.

O Furacão seguiu pressionando e, aos 24’ da primeira etapa, Robinho lançou Léo Costa na área, que se ajeitou e finalizou forte para a defesa de Renan. Pouco depois, aos 30’ do 1° tempo, a zaga do Ceará afastou e Robinho acertou um lindo voleio de primeira de fora da área, mas Renan foi buscar no ângulo e mandou para escanteio.

Após tanto pressionar, o gol atleticano saiu finalmente aos 34’ da etapa inicial. Juninho bateu escanteio e David Kochem cabeceou na trave. No rebote ele mesmo mandou para o fundo da rede, abrindo o placar na Arena da Baixada. A equipe cearense foi ter sua primeira chance de gol somente aos 44’ da 1° etapa, e os mandantes foram para os vestiários vencendo por 1x0.


O Athletico voltou para a segunda etapa no mesmo ritmo que terminou a primeira, aumentando a vantagem no placar logo aos 4' do 2° tempo. Num ataque rápido, Robinho tocou para Emersonn, que cruzou rasteiro para Jader. O meia tentou fazer de letra, e no rebote Robinho mandou pro fundo do gol. Pouco depois, aos 10’ da etapa complementar, Robinho avançou pela ponta direita e bateu forte, o goleiro espalmou e Emersonn fez de cabeça o terceiro gol do Furacão.
Três minutos depois Vinícius Pertile bateu falta para o Athletico da entrada da área e o goleiro Renan fez bela defesa no ângulo direito. No minuto seguinte, o goleiro do Ceará fez outra boa defesa em cabeceio de Léo Costa. A partida deu uma esfriada e, aos 35’ da segunda etapa, Lucca Prior fez o quarto gol atleticano quando entrou driblando na grande área e bateu forte no ângulo direito de Renan.

A partida já de encaminhava para o fim quando, aos 45’ do 2° tempo, Ataíde colocou a mão na bola em uma cobrança de escanteio e deu a chance para o Ceará marcar seu gol de honra na marca do pênalti, que foi convertido por David. Fim de jogo na Arena da Baixada com uma bela estreia para a equipe curitibana na competição.

PRÓXIMA PARTIDA: Na próxima rodada do Campeonato Brasileiro Sub-17 o Athletico visita o Santos no litoral paulista, enquanto que o Ceará recebe o Flamengo em seu CT.

ATHLETICO: Já era esperado um domínio da equipe atleticana, muito mais experiente, sobre o estreante Ceará. E isso realmente aconteceu, do primeiro ao último minuto de jogo. O Athletico trabalhou sempre muito bem a bola no campo de ataque, principalmente com os pontas Robinho e Emersonn. O placar mínimo construído pela equipe da primeira etapa não refletia bem o que estava sendo a partida, e o resultado mais expressivo construído na etapa complementar foi justo.


FIQUE DE OLHO - Robinho: Robinho foi o grande destaque da equipe atleticana na partida. O ponta apareceu bastante para o jogo, teve grandes oportunidades de gol e participou diretamente de dois dos quatro tentos do CAP na partida.

CEARÁ: A equipe visitante foi nula durante grande parte da partida, se defendendo e tendo pouca criatividade no ataque na maior parte do tempo. O gol de honra veio no fim da etapa complementar, de pênalti. É necessário melhorar muito caso o objetivo seja avançar de fase na competição.


FIQUE DE OLHO - Renan: Apesar da derrota expressiva, o goleiro do Ceará foi o destaque da equipe na partida, fazendo boas defesas tanto no primeiro como no segundo tempo.

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

ATHLETICO: 1. Mycael; 2. Ataíde, 3. David Kochem, 4. João Pedro e 6. Vinicius Kauê (16. Johnny Lira); 5. Juninho, 8. Vinícius Pertile (19. Juan Makill) e 10. Jader (18. Lucca Prior); 7. Robinho, 9. Léo Costa (21. Islan) e 11. Emersonn (22. Vichtor). Tec. Fernando Seabra.

CEARÁ: 1. Renan; 2. Gustavo Coelho, 3. Adler (16. Juan Victor), 4. Jefferson e 6. Davi; 5. Douglas, 8. Maicon Kauã (13. Luciano Boin) e 10. Neto; 7. Johnson (17. Caio), 9. Bruninho (18. Kadu) e 11. Rafael Almada (15. David) Tec. Daniel Rocha.

FICHA TÉCNICA – ATHLETICO 4X1 CEARÁ XXXXXXXXXXXXX

GOLS: David Kochem (34’ do 1° tempo), Robinho (4’ do 2° tempo), Emersonn (10’ do 2° tempo) e Lucca Prior (35’ do 2° tempo) (Athletico) | David (45’ do 2° tempo) (Ceará).
CA: Jefferson e Caio. (Ceará).
ÁRBITRO: João Paulo Romano Queiroz.
ASSISTENTES: Weber Felipe Silva (1) e Wagner Junior Bonfim Ledo (2).
LOCAL: Arena da Baixada, em Curitiba. | PÚBLICO TOTAL: 250 pessoas. 

APOIE O PROJETO DRAP - Com o seu apoio, a equipe DRAP terá chancela de produzir conteúdo extra e de exclusividade, além de ajudar nos custos os integrantes da equipe, com transporte e entre outros. Conheça a nossa campanha de apoio colaborativo na @catarse - http://catarse.me/drap


Nenhum comentário

Obrigado por assinar a nossa newsletter.
Em breve chegará o nosso conteúdo na sua caixa de entrada.

att.
Do Rico ao Pobre, o futebol sem divisão!

Tecnologia do Blogger.