PROPAGANDA

[AMADOR CWB] Com nova diretoria, meta do Urano é lutar mais uma vez pelo retorno à elite em 2020

FOTO: Igor Bkz / Assessoria Urano
“Estamos fazendo todos os esforços para garantir a equipe na primeira divisão do ano que vem”. A frase é do novo presidente da Associação Clube Esportivo Urano, Amauri Teixeira Jr, que, pela segunda vez, comandará o clube. Se na primeira passagem do dirigente o cenário era favorável e a equipe se mantinha como uma das principais forças do amador da capital, em 2020 Amauri sabe que o desafio não é simples. Afinal, o azulão da Vila São Pedro acumula campanhas abaixo da expectativa nos últimos três anos e a pressão pelo retorno à elite é grande.

#AMADOR CURITIBA
Por Daniel Tozzi

Em 2019, a aposta do então presidente do Urano, Cristiano Bassoli, de abandonar a dupla-função de treinador e dirigente (exercida por ele no ano anterior) para dar lugar à Wagner Primo no comando da prancheta não deu resultado – o acesso. Com um quarto lugar na classificação da primeira fase, o clube da Vila São Pedro foi eliminado nas quartas de final pelo Tanguá, e adiou mais uma vez o sonho do retorno à elite. O cenário com Bassoli na presidência e Primo como treinador iria se repetir em 2020. No entanto, Bassoli recebeu um convite para integrar a comissão técnica do time do Altos (PI), que disputa a primeira divisão do campeonato piauiense e, por isso, teve que se licenciar da administração do Urano.

Como o clube tinha eleições marcadas apenas para o fim de 2020, os representantes da diretoria decidiram, em comum acordo, o nome de Amauri para a sucessão. A documentação para regularização dos novos nomes da diretoria está sendo feita e, na próxima quarta-feira (19), haverá um evento de apresentação da equipe que assume a administração do clube pelos próximos dois anos.

FOTO: Igor BKZ
METAS - Com o novo presidente definido, o planejamento para 2020 já está em andamento. “Vamos disputar a Copinha [Copa Paraná de futebol amador da Capital] como fase de testes para alguns jogadores. A base do elenco se manteve e o treinador será novamente o Wagner Primo. Quando assumi a presidência, o objetivo traçado com toda a diretoria é de subirmos e, por isso, trabalharemos forte para isso”, conta Amauri. 

Além do cuidado com o time, recentemente a diretoria do clube vem investindo na estrutura do estádio Manoel Garcia de Andrade, o Manecão. “No final do ano a gente já fez alguma melhoria na grama, que estava debilitada. Não ficou do jeito que a gente queria por falta de dinheiro, então optamos por fazer um reparo emergencial”, explica Amauri, que na hora de falar sobre o planejamento financeiro para 2020 mantém os pés no chão. “A questão dos jogadores e das reformas do estádio depende muito de patrocínio. A gente está correndo atrás, indo falar com empresários e com o pessoal da comunidade para ajudar”, comenta Amauri.

FOTO: Igor BKZ
Ainda sobre os recursos para 2020, Amauri adota um tom conciliador no embate entre investimentos em conquistas dentro de campo e na estrutura física do clube. “O investimento maior será no time principal para a gente subir, mas sem deixar de lado as melhorias nas dependências do estádio. Uma das nossas prioridades é dar mais conforto para o pessoal assistir aos jogos e termos um gramado em boas condições para os jogadores desenvolverem seu futebol”, complementa.

TRAJETÓRIA - Morador do bairro Xaxim há 45 anos, Amauri começou sua relação com o Urano há pouco mais de uma década. “Já conhecia a estrutura e o pessoal do clube há um bom tempo, mas foi só a partir do convite de um amigo que comecei a me envolver com time, em 2008. Dois anos depois assumi a presidência pela primeira vez”, explica.

Foi justamente esse o período mais glorioso da história da Associação Clube Esportiva Urano, que abocanhou por duas vezes o amador da Capital (2008 e 2009) e ainda o título da Taça Paraná de 2009. “De lá para cá começamos a enfrentar algumas dificuldades administrativas, como o problema judicial da diretoria com a Federação Paranaense, que acabou rebaixando o clube em 2015. Mas são águas passadas e temos que correr atrás do prejuízo, não medindo esforços para devolver o Urano para o lugar que ele merece”, finaliza o presidente do Urano.

A diretoria do Urano em 2020 será composta por Amauri Teixeira Jr, como presidente; Juscelino Ribeiro como vice-presidente; Alexandre Luiz Silva e Ademir Marques, 1º e 2º secretários. Enquanto que Antonio Gonzaga será o diretor de esportes; José Soares, tesoureiro; Luiz Nogueira, diretor de Patrimônio; Walter Berr, relações públicas; Davi Ferreira, diretor de nutrição e John Zellner no departamento Social do clube.


APOIE O PROJETO DRAP - Com o seu apoio, a equipe DRAP terá chancela de produzir conteúdo extra e de exclusividade, além de ajudar nos custos os integrantes da equipe, com transporte e entre outros. Conheça a nossa campanha de apoio colaborativo na @catarse - http://catarse.me/drap

No comments

Powered by Blogger.