PROPAGANDA

Tico Love, o destaque da partida entre Fortaleza e Bangú


O tricolor do Gabineto venceu no último sábado (23) a equipe do Bangú pelo placar de 1 a 0, no Estádio Ozório Claudino de Barros, e conquistou o acesso à elite do futebol amador de Curitiba para disputar em 2020. O duelo teve a companhia de uma leve garoa e que em alguns momentos apertou, como a marcação das duas equipes. Mas em uma jogada individual, o placar mudou. Confira a 116ª figurinha do álbum DRAP de 2019 e a vigésima terceira da Série B da Suburbana desta temporada.

#FIGURINHA DRAP
Por @rafaelbuiar

Na tarde do último sábado, o palco de Fortaleza e Bangú foi diferente, já que a equipe do Gabineto foi punida com um mando de campo. Sendo assim, o duelo aconteceu no Estádio Ozório Claudino de Barros, casa do rival Vila Sandra. A característica do campo não é muito diferente com a do Antonio Monteiro Sobrinho. Sendo assim, o mesmo ritmo dos jogos em casa aconteceu à favor do escrete do Fortaleza. Mas do outro lado, uma equipe experiente e cascuda, em jogos de níveis de série e que pelo quarto ano esteve tentando lutar por uma vaga à elite da Suburbana.

Por isso, os primeiros minutos foram de um duelo muito pegado, com uma marcação em alta em um primeiro momento da equipe do Bangú, que iniciou bem, envolvendo a equipe da casa. Mesmo assim, o time rubro-negro só teve uma chance de abrir o placar. Adriano dominou na área, girou e arrematou. Mas o goleiro Felipe esteve ligado e fez uma defesa, evitando. Esse lance foi a virada do jogo para que o time do Fortaleza entrasse na partida. Não deu outra, os jogadores de frente avançaram a marcação e dificultaram a saída de bola do Bangú. Mas nada de gols na primera etapa, que terminou com o placar fechado

O segundo tempo do embate iniciou de uma forma diferente, com o Bangú querendo jogo. Castelli e Hantson sendo os mais explorados. Porém, o sistema defensivo do time da casa não se abateu e conseguiu segurar as ações ofensivas. Deixando assim, um embate equilibrado, com as duas defesas sólidas. Porém, aos 19’, em uma jogada que teve início da marcação do Cafú e na sequência com Michel, que estava puxando dois para o lado esquerdo e com um leve toque de calcanhar tirou da jogada, Tico Love recebeu e sem pensar duas vezes chutou firme e rasteiro em um campo molhado. Não deu outra, o goleiro Ricardo não conseguiu segurar a bola e viu passar por debaixo dos braços.

Depois do gol do Fortaleza, a equipe do Bangú ficou mais ofensiva, com algumas alterações. Enquanto que o time da casa ficou mais recuado, usando o poder mais forte de sua equipe, a defesa. Deu certo, pois aos 48’ da etapa complementar o árbitro decretou o fim da partida, que concebeu com o acesso do tricolor do Gabineto.

Devido a isso, com a participação direta no gol do acesso e do único gol do Fortaleza na partida, Tico Love foi o destaque do confronto diante a equipe do Bangú. Sendo assim, o camisa 10 da equipe do bairro do Jardim Gabineto foi a 116ª figurinha do álbum DRAP de 2019 e a vigésima terceira da Série B da Suburbana desta temporada.

APOIE O PROJETO DRAP - Com o seu apoio, a equipe DRAP terá chancela de produzir conteúdo extra e de exclusividade, além de ajudar nos custos os integrantes da equipe, com transporte e entre outros. Conheça a nossa campanha de apoio colaborativo na @catarse - http://catarse.me/drap

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.