PROPAGANDA

[SUBURBANA] Vai começar o último passo à elite do futebol amador de Curitiba


No próximo sábado (9) irá acontecer o primeiro confronto dos jogos da fase semifinal da Divisão de Acesso da Suburbana 2019, categoria adulta. Ou seja, o último passo para conquistar o acesso começará neste final de semana. Por isso, qualquer detalhe poderá credenciar o acesso à elite do futebol amador já no primeiro jogo. Confira as informações iniciais dos confrontos da fase semifinal


#PRÉ-JOGO
Por @rafaelbuiar

Faltando dois jogos para o acesso, o certame ganha fortes emoções a essa altura. Por isso, qualquer deslize pode colocar em jogo todo o trabalho da temporada com o principal objetivo, o acesso. Os confrontos tiveram a coincidência de colocar em choque os líderes dos grupos e também os vice-líderes. Dentre as quatros equipes que avançaram até esta fase, o alviverde do bairro do Tatuquara tem o ataque mais positivo, com 32 gols. Enquanto que a zaga menos vazada é a do Fortaleza, com apenas cinco gols sofridos em 11 jogos disputados. Tendo em vista que a equipe do Jardim Gabineto não sofre gols desde 28 de outubro, em que sofreu derrota para o Palmeirinha. Ou seja, cinco jogos a zaga está intacta. Mas em compensação, Coutinho e Adriano da equipe do Bangú, estão no pareô como um dos artilheiros na competição, com sete e seis gols respectivamente. Além de Dolinha do Palmeirinha que está com sete gols também. Confira as informações iniciais e quais os confrontos deste sábado na fase semifinal do certame.


Os líderes dos grupos A e B da primeira fase irão se enfrentar na fase semifinal da competição, em busca do acesso. A equipe do Tanguá, que retornou à fase semifinal depois de mais de 20 anos irá enfrentar uma das equipes que sofre com o efeito ioiôs nos últimos anos. O rubro-negro do Tanguá eliminou o time do Urano na fase anterior, venceu o primeiro duelo pelo placar de 4 a 1 e mesmo perdendo por 4 a 3 em casa, o placar agregado ficou ao seu favor. Já do outro lado, o equilíbrio foi maior, pois o Palmeirinha empatou sem gols o primeiro duelo com o Shabureya e venceu o segundo pelo placar de 2 a 1. Mesmo assim, a equipe irá forte para o desafio diante o Tanguá para terminar como o desfecho de 2016, em que conquistou o acesso à elite.

Nos últimos quatro anos, a equipe do Fortaleza esteve presente três vezes na fase semifinal do certame. Em 2016 sofreu derrota para o rival, Vila Sandra, que hoje está na elite da suburbana. Já em 2018, o tricolor do Gabineto não esteve nesta fase, pois estava na Série A. Ou seja, a equipe do Fortaleza quer repetir a dose de 2017, em que enfrentou o Caxias e ganhou as duas partidas. Além de contar com os destaques daquela temporada - Roberto, Michael, Tico Love, William Neguinho e outros remanescentes, o time do Fortaleza irá decidir em casa o último jogo da fase semifinal.

Por outro lado, a equipe do Bangú quer acabar com a sina de cair novamente nas penalidades. Já que nos últimos três anos os jogos de mata-matas levaram para esta decisão. Por isso, o rubro-negro quer se livrar deste trauma dos últimos anos, pois as penalidades têm sido sinônimo de desespero no lado rubro-negro. Em 2016 não foi pareô para o Palmeirinha na fase semifinal. No ano seguinte o mesmo aconteceu como Santíssima Trindade e também na fase semifinal. Já em 2018 a situação aconteceu uma fase anterior, quartas de final diante o Grêmio Ipiranga. Ou seja, em 2019 o adversário é mais cascudo e não passou por essa experiência nos últimos anos.

COBERTURA DRAP – A equipe DRAP estará presente em um embate da fase semifinal da Divisão de Acesso da Suburbana 2019 neste sábado (9) às 15h30. O duelo que terá cobertura será entre Bangú e Fortaleza, no Estádio Ricardo Halick, às 15h30.


APOIE O PROJETO DRAP - Com o seu apoio, a equipe DRAP terá chancela de produzir conteúdo extra e de exclusividade, além de ajudar nos custos os integrantes da equipe, com transporte e entre outros. Conheça a nossa campanha de apoio colaborativo na @catarse - http://catarse.me/drap 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.