PROPAGANDA

[SUBURBANA] Trieste empata sem gols no clássico com o Iguaçu e mantém liderança


Trieste e Iguaçu fizeram na tarde deste sábado (5), mais um tradicional Clássico da Polenta, dessa vez válido pela nona rodada da Suburbana e com a liderança em jogo. O equilíbrio entre as duas forças de Santa Felicidade prevaleceu e o placar não saiu do zero, resultado que mantém o tricolor italiano na primeira colocação, mas embola ainda mais a classificação.


#SUBURBANA
Por @yuricasari

PRÉ-JOGO: Vindo de sua primeira derrota, sofrida diante do Pilarzinho, o Trieste buscava se recuperar e ficar em situação confortável para as rodadas finais. Já o Iguaçu venha de vitória contra o Vila Sandra e poderia roubar o primeiro posto do arquirrival.

O EMBATE: Os primeiros minutos do clássico já mostraram uma tendência que durou os 90 minutos. Muitos lances ríspidos e divididas duras. No primeiro tempo, houve muito equilíbrio e poucas chances de gol foram criadas. Mas as que aconteceram só não se converteram em gols graças a boa intervenção dos goleiros.

Pelo lado do Iguacu, a melhor oportunidade foi aos 17 minutos. Roney cruzou pelo lado direito e Diego realizou um cabeceio de manual, mas Juninho defendeu. Já para o tricolor a melhor jogada aconteceu já na casa dos 40 minutos. Lino fez boa jogada pela esquerda e serviu Hideo, que caprichou no chute, mas Filipe se agigantou.


Na segunda etapa o jogo ficou levemente mais favorável ao Iguaçu, que conseguiu aumentar o volume de jogo. Aos dez, Roney ficou cara a cara com Juninho, finalizou e Murilo salvou de carrinho em cima da linha, em um lance extraordinário. O Trieste tentou responder de forma imediata, em chute cruzado de Murilo, que Alcemir não alcancou.

Percebendo a melhora do Iguaçu, Ivo Petry promoveu a entrada de Thiaguinho, tentando dar mais incisividade à equipe. Mas o jogo seguiu para uma outra direção, com muita discussão, muitas paradas e pouco futebol. Ainda assim, o Iguaçu quase marcou o gol da vitória, em cabeceio de Magu, que acertou o travessão aos 21 minutos. Depois disso, o alvinegro até teve mais a bola que os anfitriões, mas não conseguiu furar o bloqueio triestino.

Assim, o Trieste segue na primeira colocação, agora com vinte pontos, enquanto o Iguaçu caiu para a terceira posição, com 19 pontos.


PRÓXIMA PARTIDA: Na próxima rodada, a décima de onze totais, o Trieste segue em casa e recebe o Vila Hauer. O Iguaçu, por sua vez, continua como visitante, e vai até o Manoel Gustavo Schier para enfrenta o Uberlândia.

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

TRIESTE: 1. Juninho, 2. Murilo, 3. Bruno, 4. Linno (14. Biro) e 6. Lino; 5. Jair, 7. Grilo, 8. Feijão (15. Luizinho), 10. Hideo e 11. Alcimar (16. Thiaguinho); 9. William Koslowski. T: Ivo Petry.

IGUAÇU: 1. Filipe, 2. Gabriel, 3. Douglas, 4. Aderaldo e 6. Victor Tilly; 5. Thiago Oliveira (15. Helton), 7. Magu, 8. Nilvano (16. Felipe Caron) e 10. Baroni; 9. Diego (17. Alex Pinhais) e 11. Roney. T: Luisinho Netto.

FICHA TÉCNICA – TRIESTE 0 X 0 IGUAÇU XXXXXXXXXX

GOLS: -.
CA:  Jair (Trieste); Thiago Oliveira, Filipe, Baroni, Tilly e Gabriel (Iguacu).
ÁRBITRO: Eduardo Melek.
ASSISTENTES: André Luiz Severo e Vinicius Bueno Seixas.
LOCAL: Estádio Francisco Muraro, em Curitiba.


APOIE O PROJETO DRAP - Com o seu apoio, a equipe DRAP terá chancela de produzir conteúdo extra e de exclusividade, além de ajudar nos custos os integrantes da equipe, com transporte e entre outros. Conheça a nossa campanha de apoio colaborativo na @catarse - http://catarse.me/drap

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.