PROPAGANDA

[BR SUB-20] Com três gols de Pablo Thomaz, Coritiba goleia Internacional por 4 a 1


Na tarde desta quarta-feira (9), Coritiba e Internacional se enfrentaram no estádio Couto Pereira, em Curitiba, em jogo válido pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro Sub-20. Com ambas as equipes apenas cumprindo tabela, esperava-se uma partida com poucas emoções. Mas o atacante Pablo Thomaz pulverizou a monotonia, marcou três gols – um deles de bicicleta – e foi fundamental para goleada coxa-branca.

#SUB 20
Por Yuri Casari

PRÉ-JOGO: Sem qualquer pretensão de estar entre as oito melhores equipes da competição nacional, Coritiba e Internacional só possuem o objetivo de encerrar o Brasileirão da categoria sub-20 da melhor forma possível. Enquanto o Coxa estava na 14ª posição, o Colorado ocupava apenas a 18ª colocação. Ambos entraram em campo no Couto Pereira com suas equipes principais.

O EMBATE: Em 2019, o atacante Pablo Thomaz tem sido um dos principais destaques das categorias de base do Coritiba. Goleador, precisou de apenas um minuto e meio para demonstrar seu faro de artilheiro diante do Internacional. O atacante recebeu em ótimas condições, driblou o goleiro Vitor Hugo e mandou para a rede, abrindo precocemente o placar para o Coritiba. Apesar do baque inicial, o Internacional tentou responder quase de imediato. Aos cinco minutos, Guilherme Pato fez boa jogada pelo lado direito e bateu cruzado, e o zagueiro Yuri jogou para escanteio. Na cobrança do corner, Cazzetta cabeceou com perigo, mas a bola passou por cima da meta defendida por Diego.

Tocando a bola com calma, o Coritiba se livrou da tentativa de pressão colorada e foi ganhando terreno aos poucos. Aos 26, Angelo lançou Igor Paixão em velocidade. O jogador ajeitou para trás para Pablo, que bateu de primeira e a bola desviou em um defensor colorado e foi para escanteio. Logo depois, após cruzamento vindo da esquerda, Pablo Thomas tentou de letra e furou, mas recuperou a bola na sequência da jogada e tentou a finalização. Nisso, a bola bateu na mão de Cazzetta e o pênalti foi assinalado. Na cobrança, Igor Paixão bateu no meio do gol e ampliou o marcador para o alviverde, aos 29 minutos de jogo. Antes da cobrança, Pablo e Igor discutiram pela cobrança da penalidade. Igor ganhou a disputa, balançou a rede e pôde mostrar o motivo pelo desejo em chutar da marca da cal: homenageou o familiar Raimundo Araújo da Paixão, que faleceu na recente terça-feira, 8 de setembro.


A vitória parcial por 2 a 0 já parecia suficiente para a primeira etapa, mas o melhor da atuação do Coxa ficou para o final dos 45 minutos iniciais. Aos 43, Igor Paixão levantou a bola para Pablo Thomaz, que dentro da área dominou no peito, ajeitou com o joelho e emendou uma bicicleta, marcando um golaço antológico no Alto da Glória.

No segundo tempo, o Coritiba usou a mesma estratégia do início do primeiro tempo. Atraiu um abatido Internacional para seu campo de ataque e contra-atacou com efetividade. Aos 9 minutos, Iago correu com a bola, limpou a jogada na intermediária e serviu Pablo Thomaz em profundidade.  O camisa dez nem dominou a bola, esperando a saída do goleiro para finalizar com precisão em chute rasteiro. Hat-trick de Pablo Thomaz, que chegou ao oitavo gol no Brasileirão Sub-20.

Na sequência do quarto gol coxa-branca, o Inter conseguiu um pênalti após Yuri derrubar Nicolas. O defensor Volnei foi para a cobrança e acertou a trave esquerda do goleiro Diego, em mais um momento para esquecer da partida do Internacional. Ainda assim, o Colorado aproveitou o ritmo mais lento do Coritiba e diminuiu a contagem. Aos 35 minutos, Nicolas roubou a bola na entrada da área, finalizou e no rebote de Diego, Cesar cabeceou por cima do goleiro.

CORITIBA:  O Coritiba jogou no 343, que tem sido usado durante toda a temporada pelo técnico Ricardo Quandt. Teve menos posse de bola, mas soube trabalhar melhor quando a tinha. O gol rápido deu tranquilidade à equipe, que não forçava as bolas longas, mas apostava na velocidade do trio de ataque, em especial do ponteiro esquerdo Igor Paixão e do atacante Pablo Thomaz.


FIQUE DE OLHO: Pablo Thomaz já era o artilheiro da equipe na competição com cinco gols, e nesta partida diante do Internacional teve espetacular atuação, especialmente na primeira etapa. Com apenas um minuto e meio abriu o placar driblando o goleiro adversário, foi o responsável pelo pênalti a favor do Coxa convertido por Igor Paixão e marcou um golaço de bicicleta. No segundo tempo completou seu hat-trick.


INTERNACIONAL: Possui um dos elencos mais novos da competição, com diversos jogadores com 16 e 17 anos na equipe titular. A falta de maturidade, talvez, possa ser a explicação para os muitos erros de passes e na tomada de decisão. Colorado jogou no 4141.

FIQUE DE OLHO: Em uma tarde que tudo deu errado para o Internacional no individual e no coletivo, é possível destacar o ponteiro direito Guilherme Pato. O camisa sete foi o jogador mais incisivo no melhor momento do Inter na partida ajudando a levar o time para o ataque tanto pelos lados quanto por dentro.


PRÓXIMA PARTIDA: No encerramento da primeira fase do Brasileirão Sub-20, no dia 16 de outubro, o Coritiba vai até Minas Gerais para enfrentar o Atlético Mineiro, enquanto o Internacional recebe em Porto Alegre a equipe do América Mineiro.

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

CORITIBA: 1.  Diego Monteiro, 3. Yuri (15. Matheus Henrique), 4. Vinicius Araújo e 5. Henrique Vermudt; 2. Natanael, 8. Matheus Pires (13. Matheus Moura), 9. Guilherme Biro e 6. Angelo; 7. Iago (16. Biel), 10. Pablo Thomaz (18. Adriano Brandão) e 11. Igor Paixão (14. Guilherme Pires). Tec. Ricardo Quandt.

INTERNACIONAL: 1. Vitor Hugo, 2. Leonardo, 3. Tiago Barbosa, 4.Volnei e 6. Matheus Cazzetta; 5. Jonathan Flores (13. Carrijo), 8. Bruno, 7. Pato e 10. Cesar; 9. Leonardo Ferreira (18. Nicolas) e 11. Thalis (15. João Victor). Tec. Fabio Matias.

FICHA TÉCNICA – CORITIBA 4X1 INTERNACIONAL XXXXXXXXX

GOLS: Pablo Thomas, aos 1’ e aos 43’ do 1 º tempo e aos 9’ do 2º tempo; Igor Paixão, aos 29’ do 1º tempo; Cesar, aos 35’ do 2º tempo.
CA: Igor Paixão (Coritiba); Guilherme Pato (Inter).
ÁRBITRO: Cristian Eduardo Gorski da Luz.
ASSISTENTES: Wagner Junior Bonfim Leão e Heitor Alex Eurich.
LOCAL: Estádio Couto Pereira, Curitiba
PÚBLICO/RENDA: 42 pagantes / 89 pessoas / R$ 510,00

ENTREVISTAS DRAP XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX



PROJETO DRAP - Com o seu apoio, a equipe DRAP terá chancela de produzir conteúdos extras e de exclusividade, além de ajudar nos custos os integrantes da equipe, com transporte e entre outros. Conheça a nossa campanha de apoio colaborativo na @catarse - http://catarse.me/drap

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.