PROPAGANDA

[SÉRIE B] Paraná Clube vence o Operário e mantém boa campanha como visitante


Operário Ferroviário e Paraná Clube, se enfrentaram na noite desta terça-feira (8), em duelo válido pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro Série B, no Estádio Germano Krüger. Com um jogador a menos desde os 10’ do segundo tempo, a equipe de Vila Oficinas foi derrotada pelo Tricolor, pelo placar de 1x0. O gol do Paraná foi marcado por Bruno Rodrigues, no fim do primeiro tempo.

#SÉRIEB

Por João Paulo Pacheco

PRÉ-JOGO: Depois da derrota em casa contra o Brasil de Pelotas, a equipe comandada por Gerson Gusmão vai a campo em busca da reabilitação no certame. O Fantasma não vence há três rodadas e pretende utilizar da força do Germano Krüger para bater o Paraná. O Tricolor da Vila, vem embalado para este embate, após a vitória no clássico contra o Coritiba. O técnico Matheus Costa deve repetir pela quarta vez consecutiva a equipe titular dos últimos confrontos pela Série B.

O EMBATE: No início da partida, quem tomou as ações foi o Operário. Logo no primeiro minuto, pelo lado esquerdo do gramado, a equipe de Curitiba fez falta. Na cobrança, Clayton levanta na área, a bola desvia e vai para linha de fundo, criando a primeira chance de gol. Aos 5’, em jogada pelo meio, em chute de fora da área, Felipe Augusto arrisca e o goleiro Thiago Rodrigues encaixa. A primeira chance do Tricolor, foi aos 9’, Bruno Rodrigues escapa da falta, puxa a jogada pelo lado direito e faz o cruzamento na entrada da área, a bola passa sem levar perigo a meta de Rodrigo Vianna.

Após jogada de Marcelo, a bola sobra para Felipe Augusto, livre de marcação, o camisa 7 tenta a finalização por cima de Thiago Rodrigues e manda a bola para fora, aos 15’. Maílton em lance pelo centro do gramado, ao tentar fazer a ligação da jogada para o ataque, sofre falta do camisa 7, Judivan. O atacante do Paraná Clube recebe o primeiro cartão amarelo da partida, aos 17’. Jenison, após cobrança de escanteio, sobe mais que os zagueiros e cabeceia para fora, na segunda tentativa de gol dos visitantes, aos 21’.


Em cobrança de falta de Felipe Augusto, aos 27’, o camisa 10, Marcelo, desvia de cabeça e a bola vai para escanteio. Após a cobrança, o goleiro do Paraná acerta um soco na bola e afasta o perigo. A partida passou a ser comandada por ambas as equipes pela região central do gramado, com erros de passes e sem efetividade no ataque das duas equipes. Após roubada de bola, Bruno Rodrigues deixa Vitinho na frente do gol, o camisa 10 do Paraná erra o chute e Rodrigo Viana defende com tranquilidade, na sequência do lance, após erro no recuo de bola de Éder Sciola, o atacante Lucas Batatinha fica com a bola e finaliza de perna canhota, a bola passa pelo goleiro e bate na trave, aos 39’. A primeira mudança na equipe do Paraná, foi após a lesão do meio-campista Vitinho, que deu lugar ao camisa 17, Itaqui.

No último lance do primeiro tempo, Bruno Rodrigues recebe no canto direito da área, corta o zagueiro Alisson e finaliza no canto do goleiro Rodrigo Viana, abrindo o placar no Germano Krüger. A equipe de Vila Oficinas reclama de falta no lance, mas arbitragem valida o gol. A primeira etapa de jogo ficou com 60% de posse de bola para os mandantes e 40% para o Tricolor.



Na volta para a segunda etapa, Gerson Gusmão faz a primeira mudança no Fantasma, o lateral Julinho sai para a entrada do camisa 23, Willian. A primeira tentativa de gol na segunda etapa, foi após cobrança de falta de Maílton, na batida, a bola toca o travessão e vai para fora. Rodrigo, após reclamação, recebe o primeiro cartão amarelo da equipe do Operário. Na sequência do lance, em menos de três minutos, o próprio Rodrigo acerta uma cotovelada no atacante Jenison, recebe o segundo amarelo e é expulso.

Matheus Costa, percebendo o índice de faltas pelo lado direito do gramado, troca o já amarelado Judivan, pelo camisa 22, Raphael Alemão. Pelo lado do Fantasma, Gerson Gusmão troca o atacante Felipe Augusto, pelo lateral direito, estreante da noite, John Lennon. Aos 21’, em lance pela esquerda, Alisson acerta Bruno Rodrigues e faz a falta, o camisa 10, Marcelo, reclama com o atacante do Paraná e gera uma confusão no gramado. Marcelo, pelo lado do Fantasma e Fernando Neto, pelo Paraná, recebem cartão amarelo.

Maílton, no meio campo, faz falta e recebe o cartão amarelo, na sequência, o próprio camisa 2 puxa a bola para o meio e de perna canhota finaliza, após o rebote de Thiago Rodrigues, a bola sobra na esquerda, Raphael Alemão e Lucas Batatinha dividem, e o árbitro marca falta para o Fantasma, amarelando o camisa 22 do Tricolor.

Foto: Naiâne Jagnow / Do Rico ao Pobre
      
Em cobrança de escanteio, o zagueiro Alisson recebe de Maílton, o camisa 4 cabeceia livre de marcação mas manda para fora, aos 31’. Em busca de maior precisão e efetividade na linha ofensiva, Gerson Gusmão faz a última substituição do Operário, sai Revson e entra o atacante Schumacher. Após a investida ofensiva do Operário, Matheus Costa recua a equipe do Paraná e coloca o zagueiro Bauermann no lugar do camisa 11, Bruno Rodrigues.

Mesmo com todos os jogadores de linha, no período dos acréscimos, no campo de ataque, a pressão da equipe de Vila Oficinas não funciona. Com o resultado, o Operário estaciona com 36 pontos, e desce para décima colocação. Já o Tricolor, chega aos 39 pontos e entra dentro do G4.


PRÓXIMAS PARTIDAS: O Fantasma enfrenta o rival Londrina, no próximo sábado (12), no Estádio do Café, às 16h30.
Já o Tricolor, terá o líder do campeonato pela frente, quando enfrentará o Bragantino, também no sábado (12), às 16h30, na Arena Red Bull.

 

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

OPERÁRIO: 1-Rodrigo Viana, 2-Mailton, 3-Alisson, 4-Rodrigo, 6-Julinho (23-Willian), 5- Revson, 7-Felipe Augusto (14-Jonh Lennon), 8-Índio, 9-Lucas Batatinha, 10-Marcelo, 11-Cleyton.  Técnico: Gerson Gusmão.

PARANÁ: 1-Thiago Rodrigues, 2-Éder Sciola, 3-Leandro Almeida, 4-Rodolfo, 6-Guilherme Santos, 5-Luiz Otávio, 8-Fernando Neto, 10-Vitinho Mesquita (17-Itaqui), 11-Bruno Rodrigues (14- Bauermann), 9-Jenison, 7-Judivan (22-Raphael Alemão) Técnico: Matheus Costa

FICHA TÉCNICA – Operário 0X1 Paraná Clube XXXXXXXXXX

GOLS: Bruno Rodrigues aos 45' do 1º tempo
CA: Rodrigo (2x), Marcelo, Maílton (Operário); Judivan, Fernando Neto, Raphael Alemão, Itaqui, Willian (Paraná)
CV: Rodrigo (Operário)
ÁRBITRO: Leandro Bizzio Marinho
ASSISTENTES: Daniel Luis Marques (1), Gustavo Rodrigues de Oliveira (2)
LOCAL: Estádio Germano Krüger, Ponta Grossa (PR).

PÚBLICO / RENDA: 4.667 / R$ 56.545,000

PROJETO DRAP - Com o seu apoio, a equipe DRAP terá chancela de produzir conteúdos extras e de exclusividade, além de ajudar nos custos os integrantes da equipe, com transporte e entre outros. Conheça a nossa campanha de apoio colaborativo na @catarse - http://catarse.me/drap

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.