PROPAGANDA

[SUBURBANA] Rodada de confrontos diretos pode definir quem irá brigar pelas vagas à próxima fase na Série B


Neste sábado (28), após rodada adiada na semana passada, a sexta rodada da Divisão de Acesso da Suburbana 2019 irá acontecer e pegar fogo, com 10 embates. Dentre eles, jogos de seis pontos e que poderão nos dar indícios de quem estará na próxima fase, faltando três rodadas para o término da primeira fase. Confira as informações iniciais dos confrontos da sexta rodada do certame, categoria adulta.

#PRÉ-JOGO
Por @rafaelbuiar

Passados mais de 60% da primeira fase, a Divisão de Acesso da Suburbana 2019 já nos proporciona um equilíbrio e fortes emoções a cada rodada concluída. As chances estão diminuindo para alguns times e aumentando para outros. Devido a isso, junto a matemática (calculadora), os clubes já não podem cometer mais deslize caso queira avançar na competição. Diante deste cenário, o Do Rico ao Pobre aponta quais são as perspectivas da sexta rodada da Divisão de Acesso da Suburbana 2019. Confira quais são os confrontos.´


GRUPO A XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

Em um contexto geral, a chave A está dividida em três blocos faltando quatro rodadas para o término da primeira fase. A primeira parte está com quatro escrete, todos empatados com 12 pontos cada um – Palmeirinha, Vila Torres, Combate Barreirinha e Fortaleza. Mas em situações e momentos diferentes. Um deles é o Vila Torres, que sofreu a primeira derrota na rodada anterior para o Santíssima Trindade, no Parque Linear e está em busca da recuperação. Assim, como o Nacional que também tem este objetivo, pois há três jogos não vence. A última vitória foi na segunda rodada diante o Sergipe em casa. Na partida anterior, sofreu a derrota para o atual líder, Palmeirinha. Um triunfo faz o aproximar do primeiro pelotão.

A outra equipe que está na parte de cima da tábua de classificação no grupo A é o Combate Barreirinha, que vem de quatro vitórias consecutivas na competição. O último triunfo foi diante a equipe do Renovicente e pelo placar de 2 a 1. Porém, o seu adversário surpreendeu a todos na última rodada ao derrotar o único 100% do campeonato, Vila Torres. Por isso, uma vitória ao escrete do bairro do Cajuru, faz com que se aproxime do segundo pelotão – a turma de 7 a 6 pontos.

Fechando os times do pelotão de cima, Fortaleza e Palmeirinha fazem o jogo da rodada, válido pelo grupo A. Ambos os times estão em ascensão no certame e irão nos proporcionar o famoso jogo de seis pontos. Quem vencer irá selar praticamente a sua vaga à próxima fase. Por isso, o confronto no Jardim Gabineto é de extrema importância para a sequência da competição de ambas as equipes.

Vencer para subir e respirar na competição. Esse é o dilema para Grêmio Ipiranga e Urano, que se enfrentam nesta rodada. O azulão da Vila São Pedro está invicto tem duas rodadas, com dois triunfos. O último foi a goleada diante o Sergipe, no Manecão. Enquanto que o Grêmio Ipiranga não ganha tem três rodadas, a última aconteceu na segunda rodada. Ou seja, em situações diferentes, um triunfo para ambos os lados faz com que o sonho da vaga permaneça. Outro confronto, que fecha a rodada no grupo A é o duelo entre Sergipe e Renovicente, ambos seguem na parte de baixo da tabela e chegam para sexta rodada com derrota.

GRUPO B XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

Diferente da outra chave, o grupo B está mais equilibrado e a diferença entre as equipes é muita pequena. Por exemplo, do oitavo colocado ao primeiro a diferença é de apenas quatro pontos. Lembrando que nesta última quarta-feira, a equipe do São Braz venceu o Bangú pelo placar de 4 a 2, em jogo que estava atrasado da terceira rodada. Ou seja, com este triunfo, a equipe do São Braz chegou ao mesmo número de pontos do líder, Shabureya. Outro ponto em destaque na chave B é que apenas duas equipes seguem invictas. Uma delas é o time do Olímpico, que jogará no Estádio Erondi Silvério diante o Bangú. O alviverde do Xaxim está na quarta colocação, com a mesma pontuação do líder. Enquanto que o Bangú está na sétima colocação – fora da zona de classificação. Ou seja, confronto de seis pontos, já que está dois pontos do Olímpico. Quem vencer o credenciará uma das vagas no G4 na rodada.

A liderança da chave está por conta do Shabureya, que venceu a terceira consecutiva na rodada anterior e terá o desafio de manter a liderança diante o Vasco da Gama, que segue na quinta colocação e com um ponto a menos. A mesma situação que o duelo anterior. Quem vencer consegue fixar-se na zona de classificação. O Tanguá, que também divide a liderança com o Shabu, irá jogar em casa e contra o Ypiranga, que não vem passando por um bom momento no certame, pois sofreu a segunda derrota seguida na rodada anterior. Mesmo assim, com um bom início, ainda tem chance de classificação.

Vencer para acreditar. Essa é a perspectiva do União Ahú, que empatou a segunda seguida na competição e ainda não sabe o que é vencer. O adversário do escrete do União Ahú será o Desportivo, vice lanterna do grupo. Por isso, o choque entre as duas equipes pode dar um novo ânimo nesta fase do campeonato. Fechando a rodada pelo grupo B, Bairro Alto, que também não perdeu no campeonato, contra o São Braz, que venceu o rubro-negro do Santo Inácio e ingressou no G4 com a mesma pontuação do líder. Devido a isso, um triunfo é de extrema importância para a sequência na competição. 


COBERTURA DRAP - A equipe Do Rico ao Pobre estará presente em duas partidas na Divisão de Acesso da Suburbana 2019. Os embates serão entre Fortaleza e Palmeirinha, no Estádio Antônio Monteiro Sobrinho, além de Bangú e Olímpico, no Estádio Erondi Silvério. Ambos os duelos terão a previsão de início às 15h30.

APOIE O PROJETO DRAP - Com o seu apoio, a equipe DRAP terá chancela de produzir conteúdo extra e de exclusividade, além de ajudar nos custos os integrantes da equipe, com transporte e entre outros. Conheça a nossa campanha de apoio colaborativo na @catarse - http://catarse.me/drap

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.