PROPAGANDA

[SUBURBANA] Pilarzinho marca nos acréscimos e quebra invencibilidade do Trieste


Pela oitava rodada da Suburbana 2019, Operário Pilarzinho e Trieste entraram em campo neste sábado (28), no Estádio Bortolo Gava, em Curitiba. Após um começo equilibrado, Bitoca colocou o time da casa em vantagem no placar cobrando pênalti. Na volta do intervalo o Trieste buscou o empate, levou o segundo e empatou novamente. A igualdade persistiu até os 48 minutos, quando Baroni decretou a vitória do time da casa por 3 a 2.

#SUBURBANA 2019

PRÉ JOGO: O Trieste defendia sua invencibilidade, com 19 pontos conquistados dentre os 21 que disputou. Nesta oitava rodada, o Operário Pilarzinho vinha para quebrar essa hegemonia. Ocupando a quarta colocação com treze pontos, uma vitória poderia embolar a classificação, principalmente se as outras equipes que estavam dentro do G8 vencessem.

O EMBATE:  O duelo começou bastante equilibrado. O time da casa tentou uma imposição inicial, mas o Trieste se comportou bem defensivamente. O Pilarzinho conseguiu um bom arremate de fora da área, que não levou muito perigo. Passados dez minutos, o time visitante colocou a bola no chão e começou a articular o jogo. Com isso estava mais próximo a área adversária, permitindo somente a bola longa ao Pilarzinho buscando o centroavante Pedro Oldoni.

Aos 22 minutos, o time mandante conseguiu uma falta lateral após contra-ataque rápido. Bitoca cobrou e a bola foi na mão de Divonzir, que estava dentro da área, pênalti. Bitoca foi para a cobrança e mandou no canto esquerdo baixo, Juninho foi para o canto oposto e não pôde fazer nada. Com a desvantagem, o Trieste tentou forçar o jogo em busca do empate, mas não conseguiu balançar a rede até o fim da primeira etapa.


Na volta do intervalo o jogo ganhou em emoção. Logo no primeiro minuto, falta para o Trieste. Lino foi para a cobrança e cruzou na medida para Bruno colocar o pé esquerdo na bola e acertar o canto esquerdo do goleiro. Empate do Tricolor de Santa Felicidade. Mas o Pilarzinho estava vivo e não demorou muito para a equipe da casa ficar em vantagem no placar novamente. Aos 9’, Gean cobrou uma falta dentro da área, a bola desviou no meio do caminho e sobrou limpa para Pedro Oldoni, que só teve o trabalho de cabecear e sair para o abraço.

O Tricolor de Bortolo Gava continuou pressionando, e o Trieste sentiu o gol. O Pilarzinho perdeu duas boas chances para ampliar o placar, deixando entrar em campo a velha máxima, “quem não faz, leva”. Após um bate e rebate no ataque triestino, Wiliam Koslowski subiu e cabeceou no canto, com a bola beijando a trave antes de cruzar a linha para o empate dos visitantes.

Após a metade da segunda etapa, o jogo ficou bastante truncado, com bastante trabalho para a arbitragem. As equipes ainda tentavam o gol da vitória, e quem marcou foi o time da casa. Aos 48’ minutos, Wesley invadiu a área pela direita e cruzou rasteiro no segundo pau, onde Baroni estava livre; o camisa 8 completou de letra e o Bortolo Gava explodiu de alegria. Final de jogo, vitória do Pilarzinho por 3 a 2 e queda da invencibilidade da equipe do Trieste.


PRÓXIMA PARTIDA: No próximo sábado (5), O Pilarzinho visitará o Vila Sandra no Estádio Ozório Claudino de Barros. Já o Trieste terá um clássico pela frente, receberá o Iguaçu no Estádio Francisco Muraro. Ambos os duelos serão às 15h30.

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

OPERÁRIO PILARZINHO: 1- Juninho; 2- Gean (14- Guilherme), 3- Everson, 4- Gbur, 6- Dionata; 5- Aroldo (20- Bruno), 8- Baroni, 10- Bitoca (17- Sagui); 7- Rodrigo, 11- Thomas (18- Wesley) e 9- Pedro Oldoni (19- Luciano). Téc. Marquinhos Passaúna.

TRIESTE: 1- Juninho; 2- Murilo, 3- Linno Ribeiro, 4- Bruno, 6- Lino; 5- Juninho, 7- Divonzir (16- Thiaguinho), 8- Gilton, 10- Alcimar (19- Maycon), 11- Edimar (17- Luiz) e 9- Koslowski. Téc. Ivo Petry.

FICHA TÉCNICA PILARZINHO 3 X 2 TRIESTE XXXXXXXXXX

GOLS: Bitoca aos 22’ do 1°T, Pedro Oldoni aos 9’ e Baroni aos 48’ do 2°T (Pilarzinho); Bruno aos 2’ e Willian Koslowski aos 23’ do 2°T (Trieste).
CA: Divonzir, Juninho, Thiaguinho e Gilton (Trieste); Baroni, Juninho, Everson e Aroldo (Pilarzinho).
ARBITRAGEM: Rafael Vinícius Moura de Oliveira.
ASSISTENTES: Daniel Cotrim de Carvalho (1) e Marco Aurélio dos Santos (2).
LOCAL: Estádio Bortolo Gava, em Curitiba.

ENTREVISTAS DRAP XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX



PROJETO DRAP - Com o seu apoio, a equipe DRAP terá chancela de produzir conteúdos extras e de exclusividade, além de ajudar nos custos os integrantes da equipe, com transporte e entre outros. Conheça a nossa campanha de apoio colaborativo na @catarse - http://catarse.me/drap

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.