PROPAGANDA

[SÉRIE A] Athletico joga melhor, mas empata por 1 a 1 com Chapecoense


Neste domingo (29), Athletico e Chapecoense se enfrentaram na Arena da Baixada pela 22ª rodada da Série A do Brasileirão. O Rubro-negro saiu atrás do marcador, empatou no segundo tempo, mas não conseguiu a virada contra os catarinenses, desperdiçando muitas chances de gols. O destaque foi o camisa 11 Nikão, autor do gol dos donos da casa e responsável por boa parte das ações ofensivas do Athletico.


#SÉRIEA                                      

PRÉ-JOGO: As duas equipes viviam momentos opostos na temporada. O Athletico vinha embalado pela vitória em cima do Fortaleza na última quinta-feira (26) por 4 a 1 e pela conquista do título da Copa do Brasil. Já a Chape era a lanterna da competição, e não vencia uma partida há 42 dias, a última vitória havia sido na 15ª rodada quando bateu o Avaí por 1 a 0. Lembrando que a Chape não jogou no meio de semana, pois teve sua partida adiada em razão do seu adversário ter jogo pela Copa Sul-Americana.  

O EMBATE: A partida começou com o Athletico tendo mais a bola e com um bom volume de jogo. Logo aos 4’ o time da casa desperdiçou a primeira chance, após levantamento da esquerda o meia Léo Cittadini ajeitou para Bruno Guimarães, que bateu dentro da pequena área por cima da meta da Chape. Aos 15’ foi a vez do atacante Marcelo Cirino ter a chance de abrir o marcador e desperdiçar. Nikão fez uma bela jogada pela direita, rolou para o meio da área, o lateral Madson dominou errado e ela sobrou limpa para o camisa 10 do Athletico, que chutou forte, mas o zagueiro da Chape se atirou na bola e salvou em cima da linha.

O Athletico continuou tentando, enquanto isso a Chape se defendia e saía no contra-ataque. Numa dessas saídas a Chape abriu o placar na Arena. Após arrancar pelo lado esquerdo a bola foi cruzada rasteira para a área dos donos da casa e encontrou o camisa 27 Arthur Gomes, que deu um toque na bola e jogou para as redes. Aos 30’ da etapa inicial a Chape fez 1 a 0 no Athletico.

O Rubro-Negro sentiu o gol e foi se reencontrar na partida só nos últimos 5 minutos. Aos 41’ Nikão chegou a balançar as redes, mas em posição irregular. Cirino teve uma ótima chance aos 46’ após bela enfiada de bola por cima do zagueiro Léo Pereira, mas desperdiçou. E no último minuto da etapa inicial o camisa 18 Léo Cittadini recebeu cruzamento da direita, cabeceou forte no canto direito alto e viu o goleiro Tiepo fazer uma bela defesa e garantir a vantagem parcial para os visitantes.


O Athletico voltou para o segundo tempo mais agressivo, pois precisava de gols. E a pressão valeu a pena, já que aos 4’ Nikão acertou um belo voleio na trave do goleiro Tiepo. Três minutos depois, Rony foi quem teve a oportunidade e perdeu, após belo lançamento do volante Wellington. O gol do Athletico acabou saindo aos 13’ com Nikão batendo falta. A bola estava longe do gol, mas o camisa 11 soltou uma bomba e foi feliz, colocando o 1 a 1 no marcador.

Os donos da casa continuaram na pressão, mas a Chape se defendia bem e buscava sempre sair nos contra-ataques. Na parte final da partida, o goleiro Tiepo salvou os catarinenses. Aos 27’ Nikão teve a chance, mas a zaga travou a bola quase em cima da linha do gol alviverde.

Aos 39’ foi a vez do argentino Marco Ruben acertar a trave, após batida de escanteio de Nikão. E já na parte derradeira da partida, Marco Ruben deu um lindo passe de letra, Madson saiu cara a cara com Tiepo que fechou o ângulo para garantir o empate. Na Arena da Baixada, Athletico 1x1 Chapecoense.

       
PRÓXIMA PARTIDA: O Athletico terá pela frente na próxima rodada o Bahia, jogando na Arena Fonte Nova em Salvador. A partida está marcada para sábado (5) às 19h em confronto válido pela 23ª rodada do Brasileirão. Já a Chape volta a campo na quarta-feira (2) às 19h15min em partida adiada da rodada passada, contra o Corinthians na Arena Condá.

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

ATHLETICO: 1 Santos; 23 Madson, 4 Léo Pereira, 33 Lucas Halter e 6 Márcio Azevedo; 5 Wellington (9 Marco Ruben); 18 Léo Cittadini (97 Éverton Felipe) e 39 Bruno Guimarães; 11 Nikão, 7 Rony e 10 Marcelo Cirino. Técnico Tiago Nunes
       
CHAPECOENSE: 98 Tiepo; 2 Eduardo, 33 Rafael Pereira, 23 Douglas e 90 Roberto; 8 Márcio Araujo, 6 Bruno Pacheco, 86 Elicarlos e 88 Camilo (20 Augusto); 28 Dalberto (27 Arthur Gomes) e 77 Everaldo. Técnico Marquinhos Santos

FICHA TÉCNICA – ATHLETICO 1 X 1 CHAPECOENSE XXXXXX

GOLS: Arthur Gomes aos 30’ do 1ºT (Chapecoense); Nikão aos 13’ do 2ºT (Athletico).

CA: Elicarlos (Chapecoense).

ARBITRO: Thiago Duarte Peixoto.
ASSISTENTES: Marcelo Carvalho Van Gasse (1) e Daniel Paulo Ziolli (2).

LOCAL: Estádio Joaquim Américo (Arena da Baixada), em Curitiba.

PÚBLICO/RENDA: Público total de 13.669, para uma renda de R$ 226.265,00.

PROJETO DRAP - Com o seu apoio, a equipe DRAP terá chancela de produzir conteúdos extras e de exclusividade, além de ajudar nos custos os integrantes da equipe, com transporte e entre outros. Conheça a nossa campanha de apoio colaborativo na @catarse - http://catarse.me/drap

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.