PROPAGANDA

[SUBURBANA] Quinta rodada da Divisão Especial pode “desembolar” zona de classificação


Nesse sábado (31) a bola rola para a quinta rodada da Divisão Especial da Suburbana 2019. Até aqui, tirando a dupla de Santa Felicidade, há bastante equilíbrio na pontuação das equipes, tanto que a distância do terceiro para o nono colocado é de apenas três pontos. A expectativa é de que os caminhos dos clubes comecem a serem traçados a partir de agora, visto que vamos chegando à metade da primeira fase.

#SUBURBANA 2019

Com quatro rodadas já realizadas, apenas uma equipe segue invicta: o líder Trieste, com 100% de aproveitamento. Até aqui, foram 70 gols marcados em 24 partidas, média de quase três por peleja (2,92). Os mandantes venceram 11 jogos, quatro empates ocorreram e os visitantes levaram a melhor em nove oportunidades.



Nova Orleans x Capão Raso – Estádio José Drulla Sobrinho
O Alviverde da Zona Oeste chega pressionado para o confronto contra o Capão. Lanterna da Suburbana com apenas dois pontos conquistados, o Orleans conseguiu um empate contra o Vila Sandra na semana passada, mas busca um resultado diferente do último confronto dentro de casa, quando perdeu para o Uberlândia. O Tricolor de Aço também busca a reabilitação, visto que acumula duas derrotas seguidas (contra Iguaçu e Pilarzinho) e quer o triunfo para se reaproximar das primeiras posições. O Capão está em quinto na tabela.

Vila Sandra x Vila Hauer – Estádio Ozório Claudino de Barros
Assim como no sábado anterior, o Vila Sandra joga novamente em seus domínios, mas agora espera obter a primeira vitória como mandante (perdeu na estreia para o Trieste e empatou com o Orleans na quarta rodada). O Alvinegro ocupa o sétimo lugar e terá o desfalque do meia Caique, expulso contra o Alviverde. Já o Vila Hauer vem animado com o triunfo obtido no Donato Gulin frente ao Iguaçu, e busca uma sequência de bons resultados para sair da zona da degola (hoje é o penúltimo colocado). Para isso, o treinador Rossano Santana busca corrigir o setor defensivo da Pantera, o mais vazado até aqui com 11 gols sofridos.

Santa Quitéria x Imperial – Estádio Manoel Gustavo Schier
A casa do Uberlândia irá receber um confronto direto dentro da zona de classificação, o quarto colocado Quitéria recebe o sexto Imperial (ambos separados por um ponto na tabela). O Auriverde aposta no setor ofensivo para obter os três pontos, tendo em vista que marcou 10 gols em quatro jogos (o melhor ataque da Suburbana) e não passou em branco em nenhuma das partidas até aqui. Já o Tricolor do Mossunguê vem embalado por duas vitórias seguidas (contra Hauer e Fanny) e mostrou que não sente o desgaste na etapa final, visto que cinco dos sete gols marcados na competição saíram no segundo tempo.

Vila Fanny x Trieste – Estádio Donato Gulin
Só há uma palavra de ordem para o escrete do Fanny: vencer. Após superar o rival Hauer na estreia, o Alvirrubro perdeu duas e empatou uma, estacionando na oitava posição. Para retomar o caminho dos triunfos é preciso melhorar o desempenho ofensivo, visto que o Vila tem o pior ataque do certame (marcou apenas dois gols na primeira rodada). Mas a parada não será fácil, visto que o adversário é o líder da primeira fase. O Trieste venceu todas as partidas que disputou e conta com o artilheiro do torneio, William Koslowski com quatro gols marcados. A expectativa do Tricolor é manter a boa fase, visto que após esse jogo terá uma sequência de duas partidas no Francisco Muraro.

Operário Pilarzinho x Uberlândia – Estádio Bortolo Gava
Após perder na estreia, o Pilarzinho engrenou e chegou à terceira colocação após vencer o Capão Raso fora de casa na semana passada. O que chama a atenção no Tricolor é a distribuição dos gols da equipe: os seis marcados até aqui foram feitos por atletas diferentes. Já o Uber quer ser novamente um visitante indigesto, visto que a única vitória da equipe foi conquistada fora de casa. Para sair da décima posição e entrar no G8, o time busca acertar a defesa, já que levou 10 gols em quatro partidas.

Iguaçu x Novo Mundo – Estádio Egydio Ricardo Pietrobelli
Vice-líder da primeira fase, o Galo mantém a tradição de ter uma defesa sólida e é a zaga menos vazada da Suburbana. O Alvinegro levou um gol até aqui, mas ele custou caro na derrota para o Hauer fora de casa na semana passada. Para se reabilitar no certame, o time conta com a qualidade de Roney, autor de dois dos quatro gols iguaçuanos na competição. O adversário também quer retomar o caminho das vitórias, visto que o Novo Mundo só ganhou na estreia e acumula duas derrotas seguidas. Por enquanto, o ataque é o calcanhar de Aquiles do Alvirrubro: foram apenas três gols marcados em quatro rodadas.

COBETURA DRAP - A equipe Do Rico ao Pobre estará presente em uma partida da quinta rodada da Divisão Especial da Suburbana no próximo sábado, o jogo entre Nova Orleans x Capão RasoTodas as partidas começam às 15h30.



PROJETO DRAP - Com o seu apoio, a equipe DRAP terá chancela de produzir conteúdos extras e de exclusividade, além de ajudar nos custos os integrantes da equipe, com transporte e entre outros. Conheça a nossa campanha de apoio colaborativo na @catarse - http://catarse.me/drap

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.