PROPAGANDA

Roney, o destaque do confronto entre Iguaçu e Capão Raso


O duelo entre Iguaçu e Capão Raso, que aconteceu no último sábado (17) no Estádio Egydio Ricardo Pietrobelli, proporcionou um confronto interessante entre goleiro e atacante. Equipes que chegaram na terceira rodada sem ter levado nenhum gol. Por isso, o duelo entre o alvinegro de Santa Felicidade e o Tricolor de Aço colocaram em prova o ataque mais positivo e as defesas intactas. Porém, quem levou melhor foi um baixinho e que usa a camisa 11 pelo lado do escrete do Iguaçu. Confira a septuagésima quarta figurinha do álbum DRAP de 2019 e a nona da Divisão Especial da Suburbana desta temporada.


#FIGURINHA
Por @rafaelbuiar

Antes de a bola rolar no Egydio Ricardo Pietrobelli, em Santa Felicidade, as equipes chegaram para o confronto da terceira rodada com moral. A equipe do Iguaçu, que venceu pela segunda vez com placar de 1 a 0, chegou segura. Enquanto que o Capão Raso goleou. Mas o destaque mesmo das duas equipes ficou com o fato de nenhum goleiro ter sofrido gol. Por isso, com essa perspectiva, o duelo já teve premissas que seria equilibrado.

Não deu outra, o confronto teve um início truncado e nervoso por ambas as equipes. Além disso, pouco arremate à meta dos goleiros. O primeiro que surgiu foi da equipe do Capão Raso e fraco, mesmo assim surpreendeu o goleiro Rodrigo. Desde então, o time da casa passou a ter mais volume de jogo, mas demonstrou dificuldade de furar o bloqueio. Foi então que surgiu a primeira oportunidade do Iguaçu e com bola parada. Fato que proporcionou o primeiro encontro entre o goleiro Pantera e o atacante Roney. Melhor para o arqueiro do Capão, que pulou firme no lado direito e afastou o perigo.

Mas no segundo encontro, Roney não titubeou e aproveitou a oportunidade. Nilvano puxou o contra-ataque, ainda no sistema defensivo, e deu uma assistência ao camisa 11. Roney deu dois toques na bola – dominou e chutou, até inaugurar o placar no Egydio Ricardo Pietrobelli, aos 33’ da etapa inicial. Pronto, o gol deixou o galo alvinegro mais leve. Desde então, o time do Iguaçu passou a frequentar mais vezes o campo do Capão. Minutos depois do gol, outro encontro entre Pantera e Roney, mais uma vez com falta. O camisa 1 do Tricolor do Aço, no reflexo, não deixou a bola entrar e manteve o placar de 1 a 0 até o final do primeiro tempo.

A etapa complementar ainda registrou mais um encontro entre Pantera e Roney. Desta vez, o derradeiro. Após troca de passes entre Nilvano e Baroni, o camisa 11 do Iguaçu recebeu na entrada da área, passou pelo marcador e chutou rasteiro, no cantinho de Pantera, que não conseguiu evitar o segundo gol do Iguaçu. Na sequência, Roney participou do lance que gerou a expulsão de um zagueiro do Capão Raso. Portanto, Roney, que marcou dois gols e ajudou a sua equipe a conquistar mais um triunfo no certame, além de manter-se invicta. Sendo assim, a septuagésima quarta figurinha do álbum DRAP de 2019 e a nona da Suburbana desta temporada.

APOIE O PROJETO DRAP - Com o seu apoio, a equipe DRAP terá chancela de produzir conteúdo extra e de exclusividade, além de ajudar nos custos os integrantes da equipe, com transporte e entre outros. Conheça a nossa campanha de apoio colaborativo na @catarse - http://catarse.me/drap

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.