PROPAGANDA

Em situações opostas no estadual, Toledo e Athletico iniciam disputa pelo título


Neste domingo (14), o Toledo recebe o Athletico em duelo válido pelo jogo de ida da decisão do Campeonato Paranaense de 2019. Com a pior defesa do campeonato, a equipe do oeste do estado terá a missão de vencer o furacão, dono da melhor campanha. Confira as principais informações do primeiro confronto da decisão do Campeonato Paranaense de 2019


#PARANAENSE
Allyson Santos

Em momentos opostos no certame, Toledo e Athletico dão início a final do Campeonato Paranaense de 2019 no domingo (14), às 16h, no Estádio Municipal 14 de Dezembro, em Toledo. Para se aproximar da conquista, um resultado positivo é o objetivo das duas equipes no jogo de ida. Em caso de empate nos dois jogos, o título será decidido nos pênaltis.


Com uma campanha irregular ao longo do certame, o Toledo precisa recuperar o bom futebol para surpreender o Athletico diante de seu torcedor. Campeão da Taça Barcímio Sicupira, o Porco não conseguiu alcançar o mesmo desempenho na segunda metade da competição. A equipe do Oeste não venceu nenhuma partida no returno e acumulou 18 gols sofridos em todo o estadual. O único desfalque do Porco para a decisão é o meia Eduardinho, que se recupera de uma lesão muscular. A comissão técnica poderá contar com o meia Marcelinho, o volante Guilherme Rend e o zagueiro João Neto. Os três atletas pertencem ao Athletico, mas conseguiram liberação para atuar na final.

Após levantar a Taça Dirceu Krüger nas penalidades contra o Coritiba, o rubro-negro confia no bom momento da equipe para levar o troféu novamente para a baixada. Durante o 2º turno do certame, o Athletico somou cinco vitórias, um empate e apenas uma derrota. Somando 27 gols, o melhor ataque da competição espera pôr em prática o favoritismo também fora de casa. O técnico Rafael Guanes deve manter a mesma equipe que enfrentou o Coritiba na última quarta-feira, com exceção do zagueiro Paulo André, que deve ser poupado. Robson Bambu é o mais cotado para formar a dupla de zaga com Lucas Halter. Bérgson e Marquinho ainda brigam pela artilharia do certame, ambos têm 6 gols marcados, um a menos que Rodrigão, do Coxa.


O único embate entre as duas equipes em 2019 ocorreu na primeira rodada da Taça Dirceu Krüger, e terminou em goleada do Athletico por 8 a 2.



APOIE O PROJETO DRAP - Com o seu apoio, a equipe DRAP terá chancela de produzir conteúdos extras e de exclusividade, além de ajudar nos custos os integrantes da equipe, com transporte e entre outros. Conheça a nossa campanha de apoio colaborativo na @catarse - http://catarse.me/drap

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.