PROPAGANDA

Coritiba vence de virada Londrina e enfrenta o Athletico na final da Taça Dirceu Kruger


Em um jogo de muita vontade e garra, Coritiba conquista vitória de virada diante o Londrina, no Estádio Couto Pereira, em Curitiba. O duelo foi válido pela fase semifinal da Taça Dirceu Kruger, o segundo turno do Campeonato Paranaense de 2019. O triunfo da equipe alviverde terminou com o placar de 2 a 1, com destaque para os atacantes Rodrigão e Wanderley, que marcaram os gols e ajudaram o Coritiba a garantir a vaga na final do segundo turno do paranaense


#PARANAENSE 2019
Por @Moiteraa

PRÉ-JOGO: Coritiba e Londrina entraram em campo em momento um tanto distintos. O Coxa entrou um pouco pressionado para obter a conquista do título do estadual e em breve iniciar de forma mais tranquila a série B do Campeonato Brasileiro, próxima competição no calendário do clube. Já o Londrina vem de uma importante classificação na Copa do Brasil, pois no meio de semana a equipe empatou com o Botafogo-PB e garantiu a vaga na próxima fase da competição Nacional. Como o confronto da fase semifinal da Taça Dirceu Kruger é duelo único, o triufo leva para a decisão do turno com o Athletico, que garantiu ontem a vaga na final da Taça Dirceu Kruger. 

O EMBATE: O confronto começou com um bom nível técnico e com muita vontade por parte dos dois lados. O Coritiba teve mais oportunidades, mas foi o Londrina que saiu na frente no marcador. O time da casa teve boas chances com Patrick Brey, o destaque pelo lado alviverde no jogo. A primeira ação de Brey aconteceu aos 7’ minutos de jogo, após boa parede de Rodrigão, o jogador bateu desequilibrado e a bola passou tirando tinta da trave do goleiro do Londrina. Em seguida foi o atacante Rodrigão, que bateu e obrigou o goleiro Matheus Albino fazer a defesa.

Entretanto, o Londrina respondeu na sequência. Primeiro aos 15’, com o volante Anderson Leite. Depois aos 21’, com o meia Luquinha. Ataques que deram corpo para o time do interior chegar no gol aos 23’ minutos. A jogada do gol nasceu de um lance polêmico, os jogadores do Coritiba pediram falta, mas o árbitro da partida não marcou e o meia Luquinha armou o contra-ataque. O meia campista serviu o atacante Marcelinho, que cruzou rasteiro na área, Devid dividiu com o goleiro Alex Muralha e no bate-rebate a bola morreu no fundo das redes alviverde, colocando 1 a 0 para o Londrina no placar. Após o gol, o Coritiba precisou criar mais, mas teve grande dificuldade em sair da marcação do Londrina. Ou seja, a equipe do Londrina soube suportar com a forte marcação e o placar da primeira etapa terminou a favor do escrete alviceleste em 1 a 0.


O segundo tempo começou com pressão da equipe alviverde e nos primeiros minutos conseguiu reagir e empatar o embate. O volante Germano do Londrina segurou o Alano dentro da área e o árbitro assinalou penalti. Rodrigão cobrou e deslocou o goleiro Matheus Albino, empatando a partida aos 6' da etapa complementar. 

Após o gol, o jogo caiu de rendimento. Mesmo assim, o Coritiba teve m=mais volume de jogo continuou propondo o jogo, mas esbarrou na defesa do Tubarão e nas próprias limitações. O nervosismo falou mais alto, pois os jogadores pecaram no último passe. Até que aos 39’ da etapa final, o atacante Wanderley balançou a rede do Londrina e desempatou o confronto. O gol teve origem com a jogada de Welington Jr, que saiu do banco e na sobra da jogada ficou livre para o atacante Wanderley desempatar. Tento que deu números finais a partida, Coritiba em 2 a 1 Londrina.

Após o gol, o time do Londrina se lançou ao ataque. Mas parou na defesa do Coritiba, que ainda teve boas oportunidades de contra-ataque. Sendo, principalmente, puxado pelo atacante Welinton Junior. Quase que no apagar das luzes, o meia Luquinha teve a chance do empate aos 48’ minutos. Mas desperdiçou e assim ficou o placar, em Coritiba 2 a 1 Londrina.


PRÓXIMA PARTIDA: Na próxima partida, o Coritiba visitará seu rival para jogar a final da Taça Diceu Kruger. O Atletiba será realizado às 21h30, na Arena da Baixada. Quem vencer jogará no próximo fim de semana a partida de ida contra o Toledo, o campeão do primeiro turno da competição.
                                      
OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

Coritiba FC: 23 Alex Muralha; 2 Sávio (13 Wanderley), 3 Alan Costa, 4 Romércio, 20 Fabiano; 7 João Vitor, 5 Vitor Carvalho, 29 Juan Alano (18 Welinton Junior), 10 Giovanni (28 Luiz Henrique), 15 Patrick Brey; 9 Rodrigão. Tec. Umberto Louzer

Londrina EC: 1 Matheus Albino, 2 Raí Ramos, 3. Augusto, 4 Sílvio, 6 Felipe Vieira; 5 Anderson Leite, 8 Germano, 10 Luquinha; 11 Marcelinho (18 Luidy), 7 Anderson Oliveira, 9 Devid (19 Uelber). Tec. Alemão

FICHA TÉCNICA – CORITIBA 2 X 1 LONDRINA XXXXXXXXXX

GOLS: Devid aos 23' do 1º tempo (Londrina) Rodrigão aos 6’ do 2º tempo e Wanderley aos 39’ do 2º tempo (Coritiba)
CA:  Alex Muralha, Giovanni e Sávio (Coritiba) e Raí Ramos e Luidy (Londrina)
ÁRBITRO: Adriano Milczvski
ASSISTENTES: Jeferson Cleiton Silva e Heitor Alex Eurich
LOCAL: Estádio Couto Pereira, em Curitiba
PÚBLICO/RENDA: 6.580 pessoas, com a renda de R$ 162.334,00

PROJETO DRAP - Com o seu apoio, a equipe DRAP terá chancela de produzir conteúdos extras e de exclusividade, além de ajudar nos custos os integrantes da equipe, com transporte e entre outros. Conheça a nossa campanha de apoio colaborativo na @catarse - http://catarse.me/drap


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.