PROPAGANDA

[ACESSO PR] Apucarana Sports vence o Batel em Guarapuava e engata segunda vitória no certame


No Estádio Waldomiro Gelinski, em Guarapuava, Batel e Apucarana mediram forças pela 2ª rodada da Divisão de Acesso do Campeonato Paranaense de 2019. O embate foi melhor para o time visitante, pois o time do Apucarana Sports venceu pelo placar de 2 a 0 e conseguiu sua segunda vitória atuando fora de casa, confirmando a boa fase no início do certame. Enquanto que o Batel continua sem marcar gols na competição, já que na rodada anterior empatou sem gols diante do Paranavaí.


#ACESSO PR 2019
Por Leon Gomes

PRÉ-JOGO: Após o empate sem gols na partida de estreia contra o Paranavaí na primeira rodada, o Batel jogou em casa pela primeira vez no certame e diante o líder da competição, o Apucarana. Enquanto que o time visitante estreou com uma bela vitória fora de casa, pois goleou a equipe do PSTC por 5 a 1 em Cornélio Procópio.

O EMBATE: O Batel começou pressionando o Apucarana. Atuando em um 4-3-3, o escrete de Guarapuava incomodou o time visitante nos primeiros minutos, principalmente, com as investidas de Lucio, qie atuou na armação da equipe. Além do Eduardo, que jogou pela ponta esquerda. Dentre os lances de perigo a favor do time de Guarapuava, Agostinho teve a primeira chance da partida ao cabecear para fora. Minutos depois, foi a vez do zagueiro e capitão do Batel, Dipão, que cabeceou com muito perigo, mas o desvio na defesa salvou o Apucarana. Como castigo, aos 18 minutos, na primeira finalização do Apucarana no jogo, o volante Rico acertou um belo chute em cobrança de falta, estufando a rede do goleiro Anderson Testa.

Apesar do balde de água fria, o Batel continuou pressionando e por pouco não empatou logo em seguida, após Lucio cobrar falta na cabeça de Dipão, mas a bola bateu no travessão de Pablo. Aos 32, o Apucarana Sports marcou o segundo gol em cobrança de escanteio, mas o árbitro anulou alegando toque de mão de Roberto. Mesmo assim, o ritmo da equipe visitante foi intenso e minutos depois aconteceu outra oportunidade. Desta vez, Luiz Sartóri também teve a chance de ampliar para os visitantes, mas o chute desviou no zagueiro Nasa e aliviou o time da casa.


Na segunda etapa, o técnico Dudu Sales colocou em campo o zagueiro Julemar na vaga de Rocha, alterando o esquema tático do Batel para um 3-4-3. Assim, como na parte inicial do primeiro tempo, o escrete rubro-negro buscou pressionar os visitantes, com Lucio quase igualando o marcador após cobrança de tiro-livre, obrigando Pablo a fazer bela defesa.

Aos poucos, o Apucarana Sports foi controlando a partida, levando perigo nos contra-ataques. Rafael por pouco não marcou em uma cabeçada perigosa, em que Vinicius Testa teve chance claríssima de definir a partida, mas chutou para fora, mesmo ficando cara a cara com Anderson Testa. Lucio e Dipão tiveram as duas últimas chances de empatar a partida para o Batel, mas o camisa 10 errou ao alvo após chutar cruzado sobre a meta e o capitão do escrete guarapuavano cabeceou fraco após receber cruzamento quase na entrada da área, facilitando a vida do goleiro Pablo. Para sacramentar a segunda vitória seguida do Apucarana fora de casa, o árbitro assinalou toque de mão de Dipão dentro da área próximo dos minutos finais. Thiago cobrou e deslocou Anderson Testa na cobrança de pênalti e deu números finais ao jogo em 2 a 0 para o time do Apucarana Sports.

PRÓXIMA PARTIDA: Na próxima rodada, o Batel atua novamente diante de sua torcida, em Guarapuava, contra o União, no próximo domingo (14), às 15h30. Já o Apucarana Sports faz sua primeira partida na competição como mandante diante do Rolândia, no mesmo dia e horário.

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

BATEL: 12-Anderson Testa; 2-Buriche, 3-Dipão ©, 4-Nasa, 6-Emanuel (15-Rafael Simi); 5-Anderson (14-Sávio), 8-Jeffinho, 10-Lucio; 11-Rocha (13-Julemar), 7-Eduardo, 9-Agostinho. Tec. Dudu Sales

APUCARANA: 1-Pablo; 2-Romário, 3-Douglas, 4-Alemão, 5-Wélton; 7-Rafael, 8-Rico, 10-Thiago; 20-Luiz Sartóri (17-Vinicius Testa), 11-Diego Paulista (14-Renan), 9-Roberto (21-Adailton). Tec. Indio Ferreira

FICHA TÉCNICA: BATEL 0 X 2 APUCARANA

GOLS: Rico (18’’ 1ºT) e Thiago (49’’ 2ºT) [APUCARANA]
CA: Emanuel e Eduardo [BATEL]; Romário e Wélton [APUCARANA]
ÁRBITRO: Amauri Carvalho Pahins (Francisco Beltrão)
ASSISTENTES: Zacarias Chumlhak (Guarapuava) e Leandro Polli Glugoski (Ponta Grossa)
LOCAL: Estádio Waldomiro Gelinski, em Guarapuava
PÚBLICO E RENDA: 611 torcedores (R$9.520,00)

ENTREVISTAS DRAP XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX


PROJETO DRAP - Com seu apoio, a equipe DRAP terá a chancela de produzir conteúdos extras e de exclusividade, além de ajudar nos custos os integrantes da equipe, com transporte entre outros. Conheça nossa campanha de apoio colaborativo na @catarse – http://catarse.me/drap


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.