PROPAGANDA

Londrina goleia Athletico e garante vaga nas semifinais da Taça Dirceu Kruger


O Londrina derrotou o Athletico por 4 a 1 na tarde deste domingo (31), no Estádio do Café. O duelo foi válido pela quinta rodada da Taça Dirceu Krüger, o segundo turno do Campeonato Paranaense de 2019. O Tubarão abriu o placar logo no início do confronto com Luquinha. Germano, Marcelinho e Luidy completaram a goleada e Erick descontou para o Furacão. Resultado sacramentou a classificação do Londrina às semifinais. O Athletico já estava classificado e continua na briga pela taça do returno.


#PARANAENSE 2019
Por @danielmunizs

PRÉ-JOGO: Com seis jogos seguidos sem derrotas, contando o estadual e a Copa do Brasil, o Tubarão precisava de uma vitória contra o Athletico, dependendo apenas de si para se classificar às semifinais. A principal mudança no time titular foi o corte do goleiro Alan, foi titular em 12 das 13 partidas disputadas pelo Londrina no ano, por opção técnica. Matheus Albino assumiu a meta alviceleste. No ataque, Devid, substituiu Uelber. O Athletico viajou ao norte do estado garantido nas semifinais com a melhor campanha do segundo turno do Paranaense. Por isso, o técnico Rafael Guanaes poupou alguns dos destaques do time dos aspirantes do Furacão, que tinha 100% de aproveitamento na Taça Dirceu Krüger.

O EMBATE: O Athletico iniciou a partida sendo o time mais propositivo, procurando criar jogadas pelo meio, contando com a movimentação de Matheus Anjos, que flutuava das pontas para o meio de campo. Entretanto, o Londrina abriu o placar aos quatro minutos e jogou um balde de água fria nos planos do rubro-negro. Luquinha aproveitou a falha dos meio-campistas adversários e carregou a bola até a entrada da área. Da meia-lua, o camisa 10 ajeitou e bateu de chapa no canto direito. A bola bateu na trave e entrou no gol.

Com a vantagem no placar, o Tubarão teve a tranquilidade para jogar com mais cautela, pressionando a dupla de volantes do Furacão e aproveitando os erros para contra-atacar. Aos 13 minutos o Londrina fez o segundo gol. Luquinha lançou para Anderson Oliveira, que entrou na área, driblou o goleiro Gabriel e foi derrubado por Bruno Rodrigues. O árbitro não teve dúvidas e assinalou a penalidade máxima. Na cobrança, Germano cobrou no meio e marcou seu quarto gol em 2019.

A equipe visitante passou a ter dificuldades em acertar os passes, especialmente no campo ofensivo, já que os defensores londrinenses adiantavam a marcação e anulavam o ataque rubro-negro. Aos 21, Anderson Oliveira arrancou pela esquerda, limpou a marcação e tocou para o meio. Anderson Leite fez o corta-luz e a bola sobrou para Luquinha que, da entrada da área, chutou para fora. No minuto seguinte, Marcelinho recebeu na direita, driblou o marcador e chutou forte de perna direita, mas Gabriel conseguiu espalmar. Aos 29, Felipe Vieira avançou até a linha de fundo e cruzou rasteiro. Marcelinho, na segunda trave, empurrou pro gol e fez o terceiro do Londrina.


Na volta do intervalo, o Athletico se mostrou mais concentrado na partida e passou a errar menos passes. A aposta ainda era nas jogadas coordenadas por Matheus Anjos, que tabelava com Poveda e distribuía a bola para os pontas. Já no começo da etapa complementar, o Furacão fez o goleiro Matheus Albino trabalhar em três oportunidades. Logo aos dois minutos, Jáderson finalizou rasteiro de fora da área e Matheus Albino fez a defesa. Aos 4, Matheus Anjos lançou para Poveda, que passou pela defesa e, de dentro da área, finalizou em cima do arqueiro alviceleste. No minuto seguinte, Poveda, mais uma vez, recebeu a bola na área e tentou uma finalização cruzada. A bola foi forte em direção ao gol, mas Matheus Albino espalmou pra fora.

Aos 13, veio o gol do Furacão. Matheus Anjos avançou pelo meio e tocou para Erick, que entrava na área adversária. O volante chutou cruzado e rasteiro no canto esquerdo para balançar as redes. O Athletico ainda teve outra boa oportunidade de diminuir o placar com Christian. O volante recebeu um lançamento quase na entrada da área, dominou no peito e finalizou de voleio nas mãos do goleiro rival. Na tentativa de recuperar a eficiência nos contragolpes, Alemão trocou Marcelinho por Luidy. O camisa 21 entrou e deu trabalho para a defesa adversária. Aos 33, o ponta fez jogada pela direita e cruzou rasteiro para a pequena área. Devid, na primeira trave, finalizou, mas a bola subiu e bateu no travessão.


E no minuto 42 veio o último gol alviceleste. Luidy tabelou com Devid e entrou na área do Furacão. O ponta bateu de trivela no canto esquerdo e sacramentou a goleada do Tubarão.

PRÓXIMA PARTIDA: Na terça (2), às 21h30, o Athletico recebe o Boca Juniors na Arena da Baixada pela Taça Libertadores. O Londrina tem duelo marcado contra o Botafogo-PB para esta quarta (3), às 20h30, em partida válida pela terceira fase da Copa do Brasil.

Pelas semifinais da Taça Dirceu Krüger, o Athletico recebe o Rio Branco na Arena da Baixada no sábado (6), às 16 horas. O Londrina viaja até a capital para enfrentar o Coritiba no domingo (7), às 16 horas.

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

LONDRINA: 1. Matheus Albino; 2. Raí Ramos, 3. Augusto, 4. Silvio, 6. Felipe Vieira; 5. Anderson Leite (18. Romulo), 8. Germano, 10. Luquinha (13. Marcondes); 7. Anderson Oliveira, 11. Marcelinho (21. Luidy), 9. Devid. Tec.  Alemão

ATHLETICO: 1. Gabriel; 2. Zé Ivaldo, 3. Lucas Halter, 4. Eder; 7. Bruno Rodrigues, 5. Christian, 8. Erick, 6. Abner (18. Luiz Fernando); 11. Jáderson (14. Khellven), 10. Matheus Anjos, 9. Poveda (19. Bergson). Tec. Rafael Guanaes

FICHA TÉCNICA – LONDRINA 4 X 1 ATHLETICO XXXXXXXXXX

GOLS: Luquinha, aos 4 minutos do 1º tempo, Germano, aos 14, Marcelinho, aos 29, e Luidy, aos 42 minutos do 2º tempo (Londrina) Erick, aos 13 minutos do 2º tempo (Athletico)
CA:  Luquinha e Marcelinho (Londrina) Abner (Athletico)
ÁRBITRO: Paulo Roberto Alves Junior
ASSISTENTES: Victor Hugo Imazu dos Santos e Denise Akemi Simoes de Oliveira
LOCAL: Estádio do Café, em Londrina
PÚBLICO/RENDA: 1756 pessoas para uma renda de R$ 46.583,00

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.