PROPAGANDA

Em jogo de poucas oportunidades, Londrina vence Foz do Iguaçu pelo placar mínimo


O Londrina derrotou o Foz do Iguaçu por 1 a 0 neste domingo (17), no Estádio do Café. A partida foi válida pela segunda rodada da Taça Dirceu Krüger, o segundo turno do Campeonato Paranaense 2019. O Tubarão fez o gol solitário logo no primeiro minuto de jogo com Anderson Leite. Coube a equipe alviceleste administrar a partida e conquistar a primeira vitória no turno. O Azulão da Fronteira continua na lanterna da classificação geral.

#PARANAENSE 2019
Por @danielmunizs

PRÉ-JOGO: Após duelo pela Copa do Brasil no meio da semana, o Londrina voltou a pensar no Paranaense. O Tubarão entrou em campo precisando da vitória para não se distanciar dos líderes do Grupo A. Sem desfalques, Alemão fez duas mudanças no time titular: Anderson Leite e Luquinha substituíram Romulo e Marcinho. O Foz do Iguaçu chegou à segunda rodada da Taça Dirceu Krüger em busca do segundo triunfo no campeonato e, consequentemente, sair da lanterna na classificação geral. Negreiros, treinador do Azulão, fez uma alteração na equipe que venceu o Maringá na rodada de estreia do segundo turno, Hadryan assumiu a posição de Marquinhos.

O EMBATE: O Londrina não deu folga para o Foz do Iguaçu e começou a partida pressionando o adversário em seu campo de defesa. E a pressão deu resultado. Logo no 1º minuto de jogo, Felipe Vieira cruzou da ponta esquerda para o meio da área. A bola viajou até Anderson Leite que veio de trás e cabeceou no canto direito. A bola ainda bateu no travessão antes de balançar as redes. Com a vantagem no placar, o Tubarão diminuiu o ritmo e o Foz conseguiu encaixar a marcação, segurando o ímpeto ofensivo do adversário. Apesar da melhora, o Azulão teve dificuldades em fazer a transição da defesa ao ataque, já que a dupla de volantes, Vinícius e Éder, foram marcados de perto pelos jogadores alvicelestes.

Aos 18 minutos, Juninho, camisa 10 do Foz, ficou com a sobra de um cruzamento e chegou batendo de fora da área. A bola foi forte em direção ao gol, mas Alan conseguiu fazer a defesa. O Londrina teve o domínio da posse de bola, mas não conseguiu concluir as jogadas, parando na marcação adversária que anulou a principal arma ofensiva alviceleste, o ponta esquerda Anderson Oliveira. No minuto 34, Anderson Leite fez uma jogada pelo meio e tocou entre os zagueiros para Luquinha, que entrou na área e bateu colocado na rede pelo lado de fora. Quatro minutos depois, foi a vez do time da fronteira. Hadryan cobrou escanteio na segunda trave, a bola ficou com Luis Matheus, que chutou do meio da área e Alan defendeu. Já nos acréscimos, aos 46, Luquinha avançou pelo meio e lançou para Uelber, que dominou e finalizou de esquerda. Felipe Alisson, arqueiro do Foz, conseguiu defender com a ponta dos dedos.


Na volta do intervalo, o Londrina assumiu uma postura ainda mais cautelosa. A equipe comandada por Alemão deixou o Foz ter a posse de bola e passou a apostar em contragolpes pontuais para tentar liquidar o jogo. O Azulão da Fronteira girou a bola em busca de espaços, mas teve dificuldades em furar as duas linha defensivas do escrete alviceleste. Aos 21 minutos da segunda etapa, Yannick recebeu passe de Mateus Guerreiro na meia-lua e tentou um chute rasteiro, que foi direto nas mãos de Alan no meio do gol. Aos 27, Anderson Oliveira lançou para Luidy, que dominou e finalizou de fora da área de perna canhota, mas Felipe Alisson se esticou e fez a defesa.

A chuva começou a cair no Estádio do Café e a qualidade do jogo piorou. As duas equipes encontravam muitas dificuldades em criar chances de perigo. O Tubarão se mostrou satisfeito com o resultado e o Foz frustrado por não conseguir passar pela defesa adversária. A equipe visitante ainda teve que terminar o duelo com dois jogadores a menos. Hadryan fez falta em Luidy aos 36 e recebeu o segundo amarelo. Aos 48, quando Felipe Alisson foi ao ataque para tentar a sorte em um lance de bola parada e Uelber contra-atacou em direção ao gol vazio, Léo Campos teve que impedir o ataque na falta e levou o cartão vermelho.


PRÓXIMA PARTIDA: Na terceira rodada da Taça Dirceu Krüger, o Londrina vai ao Estádio Regional Willie Davids enfrentar o rival Maringá FC. O Foz retorna à fronteira e recebe o Toledo no Estádio do ABC. Ambos os duelos estão marcados para esta quarta (20), às 20h.

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

LONDRINA: 1. Alan; 2. Raí Ramos, 3. Augusto, 4. Silvio, 6. Felipe; 5. Anderson Leite (15. Romulo), 8. Germano, 10. Luquinha (17. Matheus Bianqui); 7. Anderson Oliveira, 11. Marcelinho (21. Luidy), 9. Uelber. Tec.  Alemão

FOZ DO IGUAÇU: 1. Felipe Alisson; 2. Léo Campos, 3. Leandro Silva, 4. Luis Matheus (13. Thomas), 6. Hadryan; 5. Éder (16. Yannick), 7. Vinícius, 8. Bruno Nascimento; 11. João Guilherme (17. Diego Santa), 10. Juninho, 9. Mateus Guerreiro. Tec. Negreiros

FICHA TÉCNICA – LONDRINA 1 X 0 FOZ DO IGUAÇU XXXXXXXX

GOLS: Anderson Leite no 1º minuto do 1º tempo (Londrina)
CA:  Matheus Bianqui (Londrina) e Juninho e Hadryan, duas vezes (Foz do Iguaçu)
CA:  Hadryan e Léo Campos (Foz do Iguaçu)
ÁRBITRO: Ivan Correa Laureano
ASSISTENTES: Felipe Gustavo Schmidt e João Vagner Cavalari
LOCAL: Estádio do Café, em Londrina
PÚBLICO/RENDA: 499 pessoas para uma renda de R$ 14.262,00
drap

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.