PROPAGANDA

No primeiro teste do time principal diante a torcida, Athletico vence General Díaz


Na noite desta quarta-feira (13), o time principal do Athletico venceu o General Díaz do Paraguai em partida amistosa na Arena da Baixada, pelo placar de 2 a 1. O técnico Tiago Nunes promoveu a entrada, além dos jogadores já conhecidos, de atletas recém-contratados e da base. Os gols foram marcados por Marco Rubén e Nikão para o Furacão e Mongues para os paraguaios.


#AMISTOSO
Por Lucas Ravel

PRÉ-JOGO: A equipe principal do Athletico vem disputando alguns amistosos visando a estreia na Libertadores diante o Tolima. O mais recente foi contra o Guarani e venceu por 2 a 1, em Campinas. O adversário da vez foi o General Díaz. A equipe é 9ª colocada no Campeonato Paraguaio, que está na 5ª rodada e conta com 12 clubes. No último jogo, foi goleado pelo Libertad por 4 a 0.

O EMBATE: O Athletico logo abriu o marcador aos 19 minutos, com gol de recém-contratado. Bruno Guimarães cruzou na medida para Marco Rubén desviar de cabeça e fazer 1 a 0. O meio-campo com Bruno Guimarães e Léo Cittadini foi bem movimentado. Com 28 minutos, Bruno fez lançamento da linha central para Rony, que dominou na grande área e bateu, mas Cabral defendeu em dois tempos. A última chance do primeiro tempo foi novamente com Rony. Desta vez, aos 40 minutos, o ponta apareceu na direita, cortou para o meio e bateu no alto, mas a bola passou “tirando tinta” da trave.


O segundo tempo foi um pouco mais parado, devido as várias substituições. O Furacão ampliou o placar com um dos jogadores que entraram. Nikão cobrou falta da entrada da área com força no canto do goleiro e fez 2 a 0. O técnico Tiago Nunes promoveu entradas de jogadores da base, que tiveram a oportunidade de mostrar seu futebol na Arena, como é o caso de Jaderson e Khellven.

A equipe paraguaia conseguiu diminuir aos 33 minutos do segundo tempo. Enzo Gimenez cruzou, em falta cobrada na esquerda, na segunda trave para Rubén Mongues, que apenas escorou de cabeça para fazer o primeiro do General Díaz. Até o seu final, a partida seguiu tranquila para os rubro-negros, que controlaram e não sofreram ameaços da equipe paraguaia.


PRÓXIMA PARTIDA: O próximo jogo do time principal do Athletico é contra o Guaraní, também do Paraguai, no próximo dia 20, na Arena da Baixada. Já os paraguaios retornam à atenção para o campeonato nacional, onde enfrentam o Deportivo Capiatá.

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

ATHLETICO: 1- Santos (25- Caio), 23- Madson (21- Khellven), 4- Thiago Heleno (13- Paulo André), 22- Léo Pereira (27- Zé Ivaldo) e 6- Márcio Azevedo (12- Renan Lodi); 5- Wellington (15- Camacho), 16- Bruno Guimarães (16- Erick), 10- Marcelo Cirino (11- Nikão), 18- Léo Cittadini (8- Tomás Andrade) e 7- Rony (29- Poveda); 9- Marco Rubén (28- Jaderson); Técnico: Tiago Nunes

GENERAL DÍAZ: 25- Osvaldo Cabral, 22- Tomás Bartomeus (21- Luis Giménez), 5- Alex Garcette (2- Rubén Monges) e 23- David Mendoza; 4- Wilson Ibarrola, 16- Enzo Gimenez, 6- Aldo Maíz (24- Fredy Bareiro), 20- Rubén Ríos, 18- Diego Vera (28- David Valenzuela), 17- Sérgio Barero (9- Victor Ferreira) e 30- Ever Ramirez (14- Cristian Gaitan); Técnico: Luis Escobar

FICHA TÉCNICA – ATHLETICO 2 X 1 GENERAL DIAZ XXXXXXXX

GOLS: Marco Rubén (19’ do 1º T) |Athletico| Rubén Monges (33’ do 2º T) |General Diaz|
CARTÕES AMARELOS: Léo Cittadini (Athletico)
ÁRBITRO: Lucas Paulo Torezin
ASSISTENTES: André Luiz Severo e Heitor Alex Eurich
LOCAL: Arena da Baixada, Curitiba
drap

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.