PROPAGANDA

Coritiba vence o clássico diante o Athletico e assume a ponta do grupo B


Na noite desta quarta-feira (30), o Coritiba venceu o Athletico por 2 a 1 no clássico disputado na Arena da Baixada, em Curitiba. O duelo foi válido pela 4ª rodada do Campeonato Paranaense de 2019. O Coritiba fez 2 a 0 no primeiro tempo, com Igor Jesus e Iago Dias, mas após expulsão de João Vítor, o time alviverde se recuou e sofreu gol de Bergson, de pênalti. Com o resultado, O Coxa é líder do grupo B, enquanto que o Athletico caiu para 4º.


#PARANAENSE 2019                                       
Por Lucas Ravel

PRÉ-JOGO: Pelo lado rubro-negro, Rafael Guanaes repetiu a escalação que venceu o Rio Branco, na última rodada. Robson Bambu, que era dúvida, entrou como titular. Pelo lado alviverde, mudanças em todos os setores. Na defesa, saiu Alex Alves e entrou Sabino. No meio, saiu Matheus Bueno e entrou Kady. Já no ataque, entrou Igor Jesus e sai Nathan. Na rodada anterior, o time do Athletico venceu o time do Rio Branco no placar de 2 a 0, na Estradinha. Enquanto que o Coritiba empatou com o Toledo em casa no placar de 0 a 0.

O EMBATE: O Coritiba abriu o placar na primeira oportunidade que teve. Sávio cobrou escanteio, aos 17 minutos, e Igor Jesus apareceu na área, livre de marcação, para cabecear e fazer 1 a 0. Cinco minutos depois, Iago Dias ampliou o marcador para o alviverde. O atacante apareceu na esquerda, cortou para o meio, bateu firme no canto de Léo e fez 2 a 0. O Coritiba controlou o duelo, mas João Vítor cometeu falta dura e desnecessária no meio-campo, o que levou à expulsão do jogador alviverde. Com isso, o Athletico teve mais espaços e melhorou em campo, obrigando Wilson a salvar o Coxa aos 38 minutos. Após cruzamento de Matheus Anjos, Erick desviou, dentro da pequena área, e obrigou o goleiro a defender com o pé.

O segundo tempo só foi ficar movimentado aos 22 minutos. Iago Dias tocou com a mão na bola e o árbitro assinalou pênalti. Na cobrança, Bergson finalizou no canto esquerdo de Wilson e diminuiu. No lance seguinte, oportunidade clara para o Coxa: Kady limpou a marcação e bateu colocado, mas Bambu conseguiu desviar bola que ia em direção ao gol.


O gol animou a equipe rubro-negra, que passou a controlar a segunda metade da etapa complementar, porém ofereceu espaços na defesa. O nervosismo na jovem equipe do Furacão também atrapalhou na busca pelo empate.

O ponta Anderson Plata chegou se destacando e foi o jogador mais acionado durante a partida. Ele cruzou na medida para Bill, que havia acabado de entrar, mas cabeceou ao lado do gol. A equipe rubro-negra foi para o tudo ou nada, mas a experiência de Wilson impediu o empate e fez com que sua equipe saísse da Arena com a vitória. 


PRÓXIMA PARTIDA: O Athletico terá outro clássico na sequência do campeonato. Enfrentará o Paraná Clube, no próximo domingo (3), às 17h, na Vila Capanema. Já o Coxa jogará um dia antes (2), contra o Londrina, no Couto Pereira, às 20h.

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

ATHLETICO: 1- Léo, 2- Reginaldo (18- Bruno Rodrigues), 3- Robson Bambu, 4- Eder (20- Bill) e 6- Nicolas; 5- Erick, 10- Marquinho (19- Bruno Leite), 11- João Pedro, 8- Matheus Anjos e 7- Anderson Plata; 9- Bergson; Técnico: Rafael Guanaes

CORITIBA: 1- Wilson, 2- Sávio (21- Geovane), 3- Alan Costa, 6- Sabino e 20- Fabiano; 5- Vítor Carvalho, 7- João Vítor, 10- Giovanni (8- Matheus Bueno) e 27- Kady; 16- Iago Dias e 19- Igor Jesus (11- Nathan); Técnico: Argel Fucks

FICHA TÉCNICA – ATHLETICO 1 X 2 CORITIBA XXXXXXXXXXXX

GOLS: Igor Jesus (18’ do 1ºT), Iago Dias (22’ do 1º T) |Coritiba| Bergson (22’ do 2ºT) |Athletico|
CARTÕES AMARELOS: Iago Dias, Igor Jesus (Coritiba) Eder, Anderson Plata (Athletico)
CARTÃO VERMELHO: João Vitor (Coritiba)
ÁRBITRO: Leonardo Sígari Zanon
ASSISTENTES: Felipe Gustavo Schmidt e Heitor Alex Eurich
PÚBLICO TOTAL: 9.616 pessoas | RENDA: R$ 227.850,00
LOCAL: Arena da Baixada, Curitiba
drap

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.