PROPAGANDA

Com muitas chances perdidas, Cianorte e Operário empatam em 0 a 0

Diego Menegon/Cianorte FC
Cianorte e Operário Ferroviário se enfrentaram na noite desta quarta-feira (23) em partida válida pela 2a rodada do Campeonato Paranaense 2019. O confronto realizado no Estádio Albino Turbay terminou empatada em 0 a 0. Com o resultado, os donos da casa chegam ao segundo empate seguido e ocupam a terceira posição do grupo B, dividido com o FC Cascavel. O Fantasma é o vice-líder do grupo A.


#PARANAENSE 2019
Por Allyson Santos

PRÉ-JOGO: O Leão do Vale entrou em campo em busca da primeira vitória no certame após o empate em 0 a 0 contra o Londrina. O técnico Christian de Souza fez mistério sobre a escalação do Cianorte durante a semana. Os donos da casa tiveram o retorno do meia Thiago Santos, que cumpriu suspensão. O atacante Raphael Alemão foi regularizado e também pode entrar em campo neste jogo. Líder do grupo A, o Operário Ferroviário chegou ao norte do Paraná com três desfalques, entre eles o lateral-direito Danilo Báia, que se recupera de uma lesão na coxa; o meia Cleyton ainda realiza tratamento no joelho direito e o recém-contratado Sandro, que reforça a parte física. O Fantasma vem de vitória por 1 a 0 contra o Paraná Clube, fora de casa.

O EMBATE: Os primeiros minutos da partida foram de muito estudo entre as duas equipes, que exploravam as laterais do gramado. A primeira boa oportunidade do jogo veio aos 10’ em finalização de Montoya. O zagueiro do Cianorte venceu a marcação após cruzamento vindo da direita e mandou a bola no travessão da meta operariana. O escrete da casa marcava forte na meia cancha e dificultava a criação dos volantes do Fantasma. A resposta dos visitantes veio em cobrança de escanteio. O camisa 11 Jean Carlo bateu fechado na pequena área, após falha de Sílvio a bola passa por todo mundo e assusta a torcedor do Cianorte. O Leão do Vale chegava com perigo através de bolas alçadas e chutes de longa distância. Aos 34’ decorridos, Frontini dominou dentro da área, girou sobre a marcação e obrigou Simão a fazer grande defesa.

A primeira etapa foi de amplo domínio dos donos da casa, que pressionam o Operário em busca do gol. As fortes investidas pelas pontas não deixam os laterais do alvinegro apoiar a equipe no campo ofensivo. Aos 44’ jogados, foi a vez de Maurício cabecear contra a meta do arqueiro Simão. O zagueiro do Leão do Vale subiu mais alto que a marcação e desviou a bola para mais uma bela defesa do goleiro operariano, no reflexo.

Diego Menegon/Cianorte FC
O Fantasma retornou melhor e mais ofensivo após a conversa nos vestiários. Após boa jogada pela direita, Léo chutou forte e exigiu boa defesa do goleiro Sílvio aos dois minutos. Com uma postura mais firme e versátil, o elenco operariano conseguia pressionar o Cianorte. Aos 16’ decorridos, Lucas Batatinha arriscou chute da entrada da área e Sílvio pratica mais uma defesa. O Operário Ferroviário passou a povoar mais a faixa central do campo após a entrada do volante Jardel, obrigando o Cianorte a alterar seu esquema tático com três zagueiros, dando mais liberdade para Vandinho e Paulinho. Os visitantes levaram perigo mais uma vez após levantamento na área. Bruno batata desviou na pequena área e o goleiro do Leão do Vale evita o primeiro gol da partida.

Nos últimos minutos o Cianorte se lançou ao ataque em busca do resultado positivo em casa, mas esbarrou na forte marcação do Fantasma. Chicão ainda foi expulso nos últimos minutos após confusão na área operariana. No último minuto, Simão ainda protagonizou mais uma bela defesa no contra-ataque da equipe mandante para garantir o 0 a 0 no placar.

Diego Menegon/Cianorte FC
PRÓXIMO JOGO: O Cianorte agora viaja para o oeste do estado enfrentar o Foz, no próximo domingo (27), às 17h. Já o Operário recebe o Cascavel CR, em Ponta Grossa, também no domingo, às 17h.

OS ESCRETES xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Operário: 12-Simão; 2-Léo; 3-Alisson; 4-Sosa; 5-Chicão; 6- Peixoto; 7-Lucas Batatinha (17-Rafinha); 8-Índio; 9-Bruno Batata; 10-Robinho (14-Allan Vieira); 11-Jean Carlo (15-Jardel). Tec: Gérson Gusmão

Cianorte: 1-Sílvio; 2-Dartora; 3-Montoya; 4-Maurício; 5-Breno; 6-Formiga; 7-Jovany; 8-Carrilho; 9-Frontini (20-Xavier); 10-Fernandinho (19-Vandinho); 11-Paulinho (17-Raphael Alemão). Tec: Christian de Souza

FICHA TÉCNICA – OPERÁRIO X CIANORTE xxxxxxxxxxx

CA: Índio (OFEC) Paulinho (CIA)
CV: Chicão
Árbitro: João Paulo Romano Queiroz.
Assistentes: Pietro de Souza Bettin (1) e Denise Akemi Simões de Oliveira (2)
Público: 1071 | Renda: 20565 reais
Local: Estádio Albino Turbay, em Cianorte.
drap

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.