PROPAGANDA

Com gol de Tocantins, FC Cascavel quebra invencibilidade do Operário no Germano Krüger


O Operário Ferroviário enfrentou a equipe FC Cascavel na noite desta quarta-feira (30), em duelo válido pela 4a rodada da Taça Barcímio Sicupira, o primeiro turno do Campeonato Paranaense 2019. A partida foi realizada no Estádio Germano Krüger e terminou com vitória do FC Cascavel por 1 a 0. Com o resultado, a serpente segue na cola do Coritiba na luta pela liderança do grupo B. Já o Fantasma ainda sustenta as primeiras colocações na tábua de classificação da chave A, com 7 pontos.

#PARANAENSE2019
Por @allyson_mcs

PRÉ-JOGO: Após vencer o Cascavel CR por 2 a 0 na última rodada, o Operário entrou em campo com o objetivo de se aproximar da vaga nas semifinais da Taça Barcímio Sicupira. A equipe de Vila Oficinas já liderava o Grupo A com sete pontos conquistados em três partidas. O volante Chicão retornou à equipe titular após cumprir suspensão na última partida. Entre os desfalques do alvinegro estava o meia Cleyton, que seguia realizando tratamento no joelho. Gérson Gusmão optou por Dione na vaga de Jean Carlo pelo meio e confirmou o retorno de Peixoto na lateral-esquerda.

O FC Cascavel ocupava a vice-liderança do grupo B e vinha de um triunfo importante contra o Londrinha, por 3 a 1. Ainda invicto na competição, a serpente aposta no centroavante Ricardo Lobo, artilheiro da equipe no estadual, para surpreender os donos da casa. Paulo Foiani também promoveu algumas mudanças em relação à última partida. João Carlos assumiu a titularidade pela lateral-direita, Tocantins entrou na vaga de Bahia no setor de meio-campo e Matheuzinho atuou pelo lado esquerdo de ataque.

O EMBATE: Com a maior posse de bola nos primeiros minutos, o Operário buscava cadenciar a partida, mas a primeira jogada mais aguda veio da equipe visitante. Após receber cruzamento pela direita, Ricardo Lobo venceu a zaga alvinegra pelo alto e desviou de cabeça. A finalização passou, sem muito perigo, à direita de Simão. Logo depois, aos 5’ jogados, foi a vez do Fantasma se lançar ao ataque. O Centroavante Schumacher recebeu na entrada da área e, de costas para a marcação, deu belo passe de calcanhar para Lucas Batatinha ficar cara a cara com o goleiro Fernando. O atacante alvinegro tocou de chapa e viu Willian Simões se recuperar na jogada para evitar o gol do Operário em cima da linha.

A partir dos 10’ decorridos, o Operário não deu mais brechas para a equipe cascavelense, que procurava ataques pelas laterais do campo acionando Matheuzinho e Tocantins. Os donos da casa continuaram dando trabalho para a defesa do Cascavel. Dione cobrou falta de muito longe e obrigou Fernando a praticar boa defesa no canto direito. O escrete de Vila Oficinas dominou as ações ofensivas na primeira etapa. Aos 34’ a bola caiu nos pés de Robinho, que arriscou voleio da entrada da área, acertando a rede pelo lado de fora. Ainda no primeiro tempo, a serpente desceu em contra-ataque com Tocantins. O Camisa 7 do FCC recebeu na intermediária, carregou para cima da zaga operariana, fez a finta em Sosa e estufou o canto direito de Simão. Mesmo com poucas chances de gol, a equipe visitante aproveitou a falha na marcação do Fantasma para abrir o placar no último minuto da primeira etapa.

Mais compacto, o FC Cascavel freou o ímpeto operariano no início do 2° tempo. Com dificuldades para infiltrar na última linha visitante, o Fantasma apostava na movimentação de seus meias e triangulações pelas laterais do campo. Aos 15’ jogados, Matheuzinho empurrou para as redes na pequena área após jogada pela direita. O árbitro marcou impedimento. Logo na sequência Tocantins recebeu lançamento em velocidade pela esquerda e finalizou cruzado para grande defesa de Simão.

O Fantasma voltou a levar perigo com Jean Carlo, aos 21’. Em cobrança de falta, o meia alvinegro bateu rasteiro e Fernando fez grande defesa no canto direito. Nos últimos minutos o Operário tentava levar perigo através de levantamentos da grande área do FCC, sem sucesso. O Fantasma perde a primeira partida no Paranaense 2019, porém continua no topo da tábua de classificação da chave A. Já o FC Cascavel segue na cola do Coritiba em busca da Liderança do grupo B.

PRÓXIMO JOGO: O Operário agora viaja para o litoral do estado, onde medirá forças contra o Rio Branco no próximo domingo (03). A equipe do FC Cascavel enfrentará o Foz do Iguaçu, em casa, neste sábado (02). Ambos os duelos são válidos pela 5a rodada da Taça Bermício Sucupira.


OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXX

OPERÁRIO: 1-Simão; 2-Léo (16-Jardel), 3-Alisson, 4-Sosa, 6-Peixoto; 5-Chicão, 8-Índio; 7-Lucas Batatinha (22-Quirino), 10-Robinho (21-Jean Carlo), 11-Dione; 9-Schumacher. Tec: Gérson Gusmão.

FC CASCAVEL: 1-Fernando; 13-João Carlos, 3-Ítallo, 4-Hitalo Rogério, 6-Willian Simões; 5-Duda, 8-Bartholo (15-Bidia); 7-Tocantins (23-Welton), 10-Oberdan, 11-Matheuzinho; 9-Ricardo Lobo (17-Libano). Tec: Paulo Foiani

FICHA TÉCNICA – OPERÁRIO 0 X 1 FC CASCAVEL XXXXXXXXX

GOLS: Tocantins (FCC)
CA: Fernando, Ítallo (FCC) Lucas Batatinha (OFEC)
ÁRBITRO: Murilo Ugolini Klein
ASSISTENTES: Zacarias Chumlhak (1) e Luiz Henrique Campanhoni Amadori
PÚBLICO TOTAL: 3584
RENDA: 75920
LOCAL: Estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa.
drap

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.