PROPAGANDA

Vila Sandra sai na frente do Vila Hauer na final, mas título da Divisão de Acesso será decidido neste sábado


Na tarde deste sábado (01), acontecerá a partida de volta da final da Divisão de Acesso da Suburbana entre Vila Sandra e Vila Hauer. O primeiro jogo foi 2 a 0 para os alvinegros e agora o time do sul da cidade precisa da vitória mínima para levar para os pênaltis e estragar a festa na casa dos adversários. Confira algumas informações do segundo confronto da decisão da Divisão de Acesso da Suburbana de 2018, categoria adulta.


#SÉRIE B
Por Lucas Ravel

Vila Sandra e Vila Hauer já garantiram o acesso à elite da Suburbana, mas neste sábado (01), o campeão será conhecido. No jogo de ida, melhor para os alvinegros: vitória por 2 a 0 fora de casa. O empate dá o titulo à equipe da região oeste. Uma vitória simples do tricolor leva a decisão para os pênaltis, visto que não há saldo de gols como critério de desempate. Confira as informações das equipes.


VILA SANDRA - Jogando em casa, no estádio Ozório Claudino de Barros, o Vila Sandra só perdeu apenas uma vez, para o Bairro Alto. A equipe passou pela primeira fase tranquilamente, com sete vitórias e dois empates. Passou por Bairro Alto e São Braz até chegar na grande final. A equipe tem o melhor ataque do certame, com média de 3,5 gols por jogo, e conta com a melhor defesa, com apenas oito gols sofridos. A força do elenco credencia o escrete como o grande favorito ao título desde o início do certame. Além do jogo de ida da final, os dois times se enfrentaram também na primeira fase - o alvinegro goleou por 4 a 1.  No jogo de ida, o técnico Marquinhos Franco acertou nas substituições. Colocou o atacante Adriano, que anotou dois gols e decidiu a partida. O jogador já marcou 7 gols no certame, um a menos de Djonatan na artilharia de equipe.


VILA HAUER - O Vila Hauer faz uma campanha que é destaque e também surpreendente. Pode não ter sido tão dominante quanto a do adversário, mas tem o sentimento de dever cumprido neste ano. O título é a cereja do bolo. Se classificou em quarto na primeira fase, última posição que dá vaga ao mata-mata, empatado em pontos com o eliminado Desportivo Paranaense. Nas quartas, eliminou o Vila Torres, que até então estava invicto. Nas semis, brilhou após o nervosismo dos pênaltis sobre o Ipiranga. O técnico Kochan tem que colocar sua equipe para ir para cima na próxima partida se quer sentir o sabor da taça. No primeiro jogo, sua equipe não jogou tão bem e precisa mostrar mais se quiser algo maior do que o acesso. Resta saber se o escrete do sul da cidade tem o que é necessário para sufocar seu adversário fora de casa.
drap
Tecnologia do Blogger.