PROPAGANDA

[JUVENIL] Vila Torres vence o Vila Hauer por 2 a 1 e está nas semifinais da Série B


Apesar de um começo melhor do Vila Hauer, o Vila Torres logo mostrou sua força em casa e dominou o restante da partida. No primeiro tempo abriu o placar, ampliou na segunda etapa, e nem mesmo a reação dos visitantes ameaçou a classificação dos anfitriões.

#Juvenil
Por Yuri Casari

PRÉ-JOGO: No jogo de ida das quartas-de-final, no estádio Donato Gulin, as duas equipes haviam empatado sem gols. Para o duelo do Mário Vendramel, um novo empate levaria a decisão para os pênaltis e vitória simples garantiria a vaga para as semifinais.

PRIMEIRO TEMPO: O equilíbrio ditou o ritmo nos primeiros minutos de partida, mas logo o Vila Hauer começou a se sentir à vontade. Aos 9 minutos teve a primeira boa jogada da partida, quando Pontes recebeu pela direita e chutou cruzado para a boa defesa de Vinícius. Na sequência, Pontes aparece novamente, dessa vez já dentro da área, mas Vinicius outra vez impede o gol.

O Vila Torres estava tendo dificuldade para jogar da maneira que sabe, com a bola no chão. E a solução para esse problema foi resolvido em um chutão. O goleiro Vinicius mandou a bola para frente, que quicou duas vezes e bateu na mão do zagueiro Budau, já dentro da área. Pênalti marcado e convertido por Thiago, que de direita deslocou o goleiro.

O gol deu uma injeção de ânimo no time da casa que passou a ter o controle da partida e a realizar as finalizações mais perigosas. Aos 31, em cobrança de falta pelo lado direito, Matheus ia acertando o ângulo quando Augusto fez uma bela ponte e mandou para escanteio. Aos 36, Thiago quase marcou o segundo ao desviar cruzamento de Matheus. E por último, aos 38, Ygor fez jogada pela esquerda e chutou a bola rente à trave. Já nos acréscimos, o zagueiro Eduardo quase marcou um golaço ao cobrar falta do seu campo de defesa. A bola bateu caprichosamente no travessão de Augusto, e o primeiro tempo se encerro logo depois.


SEGUNDO TEMPO: A segunda etapa começou da mesma forma que terminou a primeira, com o Vila Torres atuando de maneira ofensiva e com controle da bola. E logo aos 8 minutos foi premiado. Matheus cobrou falta pelo lado direito chutando forte e cruzado na segunda trave, ampliando o resultado. Na sequência do segundo gol, o Torres exerceu grande pressão, com destaque para um chute de Ygor, bem defendido por Augusto, aos 15 minutos.

A partida parecia definida, mas aos 18 minutos o Hauer conseguiu encontrar um gol. Em jogada pelo alto, Nicolas ganhou do goleiro e cabeceou para as redes, recolocando a equipe visitante no jogo. O tricolor até tentou ensaiar uma pressão, mas o lance mais perigoso aconteceu na bola parada, em cobrança de falta de Cabelo, rasteira que Vinicius espalmou.

No fim de jogo, uma pequena discussão entre os jogadores das duas equipes. De acordo com relatos de membros do Vila Torres, jogadores do Hauer teriam enviado áudios provocativos, que teriam chegado aos atletas do Vila Torres, o que acabou causando a confusão, rapidamente contornada por membros da comissão técnica de ambos os times.


PRÓXIMA PARTIDA: Nas semifinais, o Vila Torres terá o Nacional do Boqueirão pela frente, atual vice-campeão do torneio.  

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

VILA TORRES: 1. Vinicius, 13. Edson Marques (2. Ruan), 3. Dolavan, 4. Eduardo Ramos e 6. Guilherme; 5. Pablo Henrique, 8. Emerson, 7. Felipão e 10. Matheus; 9. Thiago (14. Cacá) e 11. Ygor. T: Jorge Sanches.

VILA HAUER: 1. Augusto, 2. Budau, 3. Fonteli, 20. Munhoz e 6. Cabelo; 5. Léo (4. Junio), 8. André (16. Nicolas), 7. Pontes (14. Kevin) e 10. Lander; 9. Paçó (18. Felipe) e Gu Santos. T: Pereira.

FICHA TÉCNICA – VILA TORRES 2x1 VILA HAUER XXXXXXXXXXXXXXXX

GOLS:
Thiago, aos 17’ do 1º tempo; Matheus, aos 9’ e Nicolas, aos 18’ do 2º tempo.
CA: Edson Marques, Felipão e Thiago (VTO); Junio e Cabelo (VHA).
ÁRBITRO: Yago Schonarth.
ASSISTENTES: Alisson Alceu Bernardi Lovato e Sandra Maria Dawies.
LOCAL: Mario Vendramel, Curitiba. 
drap
Tecnologia do Blogger.