PROPAGANDA

GRECAL leva susto no final, mas vence Cambé de goleada


Na tarde deste sábado (6), GRECAL e Cambé jogaram no Estádio Atílio Gionedis, em Campo Largo, em partida válida pela sétima rodada da Terceira Divisão do Campeonato Paranaense de 2018. Com alguns imprevistos em relação a equipe do Cambé, que chegou atrasada no local, o GRECAL não tomou conhecimento do adversário e venceu por 4 a 2 o embate, apesar do susto na reta final do embate.

#TERCEIRONA
Por @rafaelbuiar

PRÉ-JOGO: A equipe do GRECAL perdeu na rodada anterior diante o Apucarana em casa pelo placar de 1 a 0 e complicou a posição na tábua de classificação já que entrou em campo nesta partida na oitava colocação no certame. Para acreditar no sonho da classificação, a equipe da cidade de Campo Largo necessita vencer esse e os próximos duelos, além de torcer por tropeços de seus adversários. Já o time do Cambé, que perdeu na rodada anterior para o Sport Campo Mourão pelo placar de 1 a 0 no Estádio Municipal Roberto Brzezinsk, em Campo Mourão. Com esse revés, a equipe da região metropolitana de Londrina estacionou na sétima posição e diminuiu as chances de classificação.  Já que a equipe tem um jogo a mais que o rival desta rodada. Ou seja, esse duelo é importante para ambas as equipes acreditarem na vaga de classificação à próxima fase.

O EMBATE: Com 40’ de atraso, devido o transporte da equipe do Cambé que estava levando os jogadores ter falhas mecânicas, o duelo iniciou. Com bola rolando, a equipe do GRECAL teve mais volume de jogo e passou a utilizar os flancos para atacar o escrete do Cambé. Mesmo assim, com mais volume de jogo, o time da cidade de Campo Largo pouco agrediu a meta de Gabriel. Do outro lado, o goleiro William também não trabalho, já que o único chute do Cambé foi aos 10’ e sobre a meta do arqueiro do do GRECAL. Com o passar do tempo, o duelo passou a ter um número alto de falta para ambos os times e poucas chegadas de ataques.

Passados da meta da etapa inicial, o time do GRECAL voltou a ter mais volume de jogo do que o adversário, com destaque para o meia campista Gustavo, que passou a ser o mais acionado e de onde saiu 90% das jogadas de ataque do time da casa. Mas o lance de perigo aconteceu aos 32’, com descida de Welinton, que deu sequência com Guilherme. O volante do GRECAL passou com tranquilidade da marcação e arrematou firme, mas o goleiro Gabriel defendeu em dois tempos. Minutos depois, em jogada de escanteio, Alex cabeceou firme e a após bate-rebate dentro da área, Gustavo estufou a bola para o fundo da rede, abrindo o placar no Estádio Atílio Gionedes.


Depois de abrir o placar, o time da casa voltou a pressionar o goleiro Gabriel. Mas foi em fala que o GRECAL conseguiu ampliar o placar. Após cruzamento do flanco esquerdo, a bola bateu na mão do zagueiro e o árbitro Rodrigo Posser assinalou falta. Marquinhos cobrou e o camisa 1 do CAMBÉ não conseguiu defender e a bola passou entre as pernas. Depois do segundo gol, o jogo teve poucos lances de ataque o placar persistiu em 2 a 0 para o time da casa.

No início da etapa complementar, as duas equipes realizaram alterações. Mas o troca-troca não mudou a tônica da partida, pois ambos não conseguiram criar as jogadas, devido a forte marcação das duas equipes. Destaque para o sistema defensivo de ambos, que conseguiram cumprir o seu papel. Percebendo isso, o treinador Bernardo do Cambé fez outra alteração. Mas quem marcou o gol foi o escrete do GRECAL, após troca de passes pelo meio do sistema defensivo e com a finalização de Alan, aos 18’.


No minuto seguinte, em jogada rápida do GRECAL pegou desprevenido a retaguarda do Cambé e Alan antecipou do goleiro e deu um toque na saída do goleiro Gabriel, que não evitou o quarto gol do time da casa. Após o quarto gol, o embate caiu de produção e ficou preso no sistema de meio campo, com muitas faltas para ambos os lados. Quando furou o bloqueio, a equipe do Cambé foi quem assustou. Destaque para o arremate de fora da área de Ramon, que obrigou o arqueiro Wiliam a realizar plástica para afastar o perigo.

Nos minutos finais, a equipe do Cambé chegou a diminuiu no placar aos 42’. Ramon cruzou da direita e Aniel, que havia entrado a pouco, em sua primeira oportunidade de ataque. No minuto seguinte, o alvinegro de Cambé diminuiu o placar com Diego, que encobriu o goleiro William, aos 43’. Após o gol, a equipe do GRECAL segurou a bola no meio de campo com troca de passes até o apito final do árbitro


PRÓXIMA PARTIDA: Na rodada seguinte, o GRECAL irá desafiar o escrete do Sport Campo Mourão no Estádio Municipal Roberto Brzezinski, em Campo Mourão. Já o time do Cambé irá jogar em Rolândia no Estádio Érich George contra o Grêmio Maringá.

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

GRECAL:1 William; 13 Pedrinho, 3 Hernandez, 4 Rafael e 16 Marquinhos; 5 Guilherme, 18 Welinton (15 Leandro), 17 Gustavo e 10 Alan; 9 Alex (8 Matheus) e 11 Heros. Tec. Marcos Melo

CAMBÉ: 1 Gabriel; 2 Nicolas (16 Aniel), 3 Miqueias, 4 Felipe e 6 Renan (20 Diego); 5 Thiaguinho, 8 Igor (17 Paulo Cezar), 7 Alan e 10 Douglas; 11 Ramon e 9 Alan John. Tec. Bernardo

FICHA TÉCNICA – GRECAL 4  X 2 CAMBÉ XXXXXXXXXXXXXXX

GOLS: Gustavo aos 33’ do 1º tempo e Marquinhos aos 40’ do 1º tempo, Alan aos 18’ e 19’ do 2º tempo (GRECAL) | Aniel aos 42’ do 2º tempo, Diego aos 43’ do 2º tempo (Cambé)
CA: Miqueas, Ramon, Alan (Cambé) | Hernandez e Guilherme (GRECAL)
ÁRBITRO: Rodrigo Posser Borges
ASSISTENTES: Luis Henrique Amadori e Danilo
LOCAL: Estádio Atílio Gionedis, Campo Largo

ENTREVISTAS XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX



drap
Tecnologia do Blogger.