PROPAGANDA

Paraná leva gol no final e empata com Chapecoense na Vila Capanema


Na noite desta quarta-feira (5), o Paraná empatou com a Chapecoense, por 1 a 1, na Vila Capanema, pela 23° rodada da Série A do Brasileirão. Rafael Grampola marcou no primeiro tempo, mas aos 40 minutos do segundo, Diego Torres fez de falta, dando números finais ao jogo. Com o resultado, as duas equipes seguem na zona do rebaixamento.
#BRASILEIRÃO

PRÉ-JOGO: Partida entre dois times que têm o mesmo objetivo na competição: se livrar do rebaixamento. O Paraná terá como desfalque Jhonny Lucas, suspenso. Mas conta com o retorno de Leandro Vilela. No lugar de Silvinho, lesionado na última partida, Carlos será o titular. Já a Chapecoense sabe que mesmo que vença, não sai da zona do rebaixamento. O técnico Guto Ferreira faz o seu sexto jogo no comando da equipe e ainda não conseguiu repetir a equipe inicial.

PRIMEIRO TEMPO:  Com o mau momento das equipes, ambas ficavam receosas em se mandar para o ataque, o que fez com que os primeiros minutos fossem mornos e sem grandes oportunidades. A primeira chance de perigo da partida foi dos visitantes. Canteros cruzou para Elicarlos cabecear tirando tinta da trave. Júnior respondeu em seguida com jogada pela direita. O lateral avançou e arriscou de fora da área, mas chutou ao lado do gol. Victor Andrade também tentou em jogada pelo lado esquerdo do ataque da Chapecoense, mas não conseguiu assustar Richard, que defendeu em dois tempos.

Após os 30 minutos, o Paraná passou a criar melhor as jogadas e pressionar os visitantes. A primeira chance foi em cabeceio de Renê, no canto esquerdo, mas Eduardo tirou em cima da linha. A segunda foi em cobrança de falta onde Jandrei falhou e a bola sobrou para Igor, que finalizou, mas foi a vez de Thyere, novamente em cima da linha, impedir o gol. Mas aos 38, a zaga da Chape não impediu o Paraná de abrir o placar. Após escanteio, Leandro Vilela desviou de cabeça e Rafael Grampola pegou sobra, sozinho, no segundo pau, para completar para o fundo das redes

O tricolor da vila seguiu controlando o jogo e quase marcou o segundo. Após mau recuo da defesa da equipe alviverde, Carlos driblou Jandrei e finalizou, mas Eduardo apareceu para bloquear a bola que tinha direção ao gol.


SEGUNDO TEMPO:  O Paraná iniciou a segunda etapa como terminou a primeira: tomando a iniciativa e atacando mais. Logo no início, Igor apareceu na esquerda e finalizou firme, no alto, para Jandrei jogar para escanteio. No lance seguinte, Deivid acionou Caio Henrique em velocidade, mas o camisa 10 escorregou e chutou por cima do gol.

A Chapecoense respondeu com Marquinhos, em jogada veloz.  O jogador saiu na cara do gol, mas Richard bloqueou o chute. O tricolor da vila marcou o segundo gol com Grampola, de cabeça, mas o auxiliar marcou impedimento na jogada.

A Chapecoense chegou ao empate aos 40 minutos. Diego Torres cobrou falta, sem chances para Richard, e anotou um belo gol. Em resposta ao gol, o Paraná quase marcou com Jesiel, que tentou de voleio, mas a bola passou perto do gol. O Paraná até pressionou no final, mas não conseguiu alterar o placar.


PRÓXIMAS PARTIDAS: O Paraná enfrentará no próximo domingo (9), às 19 horas, o Santos, na Vila Capanema. Já a Chapecoense jogará um dia antes, às 21 horas, no Maracanã.

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

PARANÁ: 1- Richard; 2- Júnior; 3- Renê Santos (14- Jesiel); 4- Rayan; 6- Igor; 5- Leandro Vilela; 8- Alex Santana; 7- Nadson (20- Maicosuel); 10- Caio Henrique; 11- Carlos (22- Deivid); 9- Rafael Grampola; Técnico: Claudinei Oliveira

CHAPECOENSE: 92- Jandrei; 2- Eduardo; 3- Thyere; 22- Neri; 37- Roberto; 15- Márcio Araújo (72- Diego Torres); 86- Elicarlos; 29- Bruno Silva; 8- Canteros; 11- Victor Andrade (92- Marquinhos); 34- Doffo (48- Capixaba); Técnico: Guto Ferreira

FICHA TÉCNICA – PARANÁ 1 X 1 CHAPECOENSE XXXXXXXX

GOLS: Rafael Grampola (38’ do 1°T) |Paraná| Diego Torres (40’ do 2°T) | Chapecoense |
CARTÕES AMARELOS: Rayan (Paraná) Bruno Silva, Elicarlos (Chapecoense)
ARBITRAGEM: Bruno Arleu de Araújo
ASSISTENTES: Luiz Claudio Regazone e Carlos Henrique Cardoso
PÚBLICO TOTAL: 2829 pessoas
RENDA: R$ 34.480
LOCAL: Estádio Durival de Britto e Silva, Curitiba
drap
Tecnologia do Blogger.