PROPAGANDA

[JUVENIL] Iguaçu vence o líder Trieste no clássico e se aproxima da zona de classificação


No último sábado (29) o Iguaçu recebeu o Trieste no estádio Egydio Ricardo Pietrobelli, em partida válida pela nona rodada da Suburbana 2018 - categoria juvenil. Em situações opostas na tabela, o alvinegro aproveitou o mando de campo para vencer seu maior rival por 2 a 1.
#JUVENIL 2018
Por Adson Lima
PRÉ-JOGO: O Clássico da Polenta reunia duas equipes que se encontravam em momentos bem distintos na competição. Enquanto o Trieste liderava com folga e tinha o melhor ataque da primeira fase, o Iguaçu estava fora da zona de classificação e precisava da vitória para sonhar com o G8 nas duas últimas rodadas.
PRIMEIRO TEMPO: O clássico começou com cara de clássico, vontade e dedicação de sobra para os dois lados. As marcações batiam de frente, dessa forma era difícil achar espaços para que os ataques pudessem furar as defesas adversárias. Uma boa alternativa encontrada pelos times era explorar jogadas individuais, ou forçar o erro na saída da bola adversária, adiantando as linhas. As primeiras chances de perigo foram dos mandantes. Aos 2' minutos, Oliveira recebeu pela direita e bateu de canhota para boa defesa do goleiro. A outra chance iguaçuana foi com Thiago, que escapou livre pelo meio e bateu, obrigando o arqueiro tricolor a mandar para escanteio.
A resposta do Tricolor da Colônia veio com o camisa 10 Jean, que aos 11 minutos se livrou da marcação e de canhota bateu da intermediária, fazendo o goleiro Luiz trabalhar. Aos 24´ minutos a equipe do Trieste saiu jogando mal na defesa, o Iguaçu roubou a bola e fez com que ela chegasse até Thiago; ele recebeu, girou e rolou para Oliveira, que com qualidade dominou e bateu de canhota no canto esquerdo baixo do goleiro, abrindo o placar para o Alvinegro. Mesmo com a vantagem no placar, o Galo não ficou atrás, manteve-se atacando e aos 34' minutos chegou com perigo. Luiz Felipe fez boa jogada individual e arrancou pelo meio, tabelou com Oliveira e saiu na cara do goleiro, mas na hora da finalização bateu em cima de Daniel, que foi bem no lance e defendeu com o pé direito.
No minuto seguinte, os visitantes responderam com Bruno, que aproveitou uma cobrança de escanteio para posicionar-se com inteligência, e acabou saindo na cara do goleiro Luiz; ele finalizou de canhota e viu o arqueiro fazer uma boa defesa. No último lance da primeira etapa, o Trieste atirou-se ao ataque e o defensor do Iguaçu acabou fazendo pênalti. Lucas bateu e converteu, empatando o clássico.

SEGUNDO TEMPO: Na volta do intervalo, era nítida a postura defensiva do Trieste, esperando as ações do seu adversário e tentando escapadas no contra-ataque. Já o Iguaçu tentava encurralar seu rival, mas não criava chances perigosas. Na bola parada, o Iguaçu teve uma boa chance com Luiz Felipe. Aos 15 minutos, o camisa 10 desperdiçou a cobrança de falta, mandando a bola pelo lado esquerdo do gol. Mas aos 20' ele não perdoou: Nathan fez boa jogada individual pela esquerda, ingressou na área e rolou para Luiz Felipe; livre, o camisa 10 só teve o trabalho de empurrar para o fundo das redes, deixando novamente o Iguaçu em vantagem no placar.
Esse gol mudou um pouco a configuração do jogo, deixando o Galo mais cuidadoso, sem se aventurar muito ao ataque. Com as mudanças, o Tricolor da Colônia assumiu uma postura ofensiva, mas batia de frente com uma zaga iguaçuana bem postada. Por conta disso, não conseguiu levar perigo a meta do goleiro Luiz e mudar o resultado final. No Egydio Ricardo Pietrobelli, Iguaçu 2 x 1 Trieste.

PRÓXIMA RODADA: As duas equipes jogam fora de casa no próximo sábado (06). O Iguaçu enfrentará o Capão Raso no Estádio José Carlos de Oliveira Sobrinho, enquanto que o Trieste jogará na Arena Vermelha contra o Novo Mundo.
OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX
IGUAÇU: 1 Luiz; 2 Nicholas (13 João); 3 Mariano; 4 Davi; 6 Felipe (16 Jhonatan); 5 Rennan; 8 Eduardo; 9 Mendes (20 Walter); 10 Luiz Felipe; 11 Oliveira (19 Alex) e 7 Thiago (18 Nathan). Técnico: Ewerton Glonek.
TRIESTE: 1 Daniel; 2 João Vitor (14 Luiz Conrado); 3 Jhonatan; 4 Gustavo (15 Henrique); 6 Guilherme; 5 Victor; 7 João Eulalio; 8 Diogo; 10 Jean; 11 João Rosa (16 Natã) e 9 Bruno. Técnico: Cesar Molinari.
FICHA TÉCNICA: IGUAÇU 2 X 1 TRIESTE XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX


GOLS: Oliveira, aos 24' do 1º T, e Luiz Felipe, aos 20' do 2º T (Iguaçu); Bruno, aos 40' do 1º T (Trieste).
CA: Mariano, Luiz Felipe e Rennan (Iguaçu); Gustavo (Trieste).
ÁRBITRO: Kleber Ariel Gonçalves da Silva.
ASSISTENTES: Tom Gomes Rocha (1) e Ricardo Alexandre Santos (2).

LOCAL: Estádio Egydio Ricardo Pietrobelli, Curitiba.

ENTREVISTAS XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX


drap
Tecnologia do Blogger.