PROPAGANDA

[JUVENIL] Caxias conquista vitória sobre o Grêmio Ipiranga por 1 a 0 e segue com chances mínimas de classificação


Em um jogo fraco tecnicamente, Grêmio Ipiranga e Caxias disputaram a continuidade na briga por uma vaga na próxima fase. Com um gol de pênalti marcado por Lucas, a equipe do Boqueirão conquistou os três pontos e vai para sua última partida na competição precisando golear o rival Nacional e ainda torcer por outros resultados.

#Juvenil
Por Jhonny Cunico e Yuri Casari

PRÉ-JOGO: Grêmio Ipiranga e Caxias entraram em campo com os mesmos 4 pontos. Um empate eliminaria as duas equipes e uma derrota praticamente tiraria qualquer chance de classificação.

PRIMEIRO TEMPO: Ambos os times jogaram no 442, com o Caxias procurando explorar os contra-ataque, aproveitando a velocidade dos seus dois atacante e do camisa 10 Gustavo, que pouco recompôs na marcação. O Grêmio Ipiranga foi tendo bastante espaço no meio de campo, o que obrigava o Caxias a cometer muitas faltas próximas à área. Mas a primeira grande chance foi do Caxias. Aos 16 minutos, Lucas cobrou escanteio e acertou o travessão, quase marcando um gol olímpico. A resposta do Ipiranga veio aos 25. Chutão para frente, o zagueiro Leko falhou e Maylon saiu de frente para o goleiro. O atacante finalizou, mas Kawan fez boa defesa. O jogo seguiu truncado até os minutos finais, quando aos 38 minutos, o Ipiranga cometeu uma falta na linha da grande área. Pênalti assinalado e bem convertido por Lucas, que chutou alto no canto direito do goleiro, dando a vantagem para o Caxias na saída para o intervalo.


SEGUNDO TEMPO: Na segunda parte o jogo que já não era bom ficou ainda mais pegado, com muitas bolas aéreas, cruzamentos e muitos lances de escanteio para ambos os lados. O Ipiranga conseguiu chegar em um desses lançamentos com Maylon, que chutou e Kawan apareceu novamente para fazer a defesa. O time da casa chegou a ensaiar uma pressão, mas perdeu o ritmo depois da expulsão direta do camisa 17 Eldo, por xingar o adversário.

Na fase final da segunda etapa, o Caxias foi mais perigoso. Com mais jogadores e com o Ipiranga esgotado fisicamente, a equipe encaixou bons contra-ataques e quase marcou em jogada de Gustavo, mas Mateus fez a defesa. Os visitantes seguraram a posse de bola o quanto foi possível e apenas esperaram o tempo passar para comemorar a segunda vitória no certame.


PRÓXIMA PARTIDA: Na próxima semana o Caxias encerra sua participação na Suburbana no clássico contra o Nacional, que também marca a reedição da final da série B da categoria juvenil do ano passado. A missão do Caxias, porém, é bem mais difícil. Não basta apenas vencer o rival, é preciso golear e ainda torcer por resultados ruins dos adversários diretos nas próximas duas rodadas, já que o clube folga na rodada final. Matematicamente, o Grêmio Ipiranga também tem chances remotas. Precisa vencer os últimos dois jogos e também torcer por resultados. Na próxima rodada o adversário é o União Ahú.

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

GRÊMIO IPIRANGA: 1. Mateus, 2. 13. Felipe (14. Duglas), 3. Lucas, 2. Petherson e 6. Miguel (16. Nicolas); 5. Rhuan, 4. Alan Patrick, 8. Erick e 18. Rafael (15. Matheusinho); 11. Maylon e 17. Eldo. T: Cristiano Rogério Silva.

CAXIAS: 1. Kawan, 19. Gean, 3. Leko (15. Pedro), 4. Britto e 6. Alexandre (11. Ayron), 5. Adrian, 8. Roger, 2. Lucas e 10. Gustavo; 17. Colaço e 9. Bebê (7. Daniel). T: Moisés Xavier de Lima.

FICHA TÉCNICA – G. IPIRANGA 0x1 CAXIAS XXXXXXXXXXXXXXXX

GOL:
Lucas, aos 38’ do 1º tempo.
CA: Roger (CAX); Lucas e Eldo (IPI).
CV: Eldo (IPI).
ÁRBITRO: Candido Rodrigo Ribeiro de Azevedo.
ASSISTENTES: Danilo Padilha Porse e Daniel Olivio Tschoke.
LOCAL: Estádio Elba de Pádua Lima.

ENTREVISTAS XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

drap
Tecnologia do Blogger.