PROPAGANDA

Iguaçu vence Trieste no Clássico da Polenta e assume liderança da Suburbana


Na tarde deste sábado (29), o Iguaçu venceu o Clássico da Polenta contra o Trieste por 1 a 0 no Estádio Egydio Ricardo Pietrobelli. A partida valeu pela 9° rodada da Divisão Especial da Suburbana. O Alvinegro controlou a partida, jogou melhor e marcou com Baroni no segundo tempo. Com o resultado, o Iguaçu assume a liderança isolada do campeonato. 
#SUBURBANA 2018

PRÉ-JOGO: O duelo reunia os dois líderes da Suburbana. Ambas as equipes estavam invictas no certame e com 16 pontos na tabela. O clássico entre os dois times de Santa Felicidade reeditava a final de 2017.

PRIMEIRO TEMPO: A partida começou equilibrada. A primeira chance partiu do Trieste, em falta da entrada da área que Filipe encaixou. Mas a grande oportunidade da primeira etapa foi do Iguaçu. Aos 22 minutos, após bate-rebate, a bola sobrou para Baroni, que finalizou fraco e permitiu que a zaga do Tricolor da Colônia afastasse em cima da linha.

Os mandantes eram mais perigosos e conseguiam ter as melhores oportunidades, embora o jogo fosse movimentado e os dois times jogassem no ataque. Da parte iguaçuana, Feijão apareceu na direita e cruzou para Alex Pinhais, que no miolo da área finalizou em cima de Juninho. Próximo do fim do primeiro tempo, Baroni teve outra chance de abrir o placar. O camisa 10 arriscou da direita em chute cruzado, mas a bola passou ao lado do gol.


SEGUNDO TEMPO: A segunda etapa iniciou com o Iguaçu melhor, e o time de Luisinho Netto conseguiu abrir o placar aos 13 minutos. Feijão fez boa jogada pela direita, cruzou para Pinhais, que finalizou em cima da defesa; no rebote, Baroni finalizou com a bola no ar, no canto, para fazer o primeiro gol do jogo.

Com a vantagem, o Galo não recuou. Aos 20 minutos, Pinhais rolou para trás, onde estava Bruninho que, de primeira, soltou um petardo de fora da área na trave. A partir da metade da segunda etapa, o Trieste buscou equilibrar o jogo e ir atrás do empate. O Tricolor da Colônia até conseguia ter a posse de bola, mas não assustava a meta de Filipe, que teve uma atuação tranquila e segura.  Os visitantes não evitaram a derrota: No estádio Egydio Ricardo Pietrobelli, Iguaçu 1x0 Trieste.


PRÓXIMAS PARTIDAS: As duas equipes jogam fora de casa no próximo sábado (06). O Iguaçu enfrentará o Capão Raso no Estádio José Carlos de Oliveira Sobrinho, enquanto que o Trieste jogará na Arena Vermelha contra o Novo Mundo.

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

IGUAÇU: 1- Filipe; 2- Tonton; 3- Emerson; 4- Douglão; 5- Helton (13- Neto); 6- Bruninho (18- Pedro Oldoni); 7- Russo; 8- Aderaldo; 10- Baroni (16- Samuel) ; 11- Feijão (15- Paulinho); 9- Alex (19- John Cesar); Técnico: Luisinho Netto.

TRIESTE: 1- Juninho; 2- Murilo; 3- Rodrigo Mancha; 4- Lino; 6- Biro (16- Raul); 5- Grilo (15- Camargo); 7- Repolho; 8- Evandro (18- Kauan); 10- Thiago Araujo (17- Lima); 11- Araújo; 9- Edu Soares (19- Marcelo); Técnico: Ivo Petry.

FICHA TÉCNICA – IGUAÇU 1 X 0  TRIESTE XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

GOL: Baroni – 13’ do 2°T (Iguaçu).
CARTÕES AMARELOS: Alex Pinhais e Feijão (Iguaçu); Biro e Grilo (Trieste).
ARBITRAGEM: Cristian Eduardo Gorski da Luz.
ASSISTENTES: Tom Gomes Rocha (1) e Ricardo Alexandre Santos (2).
LOCAL: Estádio Egydio Ricardo Pietrobelli, Curitiba

REPORTAGEM DRAP XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX



drap
Tecnologia do Blogger.