PROPAGANDA

Coritiba vence Boa Esporte e quebra sequência negativa no Couto


Na noite desta terça-feira (4), o Coritiba venceu o Boa Esporte por 2 a 1, no Estádio Couto Pereira, em Curitiba, pela 25° rodada da Série B do Brasileirão de 2018. O alviverde marcou no início do jogo com Rafael Lima, mas sofreu o empate em seguida com Juninho Potiguar. Na segunda etapa, a equipe da casa voltou melhor e Guilherme Parede fez o gol que deu números finais ao jogo. Com o resultado, o Coxa sobe para 9°, enquanto que o Boa segue em 20°.


#SÉRIE B
Por Lucas Ravel

PRÉ-JOGO: As duas equipes vêm de vitória na Série B (Coritiba venceu o Brasil e o Boa venceu o CSA), mas buscam subir na tabela. O Coxa é o 10° e não vence no Couto há quatro jogos.  Para a partida, não conta com William Matheus, lesionado. Abner entra no seu lugar. O time mineiro é o 20° e se não perder, pode subir uma posição na tabela. Têm três desfalques: Bruno Tubarão, Douglas Baggio e Kaio Cristian, todos suspensos.

PRIMEIRO TEMPO: Logo no início da partida, aos 10 minutos, o Coritiba abriu o placar com Rafael Lima. Jean Carlos cobrou escanteio, a bola bateu no zagueiro, que estava dentro da pequena área, e entrou. O Boa se reencontrou e conseguiu empatar aos 19 minutos em outro gol que nasceu de escanteio. William Barbio cobrou e, após desvio, Juninho Potiguar apareceu livre para concluir.

As coisas quase ficaram piores para o alviverde quando o Boa chegou a marcar o segundo com Juninho Potiguar, de cabeça, mas o assistente assinalou impedimento. O restante do primeiro tempo foi morno. As duas equipes não conseguiram criar oportunidades e esbarravam nos erros individuais, sendo que o time mineiro jogou ligeiramente melhor.


SEGUNDO TEMPO:  O Coritiba iniciou melhor na segunda etapa e voltou a estar na frente do placar logo aos 6 minutos. Guilherme Parede recebeu lançamento nas costas da defesa, avançou e tocou na saída de Fabrício. O time alviverde seguiu cometendo alguns erros que irritaram a torcida, mas a melhora em campo foi evidente, além de ter mais inciativa, como em chute rasteiro de Jean Carlos, de fora da área, que passou tirando tinta da trave.

A equipe de Varginha não conseguiu repetir a boa atuação da primeira etapa e teve sua missão mais complicada quando Juninho Potiguar, o autor do gol, foi expulso por receber o segundo cartão amarelo, após falta em Wilson. Os chutes de longe do Coritiba seguiram levando perigo. Com 35 minutos, Thiago Lopes arriscou, a bola quicou e por pouco não enganou Fabrício, que conseguiu defender com o pé. No restante do jogo, o Coxa controlou o jogo, não sofreu grandes ameaças e saiu com a sua segunda vitória seguida.

PRÓXIMAS PARTIDAS: O Coritiba enfrentará o Vila Nova, no Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO), dia 8, às 21h. Já o Boa jogará um dia antes, às 16h, no Estádio Dilzon Melo, em Varginha (MG).


OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

CORITIBA: 84- Wilson; 88- Vinícius Kiss; 3- Thalisson Kelven; 31- Rafael Lima; 46- Abner (8- Júlio Rusch); 5- Vítor Carvalho; 72- Simião (37- Thiago Lopes); 21- Jean Carlos; 92- Pablo; 89- Bruno Moraes (9- Alecsandro); 77- Guilherme Parede; Técnico: Tcheco


BOA ESPORTE: 1- Fabrício; 2- Maycon; 3- Rodrigão; 4- Luan; 6- Jadson; 8- PH (18- Thallyson); 5- Djavan; 10- Aldo (17- Adauto); 11-  Alyson (19- Manoel); 9- Juninho Potiguar; 7- Wiliam  Barbio; Técnico: Ney da Matta

FICHA TÉCNICA – CORITIBA 2 X 1 BOA ESPORTE XXXXX

GOLS: Rafael Lima (10’ do 1°T), Guilherme Parede (6’ do 2°T) |Coritiba| Juninho Potiguar (19’ do 1°T) | Boa Esporte|
CA: Vitor Carvalho, Simião, Guilherme Parede (Coritiba) Juninho Potiguar, Rodrigão, Manoel (Boa Esporte)   
CV: Juninho Potiguar (Boa Esporte)
ARBITRAGEM: Alexandre Vargas Tavares de Jesus
ASSISTENTES: Diogo Carvalho Silva e Daniel de Oliveira Pereira PÚBLICO TOTAL: 4.421 pessoas | RENDA: R$ 66.253,00
LOCAL: Estádio Couto Pereira, Curitiba
drap
Tecnologia do Blogger.