PROPAGANDA

Com Dagoberto inspirado, Londrina goleia o Atlético-GO no Estádio do Café

Foto: Gustavo Oliveira/LEC
O Londrina venceu o Atlético Goianiense por 4 a 1 na última sexta-feira (31), no Estádio do Café, pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro Série B. O Tubarão fez a sua melhor apresentação em 2018, com Dagoberto, autor de três gols, protagonista. Paulinho Moccelin marcou o quarto gol do Londrina e Renato Kayser descontou para os visitantes.

#SÉRIEB
Por @danielmunizs

PRÉ-JOGO: Na última rodada, o Londrina perdeu para o líder Fortaleza no Castelão. Mas, contra o Atlético Goianiense, entrou em campo com o desejo de confirmar o bom momento em casa e emplacar a terceira vitória seguida no Estádio do Café, em Londrina. Enquanto que o escrete do Atlético Goianiense entrou em campo se preocupando em pontuar e voltar ao G-4 da Série B. Para isso, o Dragão apostou suas fichas em um velho conhecido do torcedor alviceleste. Cláudio Tencati, que treinou o Londrina por sete temporadas e agora comanda o Atlético Goianiense, e voltou a pisar no Estádio do Café. Desta vez, como adversário pela primeira vez.
                                                                                    
PRIMEIRO TEMPO: Roberto Fonseca deixou claro suas intenções já no início da partida. O Londrina pressionou com muita intensidade o Atlético Goianiense, forçando o erro do adversário, que não conseguiu ir ao ataque. Aos 5 minutos, o Tubarão teve sua primeira chance. Felipe Marques avançou pela esquerda, cortou para o meio e arriscou de fora da área. Mas Jefferson, arqueiro do Dragão, conseguiu fazer a defesa. No minuto 9, o Londrina fez seu primeiro gol. Após escanteio do Atlético, Felipe Marques armou o contra-ataque, disparou pela ponta esquerda e tocou para Dagoberto, que avançou pela direita. O camisa 10, na entrada da área, encobriu o goleiro e abriu o placar no Estádio do Café.

Em vantagem no placar, o Tubarão diminuiu o ritmo e o Atlético passou a ter mais espaço para criar jogadas. Entretanto, o time visitante teve dificuldades em passar pela defesa alviceleste e não conseguiu trazer perigos à meta de Alan. Aos 26 minutos, o Londrina voltou a oferecer perigo ao adversário. Higor Leite cobrou escanteio e Lucas Costa, no meio da área, cabeceou. A bola passou por cima do gol, perto do travessão. No minuto seguinte, Sávio fez boa jogada pela esquerda, deu um passe para Dagoberto. O camisa 10 chutou, mas Jefferson fez a defesa e espalmou para escanteio.

O Tubarão voltou a exercer o mando de campo e dominou a partida, controlando as ações ofensivas e acuando o Atlético Goianiense. Felipe Marques, ponta, e Sávio, lateral esquerdo, foram os mais acionados e deram trabalho à defesa do Dragão. No minuto 32, Dagoberto tocou para Higor Leite, que no meio de campo, lançou para Paulinho Moccelin. O ponta direita alviceleste entrou na área, driblou o goleiro e chutou a bola no travessão. Um minuto depois, Jardel arriscou um chute de longe e Jefferson deu rebote. Dagoberto tentou a finalização, mas o goleiro do Atlético conseguiu segurar a bola.

E, nos minutos finais do primeiro tempo, o Tubarão continuou a criar oportunidades de gol. Aos 40 minutos, Felipe Marques cruzou da ponta esquerda e Higor Leite, na marca do cal, desviou de cabeça. A bola passou à esquerda do gol, tirando tinta da trave. No minuto 45, Dagoberto fez o segundo gol da partida. Em cobrança de falta, o atacante cobrou no canto direito, com categoria e sem chances para Jefferson, que nem pulou. O Londrina ainda teve mais uma chance aos 48 minutos, novamente com Dagoberto, que chutou de fora da área nas mãos de Jefferson.

Foto: Gustavo Oliveira/LEC
SEGUNDO TEMPO: Depois de um primeiro tempo perfeito, o Tubarão retornou para a segunda etapa com uma postura mais cautelosa, oferecendo o campo para o Atlético Goianiense, que criou a primeira chance de gol aos 7 minutos. Pedro Bambu, recebeu na ponta direita e tocou para João Paulo que, de primeira, chutou rasteiro. Alan, em dois tempos, conseguiu defender.

E quando o Dragão esteva em melhor momento, o Londrina fez o terceiro gol. Paulinho, dentro da área, driblou dois zagueiros e foi derrubado por Oliveira. O árbitro assinalou o pênalti e, na cobrança, Dagoberto deslocou o goleiro e chutou no canto direito. O time da casa fez o terceiro gol aos 9 minutos. Apesar da grande desvantagem no placar, o Atlético criou chances que trouxeram perigo ao gol de Alan. Aos 14 minutos, Oliveira, na ponta esquerda, entrou na área e chutou em cima do goleiro londrinense, que jogou para escanteio.

Na cobrança do escanteio, Renato Kayser cruzou e Gilvan, na primeira trave, testou, mas Alan no reflexo fez a defesa. Aos 18 minutos, Jardel lançou para Paulinho Moccelin, que escapou da linha defensiva adversária, fintou o goleiro e finalizou para marcar o quarto gol do time mandante. O Dragão avançou suas linhas, pressionou o Londrina, mas parou na defesa adversária, que fez uma partida impecável. No final da partida, aos 39 minutos, o Atlético balançou as redes. Tomás lançou para Renato Kayser que avançou, passou por Alan e descontou o placar. Mas já era tarde para uma reação do time treinado por Cláudio Tencati e a partida terminou com a goleada do Londrina por 4 a 1.


PRÓXIMA PARTIDA: As duas equipes voltam a campo na próxima terça-feira (04). Às 19h15, o Atlético Goianiense enfrenta a Ponte Preta em casa. O Londrina joga contra o CSA-AL, em Maceio, às 20h30.

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

LONDRINA: 1. Alan; 2. Lucas Ramon, 3. Dirceu, 4. Lucas Costa (13. Luizão), 6. Sávio; 5. João Paulo, 8. Jardel, 11. Higor Leite (20. Dudu); 7. Paulinho Moccelin, 9. Felipe Marques (21. Jô), 10. Dagoberto. TEC: Roberto Fonseca.

ATLÉTICO GOIANIENSE: 1. Jefferson; 2. Jonathan, 3. Oliveira, 4. Gilvan, 6. Bruno Santos; 5. Pedro Bambu, 8. Fernandes (17. Tomas Bastos), 10. João Paulo; 7. Renato Kayser, 11. Júlio César (16. Mascarenhas), 9. Denílson (19. André Luís). TEC: Cláudio Tencati.

FICHA TÉCNICA – LONDRINA 4 X 1 ATLÉTICO-GO XXXXXXXX

GOLS: Dagoberto (Londrina), aos 9 minutos, aos 45 minutos do 1º tempo e aos 9 minutos do 2º tempo. Paulinho Moccelin (Londrina), aos 18 minutos do 2º tempo | Renato Kayser (Atlético Goianiense), aos 39 minutos do 2º tempo
CA: Dagoberto e Alan (Londrina) | Renato Kayser, Tomas Bastos e Oliveira (Atlético Goianiense)
ÁRBITRO: Pericles Bassols Pegado Cortez
ASSISTENTES: Bruno Cesar Chaves Vieira e Ricardo Bezerra Chianca
LOCAL: Estádio do Café, em Londrina
PÚBLICO TOTAL: 1919 pessoas.  RENDA: R$22.248,00
drap
Tecnologia do Blogger.