PROPAGANDA

[ASPIRANTES] Em jogo de tempos distintos, Atlético vence América na estreia da segunda fase


Atlético e América-MG se enfrentaram nesta quarta (12) no Estádio do Pinhão pela primeira rodada da segunda fase do Campeonato Brasileiro de Aspirantes. Após um primeiro tempo fraco, em que só tivemos 10 minutos de futebol bem jogado, o nível cresceu na segunda etapa, com chances para os dois lados. Ao final dos 90 minutos, os mandantes foram mais eficientes e venceram por 2 a 1.

#ASPIRANTES

PRÉ-JOGO: As duas equipes terminaram a primeira fase entre os quatro primeiros do grupo A, com apenas uma derrota em oito jogos. O Furacão ficou na quarta posição com 15 pontos (três a frente do Grêmio, quinto colocado), enquanto que o Coelho foi o líder do grupo com 19 pontos. Na última rodada da primeira fase, os dois times ficaram no 0 a 0: o rubro-negro empatou com o Inter no Rio Grande do Sul, enquanto que o clube mineiro enfrentou a Chapecoense em Belo Horizonte.

PRIMEIRO TEMPO: O jogo começou muito truncado, com a bola presa na intermediária. O primeiro que conseguiu furar esse bloqueio foi Luis, que aos 6’ recebeu lançamento e chutou para boa defesa de Juliano. A equipe visitante se defendia em duas linhas de quatro bem próximas, o que dificultava a troca de passes atleticana e obrigava o meia Demethryus a buscar o jogo no globo central. Já o Coelho tentava quebrar a marcação adversária através de lançamentos, mas os atacantes estavam isolados e perdiam a bola com facilidade.

A prova de que a partida estava difícil para o pessoal do meio pra frente é que nenhuma chance foi criada em 30 minutos. Apenas aos 36’ Demethryus chutou de fora da área sem força, enquanto que Everton respondeu para o América no minuto seguinte, mas a bola foi pela linha de fundo.  Aos 39’ Demethryus teve outra chance, do mesmo lugar da anterior, mas dessa fez foi Glauco quem evitou a abertura do placar. Do lado americano, Ademir recebeu bom cruzamento aos 41’, mas o chute cruzado não acertou a meta.

Quando o jogo começou a esquentar, o Atlético usou a velocidade para abrir o marcador. Aos 46 minutos, Léo Simas lançou para Bill e correu pra área; o atacante cruzou da ponta direita e o lateral apareceu como uma flecha para balançar a rede. As chances criadas na parte final da primeira etapa e o gol no último minuto deram aos torcedores a expectativa de ver um pouco mais de qualidade e emoção no segundo tempo.


SEGUNDO TEMPO: Foi o que aconteceu na volta do intervalo, as defesas deram mais espaços e os ataques criaram oportunidades. O Atlético teve duas chances para ampliar em menos de três minutos. Primeiro Gabriel Baralhas recebeu ótimo lançamento e chutou para defesa de Glauco. Na cobrança do escanteio, o cabeceio rubro-negro foi para fora. A pressão inicial foi atleticana, mas foi o América quem empatou o marcador: aos 4’, após rápida troca de passes pela direita, Ademir invadiu a área e bateu cruzado no canto esquerdo. O gol fez bem ao Coelho, que quase virou aos 11’: em cobrança de falta, Henrique bateu e Juliano desviou o suficiente para a bola tocar o travessão.

Com o jogo quente na etapa final, um gol poderia sair a qualquer momento. Aos 12’, após escanteio cobrado pela direita, Bill emendou uma bicicleta para o meio da área e Giovanny cabeceou para recolocar o Atlético na frente. Aos 17’ o rubro-negro poderia ter ampliado em um contra-ataque puxado pela esquerda, mas o passe de Bruno Nascimento foi forte demais, o que impediu que Demethryus chegasse para a conclusão. Após os 20’ o número de arremates diminuiu, mas o jogo continuou movimentado. O América apostava na velocidade pelas pontas para chegar, enquanto que o Atlético tinha mais posse de bola e valorizava a troca de passes. 

O árbitro também teve que ser acionado, já que algumas faltas duras ocorreram e o cartão amarelo foi distribuído para alguns jogadores. Aos 39’, Henrique cometeu uma infração mais ríspida e levou o segundo, culminando com a expulsão. Com superioridade numérica, o rubro-negro administrou a vantagem, mantendo o jogo no campo de ataque até o apito final: no Estádio do Pinhão, Atlético 2x1 América.


PRÓXIMA RODADA: Na próxima semana, o Atlético vai a Cotia enfrentar o São Paulo. O jogo acontece na próxima segunda (17) às 15h. Já o América recebe o Vitória na terça (18), 15h, no Estádio das Alterosas.

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

ATLÉTICO: 1 Juliano; 2 Léo Simas, 3 Weverton, 4 Eder e 6 Alex; 5 Arthur Sananduva (15 Estefano), 7 Giovanny, 8 Gabriel Baralhas e 10 Demethryus (20 Marcelo Rosa); 9 Bill (16 Bruno Leite) e 11 Bruno Nascimento. Técnico: Kelly Guimarães.

AMÉRICA-MG: 1 Glauco; 2 Igor (13 Ynaia), 3 Ricardo Silva, 4 Lucas e 6 Malcoon (14 Theo) 5  Zé Ricardo, 7 Ademir (18 Rafael Oller), 8 Everton (16 Renato) e 10 Christian; 9 Luis  e 11 Henrique. Técnico: Paulo Ricardo Lemos.

FICHA TÉCNICA: ATLÉTICO 2 X 1 AMÉRICA-MG XXXXXXXXXXXXXXXXXX

GOLS: Léo Simas aos 46’ do 1°T e Giovanny aos 12’ do 2°T (Atlético); Ademir aos 4’ do 2°T (América-MG).
CA: Bruno Nascimento, Eder, Giovanny, Léo Simas (Atlético); Glauco, Henrique (2x) (América-MG).
CV: Henrique (América-MG).
ÁRBITRO: Adriano Milczvski (PR).
ASSISTENTES: Andre Luiz Severo (1) e Weber Felipe Silva (2) – ambos do Paraná.
LOCAL: Estádio do Pinhão, São José dos Pinhais, PR.
drap
Tecnologia do Blogger.