PROPAGANDA

Segunda rodada da Divisão de Acesso promete fortes emoções para a sequência do certame


A segunda rodada da Divisão de Acesso da Suburbana de 2018 irá acontecer neste sábado (11), com 9 embates. Dentre eles, alguns confrontos já aconteceram no primeiro semestre com a Copinha. Mas o certame é outra e alguns escrete buscam a reabilitação e outros a confirmação da boa fase. Confira os embates desta rodada.

#PRÉ-JOGO
Por @rafaaelbuiar

Na primeira rodada, o certame registrou 26 gols somando os dois grupos, que deu na média quase que três gols por partida. No Grupo A, foram 14 gols nas cinco partidas e no Grupo B, 12. Na rodada anterior, os visitantes levaram a melhor. Ao todo, quatro visitantes venceram, enquanto que apenas 2 anfitriões conquistaram a vitória em seus domínios e três embates terminaram empatados.

       GRUPO A

Urano (8ª) x Olímpico (4ª)
No embate de estreia, o Azulão perdeu em casa para o Desportivo pelo placar de 1 a 0. Agora o time comandado por Cristiano Bassoli terá outra oportunidade jogar na Vila São Pedro para buscar a recuperação no certame. O adversário da vez é o time alviverde do Xaxim, o Olímpico. Na última rodada, o escrete do treinador Neri conseguiu um empate fora de casa com o atual campeão da Copinha, o Bangú, no placar de 1 a 1. Uma vitória fixará ainda mais no G4 do Grupo A. O embate desta rodada será no Estádio Manoel Garcia de Andrade, às 15h30.

Vila Sandra (1º) x Bangú (6º)
O escrete da Vila Sandra iniciou a Divisão de Acesso com triunfo de gala sobre o Vila Hauer, no Estádio Donato Gulin. A vitória de 4 a 1 dá moral para o próximo desafio, o Bangú. Duelo que aconteceu no mês passado, na Copa de Futebol Amador da Capital, que terminou com a vitória do rubro-negro. Além de ter lembranças do último embate, o duelo irá marcar o reencontro de alguns atletas com o seu ex-clube. No lado do Bangú, Zé Ricardo, e no Vila Sandra, Giovane e Adriano Glonek. Na rodada anterior o time do Bangú não estreou da forma que queria, empatando com o Olímpico. Por isso, o triunfo fora de casa diante o alvinegro pode dar a recuperação no certame. O embate será realizado no Estádio Ozório Claudino de Barros, às 15h30.

Sergipe (9º) x Vila Hauer (10º)
Este duelo será a busca pela reabilitação no campeonato, pois as duas equipes sofreram derrotas na primeira rodada. O time do Vila Hauer sofreu uma goleada pelo placar de 4 a 1 para o Vila Sandra e o Sergipe perdeu fora de casa para o São Braz no placar de 3 a 1. Por isso, um triunfo para ambos os escretes é importante para a sequência do certame. Este embate será realizado no Estádio Parque Linear, às 15h30.

Desportivo (3º) x Shabureya (7º)
O primeiro embate do Desportivo Paranaense foi realizado na última semana e terminou com vitória sobre o tradicional Urano no placar de 1 a 0. A estreia da moral para o embate da segunda rodada diante o Shabureya, que empatou no jogo de estreia com o Tanguá, no Estádio Francisco Thiago da Costa no placar de 1 a 1.  A vitória para o Desportivo deixará no G4 e para o Shabureya, uma aproximação dos líderes. Este embate será realizado no Estádio Octávio Silvio Nicco, às 15h30.

São Braz (2º) x Tanguá (5º)
O time do São Braz, reforçado, venceu na rodada anterior o time do Sergipe pelo placar de 3 a 1, enquanto que o Tanguá empatou de 1 a 1 em casa com o Shabureya. De um lado o São Braz que busca a confirmação na tábua de classificação e também permanecer no G4, enquanto que o Tanguá busca a recuperação fora de casa, já que empatou em casa. O embate será realizado no Estádio José Drula Sobrinho, às 15h30. 

      GRUPO B

Vasco da Gama (3º) x Vila Torres (5º)
O time da cruz de malta venceu a primeira e fora de casa, o adversário foi o Caxias e no placar de 2 a 1. Do outro lado, o Vila Torres empatou com o Bairro Alto no placar de 1 a 1, no Estádio Pedro de Almeida. A vitória colocou o Vasco na terceira colocação na tábua de classificação e o Vila Torres na cola do G4 do Grupo B. Ou seja, um triunfo deixará qualquer uma das equipes na zona de classificação. O embate será realizado no Estádio Erondi Silvério, às 15h30.

União Ahú (6º) x Bairro Alto (4º)
A equipe que folgou na primeira rodada irá ter o seu jogo de estreia em casa e diante o Bairro Alto, que empatou na rodada anterior com o time da Vila Torres, em 1 a 1. O time do União Ahú terá a estreia do retorno do badalado Luizinho, artilheiro nas últimas temporadas pelo escrete do Bangú. Já do outro lado, o Bairro busca a recuperação no certame depois do empate. O embate será realizado no Estádio Ricardo Halick, às 15h30.

Palmeirinha (1º) x Caxias (7º)
Na rodada de estreia o escrete do Palmeirinha venceu por goleada o Renovicente fora de casa e com isso, assumiu a ponta na primeira rodada. A equipe alviverde do Tatuquara que sofreu o descenso na temporada passada busca o acesso para retornar. Já o Caxias, que perdeu em casa na rodada anterior para o Vasco da Gama, mesmo tendo um volume maior de jogo. Agora, a recuperação terá que ser fora de casa. O embate será realizado no Estádio Elba de Pádua Lima, às 15h30.

Renovicente (9º) x Grêmio Ipiranga (2º)
O time do Renovicente terá a oportunidade de apagar o desempenho na rodada de estreia no Solar do Bosque, já que perdeu para o Palmeirinha no placar e 5 a 0. O adversário da vez é o Grêmio Ipiranga, que venceu o Nacional no Estádio Elba de Pádua de Lima, com o placar de 2 a 0. O triunfo para o escrete alviverde da zona sul irá ajudar a permanecer na zona de classificação para a próxima fase. O embate desta rodada irá acontecer no Estádio Solar do Bosque, às 15h30.

A equipe DRAP estará in loco no embate que acontecerá no Estádio Ricardo Halick com o duelo entre União Ahú e Bairro Alto. O time do Nacional é quem irá folgar nesta rodada no Grupo B.
drap
Tecnologia do Blogger.