PROPAGANDA

Em noite gelada, Coritiba fica no 0 a 0 com o Sampaio Corrêa e termina noite sob protestos da torcida

Gabriel Sawaf/Agência DRAP
Coritiba e Sampaio Corrêa jogaram na noite desta sexta-feira (10) no Estádio Couto Pereira, em Curitiba. O confronto foi válido pela 20ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro de 2018. Com o empate diante do vice-lanterna, o time alviverde chega aos 29 pontos e permanece fora do G4

#SÉRIEB
 Por @UmlaufFernanda

PRÉ-JOGO: Jogando em casa, o Coritiba, 9º colocado da Série B do Campeonato Brasileiro com 28 pontos enfrenta na noite desta sexta-feira gelada, o vice-lanterna, Sampaio Corrêa, que tem 16 pontos conquistados até o momento, apenas dois na frente do último colocado, o Boa Esporte. Enquanto o time visitante busca a vitória para tentar uma reação na competição, o Coritibaquer confirmar o favoritismo para voltar ao G4.

PRIMEIRO TEMPO: O primeiro tempo gelado começou com os dois times cautelosos. Aos 5 minutos, o Sampaio Corrêa teve uma falta marcada do lado direito do campo, que foi cobrada com um lançamento longo para o lado oposto, que resultou na perda da bola e o consequente domínio do time da casa que arrancou em um rápido contra-ataque, desperdiçado após um lançamento longo pelo lado esquerdo do campo que foi direto pela linha de fundo. O primeiro cartão amarelo do jogo saiu aos 7 minutos, para o camisa 6 do Coritiba, Uillian Correia, que chegou atrasado e cometeu uma falta dura. 

Apenas três minutos depois, saiu o segundo cartão amarelo da partida, dessa vez para William Oliveira por uma falta dura em cima de Thiago Lopes, que matou a jogada do Coritiba. Na cobrança, do lado esquerdo do campo, a bola desvia em Bruno Moraes e passa raspando a trave de Bussato. Em resposta, aos 12 minutos o time do Sampaio Corrêa lançou uma bola com perigo que bateu na trave ao lado esquerdo do goleiro Wilson e saiu pela linha de fundo.

Aos 20 minutos do primeiro tempo, o cenário desenhado pelo time da casa era composto por várias tentativas falhas de lançamentos longos e grande descontentamento da torcida. Aos 22 minutos, o camisa 3 do time visitante, Joécio, saiu machucado e foi substituído pelo 13, Rogério. Aos 35 minutos, o Sampaio Corrêa colecionava os dois primeiros escanteios do jogo, além de um chapéu na lateral esquerda que resultou em um belo ataque, mas que estava impedido. Aos 38 minutos, após uma falta sofrida pelo Coritiba do lado esquerdo, Thiago Lopes faz a cobrança com lançamento longo para a grande área, e de frente para o gol, Bruno Moraes e Vitor Carvalho se atrapalham e na sobra Vitor Carvalho manda direto para fora e perde a grande chance o primeiro tempo de abrir o placar.

Gabriel Sawaf/Agência DRAP
SEGUNDO TEMPO: O técnico Eduardo Baptista promoveu duas alterações na volta para a segunda etapa: a saída de Thiago Lopes para a entrada de Alisson Farias, e a saída de Bruno Moraes para a entrada de Yan Sasse. Aos 5 minutos, após cruzamento rasteiro de Guilherme Parede, a bola passou raspando a trave do goleiro visitante, mas o o árbitro já marcava o impedimento. Dois minutos depois, Parede promovia um novo arremate ao gol adversário, dessa vez por cobertura, mas sem sucesso. 

Aos 11 minutos, o lateral-esquerdo alviverde, William Matheus, levou cartão amarelo por obstruir a passagem do adversário usando os braços, e está fora do jogo contra o Atlético Goianiense na próxima rodada. Aos 14 minutos, após cruzamento de Guilherme Parede, Belusso faz o gol, mas o árbitro já marcava o impedimento. Pouco depois, Alisson Farias perde a bola no ataque e o Sampaio Corrêa sai em contra-ataque, mas tem a jogada interrompida com uma falta de Rafael Lima, que recebe o cartão amarelo logo em seguida. Aos 23 minutos o técnico do Sampaio Corrêa, Paulo Roberto, promove mais uma substituição com a saída de Bruninho para a entrada de João Paulo.

Com mais da metade do segundo tempo, o Coritiba possuía mais posse de bola, mas não conseguia criar chances de gol. Aos 28 minutos, o time de Eduardo Baptista fazia sua terceira e última alteração, com a saída do volante Uillian Correia para a entrada do meia atacante Jean Carlos. Logo em seguida, o volante William do Sampaio Corrêa foi substituído pelo também volante, César Sampaio. Com o fim do jogo se aproximando e poucas chances criadas pelo time da casa, a torcida alviverde protesta com gritos de "Fora, Eduardo" e "time sem vergonha", além de protestos contra o presidente do clube, Samir Namur. No último lance do jogo, aos 49 minutos, com uma falta do lado esquerdo do campo, Jean Carlos cobra para o Coritiba com um cruzamento dentro da área, sem sucesso. 

Gabriel Sawaf/Agência DRAP

PRÓXIMA PARTIDA:
 Na próxima rodada o Coritiba enfrenta o Atlético Goianiense fora de casa, às 16h30 do dia 18 de agosto (sábado). No mesmo dia, o Sampaio Corrêa joga em casa contra o Guarani, às 19h, no Castelão de São Luís, no Maranhão.

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

CORITIBA: 84. Wilson; 13. Rodrigo Ramos; 31. Rafael Lima; 4. Romércio; 66. William Matheus ; 5. Vitor Carvalho; 6. Uillian Correia (21. Jean Carlos); 37. Thiago Lopes (20. Alisson Farias); 77. Guilherme Parede; 89. Bruno Moraes (70. Yan Sasse); 30. Jonatas Belusso. Técnico: Eduardo Baptista.

SAMPAIO CORRÊA: 1. Bussato; 3. Joécio (13. Rogério); 4. Maracaz; 6. Alysson; 2. Silva; 5. William Oliveira (17. Cézar Sampaio); 8. Adilson Goiano; 7. Matheuzinho; 10. Fernando Sobral; 9. Alisson; 11. Bruninho (20. João Paulo). Técnico: Paulo Roberto.

FICHA TÉCNICA – CORITIBA 0 X 0 SAMPAIO CORRÊA XXXXXXXXXXXXX

CA: 6. Uillian Correia (Coritiba); 5. William Oliveira (Sampaio Corrêa); 77. Guilherme Parede (Coritiba); 13. Rodrigo Ramos (Coritiba); 66. William Matheus (Coritiba); 31. Rafael Lima (Coritiba); 7. Matheuzinho (Sampaio Corrêa)
ÁRBITRO: Wanderson Alves de Sousa
ASSISTENTES: Sidmar dos Santos Meurer e Magno Arantes Lira
LOCAL: Estádio Major Antônio Couto Pereira
PÚBLICO TOTAL/RENDA: 5.698/R$ 68.060,00

drap
Tecnologia do Blogger.