PROPAGANDA

Duelos de escretes da parte de cima da tábua de classificação movimentam a 5ª rodada da Série B da Suburbana


Neste sábado (1º) a quinta rodada da Divisão de Acesso da Suburbana de 2018, categoria adulta, será realizada com nove embates. Rodada que terá confrontos de gigantes, tanto no Grupo A, quanto no B. Destaque para Desportivo x Vila Sandra e Vasco da Gama x Grêmio Ipiranga. Confira os outros embates da Série B da Suburbana de 2018.

#PRÉ-JOGO
Por @rafaelbuiar

NÚMERO: Após quatro rodadas realizadas na Divisão de Acesso da Suburbana de 2018, o certame registrou 121 gols, somando os dois grupos, com a média de um pouco mais de três gols por partida. Na última rodada foram marcados 43 gols. Até o momento recorde de gols marcado em uma rodada. Destaque para o duelo entre Palmeirinha e União Ahú, que registrou nove gols. Ainda que nesta rodada teve um jogo sem gols. Em um contexto geral, os anfitriões venceram 10 vezes, os visitantes venceram 13 e até o momento 13 empates dentre os 36 duelos já realizados. Confira os confrontos deste final de semana.

      GRUPO A

Desportivo Paranaense (2°) x Vila Sandra (1°)
O estreante da competição, Desportivo, ainda segue invicto no certame e no topo da tábua de classificação. Na rodada anterior, o Desportivo venceu fora de casa o Olímpico pelo placar de 3 a 1 e está a dois pontos do Vila Sandra, adversário desta rodada. O alvinegro da Vila Sandra segue na liderança do grupo, com o ataque mais positivo e também, junto com Desportivo e São Braz, a zaga menos vazada. Ou seja, o deulo tem premissas de decisão e poderá dar um novo rumo para o restante da competição. O duelo será realizado no Estádio Octávio Silvio Nicco, às 15h30.

Sergipe (10°) x Bangú (3°)
Depois de vencer a primeira na competição na terceira rodada, o Bangú engatou o segundo triunfo no certame. Na rodada anterior, o rubro-negro venceu o Vila Hauer fora de casa pelo placar de 1 a 0. Enquanto que o Sergipe amargura a lanterna da competição e ainda não sabe o que é vencer. Em quatro rodadas a equipe do Sergipe sofreu quatro derrotas. Ou seja, se a equipe ainda pensa em avançar para a próxima fase o momento é esse. Do outro lado o Bangú, que demorou para acordar no certame busca o terceiro triunfo para se aproximar dos líderes e ficar na zona de classificação. O duelo será realizado no Estádio Parque do Linear, às 15h30.

Tanguá (5°) x Olímpico (7°)
Duelo de times que estão no meio da tábua de classificação e próximo do G4. O escrete do Tanguá vem animado depois de golear na última rodada o Sergipe pelo placar de 6 a 2 em casa. Do outro lado, o Olímpico, que perdeu a primeira na competição e em casa. Ambas as equipes estão com três pontos a menos que o segundo na tábua de classificação, Desportivo. Por isso, uma vitória o credencia na disputa de uma das vagas do G4 e, com isso, alimenta o sonho da classificação. O duelo será realizado no Estádio Francisco Thiago da Costa, às 15h30.

Shabureya (9°) x Vila Hauer (8°)
Duelo de times que estão na parte de baixo da tábua de classificação. O Shabureya deu trabalho para o Azulão da Vila São Pedro, mas não conseguiu evitar a derrota, pelo placar de 5 a 2. Já o Vila Hauer, que sofreu a segunda derrota na competição ao perder para o escrete do Bangú na última rodada pelo placar de 1 a 0. Com a derrota, o time comandado pelo treinador João Paulo Kochan ficou na antepenúltima colocação do grupo A. Ou seja, o duelo entre as equipes terá a perspectiva de vencer ou vencer. Uma derrota poderá dificultar ainda mais os planos de classificar para a próxima fase. O duelo entre as equipes será realizado no Estádio José Germano da Costa, às 15h30.

São Braz (4°) x Urano (6°)
Equipes que estão no meio da tábua de classificação prometem um confronto equilibrado. Na última rodada, o escrete do São Braz segurou o Vila Sandra em casa e o embate terminou com o placar fechado. Sendo esse o terceiro empate do São Braz. Por outro lado, o resultado quebrou o 100% de invencibilidade do alvinegro. Mas a equipe do São Braz está a quatro pontos do líder e mesmo assim está na zona de classificação. Do outro lado, o Urano venceu a primeira no certame e com um movimentado diante do Shabureya, que terminou com o placar de 5 a 2. Destaque para a atuação de John, que foi a figurinha do embate. Com o triunfo sobre o Shabu, O urano entrou na briga por uma das vagas à próxima fase. O duelo será realizado no Estádio José Drulla Sobrinho, às 15h30.

      GRUPO B

Vila Torres (2°) x União Ahú (6°)
O escrete da Vila Torres venceu na última rodada o Nacional fora de casa pelo placar de 3 a 1 e manteve a invencibilidade na competição. Enquanto que do outro lado, o União Ahú perdeu mais uma no certame e por goleada. O time comandado por Julio Cesar perdeu no placar de 7 a 2, sendo essa a maior goleada na competição até o momento. Ou seja, o duelo terá objetivos similares, mas com propósitos diferentes. No lado da Vila Torres, que tem o segundo ataque mais positivo do grupo e a zaga menos vazada, junto Grêmio Ipiranga, irá com a perspectiva de assumir a ponta da tábua de classificação, já que o Palmeirinha irá folgar. Do outro lado, o União Ahú que voltar a vencer para continuar a briga por uma das vagas à próxima fase. O duelo será realizado no Estádio Mário Vendramel, às 15h30.

Renovicente (7°) x Nacional (9°)
Diferente de outros embates, o Nacional segue na lanterna após sofrer mais uma derrota em casa. Na última rodada o adversário foi o Vila Torres, que venceu placar de 3 a 1. Em três jogos, o azulão do bairro do Boqueirão perdeu as três. Ou seja, a situação não está fácil. O adversário da vez é o Renovicente, que conheceu a vitória na última rodada diante o Caxias, no Estádio João Santana da Silva, pelo placar de 2 a 1. O triunfo deu um animo para a equipe do bairro do Santa Cândida, que agora está a quatro pontos do G4. Portanto, aproveitar o bom momento, enquanto que o adversário segue em uma situação ruim na tábua de classificação para alimentar o sonho da classificação, que chegou a ser cogitada no início de certame. O duelo será realizado no Estádio Solar do Bosque, às 15h30.

Bairro Alto (5°) x Caxias (8°)
O time do Bairro Alto empatou com o Vaco da Gama pelo placar 2 a 2 na rodada anterior e, com isso, não conseguiu entrar na zona de classificação, mesmo com o escrete do Grêmio Ipiranga folgando na rodada. Mas por outro lado, a diferença do líder é de apenas três pontos e que irá folgar nesta rodada. Ou seja, a oportunidade de ingressar no G4, caso conquiste o triunfo é grande. Do outro lado, a equipe do Caxias, que também não sabe o que vencer no campeonato. Até agora foram quatro jogos e nenhum triunfo, apenas um empate, que aconteceu na segunda rodada com o líder, Palmeirinha. A diferença do quarto colocado é de quatro pontos. Situação difícil para quem quer garantir a classificação à próxima fase. O duelo será realizado no Estádio Pedro de Almeida, às 15h30.

Vasco da Gama (3°) x Grêmio Ipiranga (4°)
Fechando o grupo B, o duelo de clubes que estão no G4 e querem permanecer. O Vasco da Gama empatou na última rodada com o Bairro Alto no placar de 2 a 2, enquanto que o Grêmio Ipiranga folgou na rodada. O escrete cruzmaltino está com a mesma pontuação do líder, mas perde no saldo. Já o Grêmio Ipiranga está com um ponto a menos e também uma rodada a menos em relação aos concorrentes diretos. Ou seja, o confronto tem grandes chances de ser o da rodada no grupo, quem vencer poderá dar um grande passo à próxima fase. O duelo será realizado no Estádio Erondi Silvério, às 15h30.


A equipe DRAP irá estar in loco em dois embates da Divisão de Acesso da Suburbana de 2018. No Grupo A estaremos no embate entre Desportivo e Vila Sandra, no Estádio Octávio Silvio Nicco; Já na outra chave estaremos presentes no duelo entre Vila Torres e União Ahú, no Estádio Mário Vendramel. A equipe do Palmeirinha irá folgar na rodada.
drap
Tecnologia do Blogger.